Arquivo da Categoria ‘São Paulo’

+ aumentar e diminuir fonte -
Paulistas saem para o feriadão com tempo firme
sexta-feira, 17 de abril de 2015

Após a passagem de uma frente fria, e dois dias com temporais, o ar secou em São Paulo. A maioria das áreas do Estado está tendo uma sexta-feira com tempo firme, com muito sol desde o começo da manhã.

A imagem de satélite mostra a situação de São Paulo às 10h45. A cor escura que predomina pelo interior indica pouca ou nenhuma nebulosidade. As manchas em cinza no sul e leste do estado, onde está a Grande São Paulo, representam nuvens baixas, mas que não provocam chuva.

 

Na tarde e noite desta sexta-feira o tempo segue firme, sem expectativa de chuva. Quem vai pegar estrada para o interior ou litoral, não vai precisar se preocupar com chuva. Há apenas uma possibilidade de neblina nos trechos de serra da rodovias que vão para o litoral.

Para o sábado, a previsão é de sol, calor e tempo seco, sem chuva no centro, sul e leste de São Paulo, incluindo a Grande São Paulo e o litoral.   Mas as pancadas de chuva retornam na tarde do domingo e devem ocorrer também no restante no fim de semana prolongado, com a passagem de uma frente fria. As pancadas podem ser pelo menos moderadas e são esperadas para a tarde e noite.

Sem frio por enquanto

Apesar da passagem de frente fria, o ar polar chega muito fraco a São Paulo durante o fim de semana prolongado. Não há expectativa de frio ainda. As noites e o amanhecer podem ser com temperatura amena, mas as tardes serão até quentes.

Para a Grande São Paulo, as maiores  temperaturas do dia ficam entre 27°C e 29°C à tarde. No litoral e na maioria das áreas do interior, as temperaturas máximas devem oscilar entre 29° e 32°C.

 Litoral com mar agitado

O fim de semana prolongado começa com mar agitado em todo o litoral das Regiões Sul e Sudeste. O aumento das ondas está associado com a passagem de um ciclone extratropical pela costa da Argentina. No litoral de São Paulo, as ondas no sábado, 18, podem atingir picos de 1,5m a 2,0 m, especialmente no litoral norte. O mar baixa durante a manhã do domingo, mas até o fim de semana prolongado, as ondas devem ficar em torno de 1,0 m

Confira a previsão para SP

Fique ligado no tempo! Tem frio à vista depois do feriadão!

Chuva dá trégua a SP na véspera do feriadão
quinta-feira, 16 de abril de 2015

Depois de um mês sem chuva forte, os temporais voltaram a ocorrer sobre São Paulo. Com a chuva forte  da tarde dos dias 16 e 15, a capital paulista quase alcançou a média de chuva normal para todo o mês de abril. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre 9 horas do dia 15 e 9 horas do dia 16 de abril choveu 25,4 mm, mas quase toda a chuva caiu na tarde da quarta-feira, 15. Entre 9 horas e 15 horas da quinta-feira, 16, choveu 37,0 mm. Tecnicamente, em menos de 48 horas choveu 62,4 mm sobre a região do Mirante de Santana, na zona norte, onde o Inmet faz as medições regulares de chuva. Este valor corresponde a 85% da média de chuva para todo o mês de abril que é de aproximadamente 73 mm.

Trégua da chuva será curta

Para esta sexta-feira e também para o sábado, a previsão é de que não chova sobre a Grande São Paulo, apesar da presença de muitas nuvens. Os períodos com sol serão maiores no sábado. Até lá, as maiores  temperaturas do dia ficam entre 26°C e 28°C à tarde. Mas as pancadas de chuva retornam na tarde do domingo e devem ocorrer também no restante no fim de semana prolongado, com a passagem de uma frente fria. As pancadas podem ser pelo menos moderadas.

Alagamento e granizo

Voltou a chover forte na tarde desta quinta-feira,16, sobre várias regiões da capital paulista. Por volta das 16 horas, as áreas de chuva já haviam enfraquecido bastante, mas ainda chovia com fraca intensidade em parte da zona norte.

A chuva começou no fim da manhã e até 16 horas, o Centro de Gerenciamento de Emergências registrava 10 pontos de alagamento. A chuva mais intensa nesta quinta-feira, 16, caiu sobre a zona norte da cidade de São Paulo.

Houve registro de granizo. Veja o comentário de Willen Meres na seção De olho no tempo

“Um forte Temporal de granizo desabou sobre a Zona Norte de São Paulo no inicio da tarde desta terça feira. Chuva muito forte, com rajadas de vento e queda de granizo em dois períodos da chuva. Neste momento (15:45) a chuva já diminui mas as consequências continuam com vias alagadas e arvores caídas.”

Ele fotografou a forte chuva. #fotografeotempo você também e compartilhe com a Climatempo

Como vai ficar o tempo no feriadão de Tiradentes?

Vem vindo frio aí!

Temporais na Grande SP
quinta-feira, 16 de abril de 2015

Atualizado em 16/04/2015 às 15h28

Os radares Climatempo-USP mostram na tarde da quinta-feira a presença de fortes áreas de instabilidade entre a Zona Leste e Centro da capital paulista e o ABC na Região Metropolitana.

Imagem dos radares Climatempo-USP às 13h00. Clique na imagem e acompanhe os radares em tempo real

O meteorologista César Soares fotografou o céu de São Paulo no bairro da Vila Mariana durante os temporais da tarde de quinta-feira. A estação automática do INMET no Mirante de Santana registrou entre às 13h e 14h um total de 22mm de chuva.

Às 14h42 o Centro de Gerenciamento de Emergências da cidade de São Paulo (CGE) passava a Zona Norte e Oeste da capital para o estado de atenção.

Ainda segundo informações do CET, Companhia de Engenharia e Tráfego de São Paulo,  há dois pontos de alagamentos intransitáveis. Um em Santana na Zona Norte e outro na Sé no Centro da cidade. A Lapa, na Zona Oeste, registra mais dois pontos de alagamentos transitáveis ativos às 15h20 totalizando 4 pontos, sendo que já foram observados 7.

#fotografeotempo por César Soares - