Arquivo da Categoria ‘São Paulo’

+ aumentar e diminuir fonte -
Frente fria chega ao Sudeste: SP tem chuva nesta sexta
quinta-feira, 17 de julho de 2014

Uma frente fria provocou temporais nos três estados do Sul nesta quinta-feira e avança agora para o Sudeste. Embora com menos força do que o observado no Sul, a passagem desta frente fria deve provocar um pouco de chuva em todos os Estados dos Sudeste.

 

 

O Estado de São Paulo vai receber a maior quantidade de chuva desta frente fria, em intensidade e em quantidade de áreas que terão um pouco de chuva. Nesta sexta-feira, deve chover de forma generalizada sobre São Paulo. Há risco de chuva moderada a forte e ventos fortes inclusive na Grande São Paulo.

No decorrer da tarde desta sexta-feira, esta frente fria espalha nuvens carregadas sobre o centro-sul de Minas Gerais e sobre o centro-sul do Rio de Janeiro, incluindo o Grande Rio. Os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro passam o sábado com temperatura amena.

 

 

No sábado, a frente fria chega ao Espírito Santo, mas deixa muitas nuvens e chuva sobre o Rio de Janeiro e também em muitas áreas de Minas Gerais,

 

 

No domingo, áreas de Minas Gerais e do Espírito Santo ainda devem ter um pouco de chuva.

O mar fica agitado no Sudeste no fim de semana. Confira a previsão das ondas.

Que tal aprender a ver o Escorpião no céu?

São Paulo quente e seca: poluição aumentou
quinta-feira, 17 de julho de 2014

São Paulo está mais seca e poluída nesta quinta-feira.  Às 11 horas da manhã, pela medição da Cetesb (Companhia Ambientam do Estado de São Paulo) a região de Parelheiros, na zona sul da cidade, estava com qualidade do ar “ruim”. O número de locais com qualidade do ar regular aumentou em relação a ontem.

Na Baixada Santista, a situação era pior na região de Cubatão. A estação medidora em Vila Parisi estava com qualidade do ar muito ruim.

Veja o resumo das 11 horas na capital e no Estado de São Paulo

 

 

A atmosfera possui muitos poluentes, mas apenas alguns deles são considerados na hora de medir a qualidade do ar. Confira com a gerente da divisão de qualidade do ar da CETESB, Maria Helena Martins, quais são esses poluentes.

 

A tarde desta quinta-feira segue seca e quente na capital e em todo o Estado de São Paulo. A temperatura na cidade de São Paulo deve ser a mais alta dos últimos 10 dias. Ontem, a máxima chegou aos 23,5°C, segundo o Inmet, e no dia 6 de julho, a temperatura máxima foi de 25,7°C.

Frente fria se aproxima

Uma frente fria está vindo do Sul do Brasil e muda o tempo em São Paulo nesta sexta-feira, causando chuva na maioria das áreas do Estado. Confira a previsão para a Região Sudeste.

 

São Paulo esquenta antes da virada
quarta-feira, 16 de julho de 2014

São Paulo esquenta mais

A tarde desta quarta-feira foi a mais quente na cidade em 10 dias. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou a temperatura máxima de 23,5°C no Mirante de Santana, na zona norte. No dia 6 de julho, a temperatura máxima foi de 25,7°C, mas em todo o período entre 7 e 15 de julho, os termômetros marcaram entre 19°C e 22°C à tarde.

Além do aumento da temperatura, o paulistano sentiu também o a ficar mais seco. O nível de umidade do ar chegou aos 36% à tarde no aeroporto de Congonhas, na zona sul da cidade.


São Paulo ficou com temperatura amena nos últimos 10 dias por causa do excesso de nuvens e do ar polar que atuou com moderada a forte intensidade.

Esquenta, esfria

A capital paulista vai esquentar mais nesta quinta-feira, mas se você curte o calor, não se anime muito com esta previsão. A temperatura vai aumentar antes da chegada de outra frente fria que vai esfriar o fim de semana. Prepare-se para a chuva da sexta-feira!

Confira a tendência da temperatura para o fim de semana

Previsão para o fim de semana no litoral de SP e do RJ
terça-feira, 15 de julho de 2014

A imagem de satélite, das 13h15 desta terça-feira não mostrava nenhuma nuvem de tempestade sobre o litoral de São Paulo e nem do Rio de Janeiro. Ao contrário, o predomínio do tom preto indicava a falta de nuvens. É assim que ficaram as praias paulistas e fluminenses nesta terça-feira: quase sem nuvens, com muito sol, uma temperatura não muito alta à tarde, com um friozinho de manhã cedo.

 

 

Você está férias nas praias de São Paulo ou do Rio de Janeiro ou pretende passar o próximo fim de semana no litoral destes estados? Então sabia que uma frente fria vai fazer uma visita ao litoral do Sudeste. Vai chover e esfriar muito? Tem risco de ressaca? Sabendo antes a previsão, você pode se programar melhor e curtir o fim de semana.

Confira as informações com a meteorologista Josélia Pegorim.

 

 

 

Ondas

Não há expectativa de ressaca ou grande agitação no mar. No sábado, as ondas crescem um pouco e ficam entre 1,0 e 1,5m no litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. Mas no domingo, o mar baixa e as ondas não devem passar de 1,0m. A ondulação de sul vai predominar durante todo o fim de semana.

Confira as ondas na sua praia e as marés

O Cantareira vai se recuperar?
segunda-feira, 14 de julho de 2014

Neste sábado, dia 12 de julho, o volume útil do Cantareira chegou ao fim e o Sistema agora opera apenas com a Reserva Técnica. A Sabesp registrou apenas 18,5% de água armazenada. Confira com a meteorologista Bianca Lobo quando o Sistema Cantareira deve atingir novamente 50% de seu volume útil.

 

Quando vai esquentar na Grande SP?
segunda-feira, 14 de julho de 2014

Depois de uma manhã nublada, finalmente a névoa sobre a Grande São Paulo se dissipou deixando o sol aparecer no começo da tarde desta segunda-feira. Mas mesmo com sol forte, os termômetros não se animaram muito. A temperatura à 1 hora da tarde era de apenas 19°C na região do aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, e também no Campo de Marte, na zona norte.

A tarde segue com sol e queda dos níveis de umidade do ar. Às 13 horas, a umidade ainda estava confortável. O aeroporto de Congonhas registrava 56% de umidade e o Campo de Marte, 64%.

Noites frias, tardes amenas

A Grande São Paulo vem de uma semana com muita umidade e temperatura baixa. Pelos registros do Instituto Nacional de Meteorologia, entre ao s 7 e 13 de julho, a temperatura máxima ficou abaixo dos 20°C em quase todos os dias.

 

 

Uma grande e forte massa de ar polar que está sobre oceano continua trazendo ar polar para a Grande São Paulo. São Paulo vai esquentando a medida que esta massa polar se afasta cada vez mais do Brasil. Mas as noites seguem frias e não dá para pensar em calorão de 30°C à tarde. A sensação de calorzinho à tarde será sentida mesmo só na quinta-feira?

Veja o gráfico da temperatura prevista para os próximos dias.  Tem novidade no fim da semana.

Sudeste foi mais frio que o Sul
segunda-feira, 14 de julho de 2014

O Sul e o Sudeste ainda estão sentindo o efeito de uma grande massa de ar polar que está sobre o oceano. É um sistema forte, mas a porção de frio mais intenso está sobre o mar. Assim, o frio entra suavizado no continente.

Mesmo a massa polar estando sobre o oceano, a capital Vitória chegou a registrar recorde de frio na manhã desta segunda-feira (14). O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 18ºC às 06 horas da manhã na estação convencional. O recorde anterior era de 18,5ºC no dia 24 de maio. O frio mais intenso aconteceu em áreas serranas do Sudeste que teve as menores temperaturas do Brasil. Fez 2,3°C em Monte Verde (MG), 3,2°C em Campos do Jordão (SP), 3,6°C em Caldas (MG) e 4°C em Nova Friburgo (RJ), segundo medições do INMET.

As próximas madrugadas ainda serão frias no Sudeste, porém as temperaturas devem subir gradativamente durante às tardes, que vão ficando mais agradáveis ao longo da semana. Mas o frio não irá embora de vez, vem vindo aí outra massa polar. Confira com a meteorologista Josélia Pegorim quando este sistema começa influenciar o Brasil e qual o seu efeito sobre o país.

Sistema Cantareira – volume útil chega ao fim
sábado, 12 de julho de 2014

No dia 14 de maio de 2014, o armazenamento do Sistema Cantareira era de apenas 8,2%. No dia 15 de maio de 2014, a Reserva Técnica (ou volume morto) da represa começou a ser utilizado. Segundo informações da Sabesp, com a entrada de 182,5 bilhões de litros de água da Reserva Técnica do Sistema Cantareira, foram acrescidos 18,5% sobre o volume total do sistema (982,07 bilhões de litros). No entanto, com a falta de chuva e a redução natural da chuva nessa época, o volume de água armazenada continuou em queda. Em maio choveu 37 milímetros na região das represas que formam o sistema, pouco comparado com a média de 83 milímetros. Em junho choveu apenas 16 milímetros, ante os 56 milímetros que normalmente acontecem no mês. Por enquanto, julho está sendo o mais chuvoso desses últimos 3 meses, com acumulado de 28,7 milímetros e média de 50 milímetros.

Neste sábado, dia 12 de julho, o volume útil do Cantareira chegou ao fim e o Sistema agora opera apenas com a Reserva Técnica. A Sabesp registrou 18,5% de água armazenada.

 

A previsão para os próximos 15 dias continua sendo de pouca chuva para a região das represas.

 

Como fica o tempo no Sudeste no fim de semana?
sexta-feira, 11 de julho de 2014

por Maria Clara Machado

Uma frente fria conseguiu avançar pelo Sudeste esta semana e provocou chuvas moderadas a fortes principalmente em áreas de São Paulo e do Rio de Janeiro. A capital fluminense e Bambuí, no Triângulo Mineiro, chegaram a registrar granizo. A chuva aumentou também sobre o Espírito Santo. Entre quinta-feira e esta sexta-feira foram acumulados quase 10 milímetros de chuva em Presidente Kennedy, no sul capixaba. Santa Tereza na serra registrou um temporal na tarde desta sexta-feira com quase 17  milímetros acumulados no período de uma hora, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia.

No fim de semana a chuva tende a diminuir em áreas do Sudeste, mas em especial o norte do Rio de Janeiro e o Espírito Santo vão prosseguir com bastante umidade. Confira os detalhes da previsão com a meteorologista Josélia Pegorim.

 

Grande SP continua úmida
quinta-feira, 10 de julho de 2014

O tempo úmido e frio vem predominando esta semana na Grande São Paulo. A passagem de duas frentes frias aumentou muita umidade. Depois de um mês, voltou a chover de formar generalizada, mas felizmente sem força para causar transtornos. A chuva veio em boa hora para aliviar a população da secura do ar e dos dias muito poluídos que predominaram na semana passada. 

Ventos marítimos continuam a predominar sobre a Grande São Paulo nesta sexta-feira e trazem muita umidade para a região. Apesar da grande quantidade de nuvens, pouca chuva está prevista. Mas a garoa ainda pode ocorrer a qualquer hora.

No fim de semana, o ar seco começa a ganhar força de novo sobre o Estado de São Paulo e a umidade vai diminuir também na região da Grande São Paulo. O sol volta, a temperatura começa a subir e na prepare-se para a volta da secura também na próxima semana.

Vai para o litoral? Confira as informações sobre o mar agitado.

 

A queda da temperatura foi muito acentuada em uma semana. Veja como variou a temperatura na cidade de São Paulo entre os dias 29 e 10 de julho de 2014, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia na zona norte da capital.

 

 

O que fazer com a criançada de férias no fim de semana? Confira a nossa dica!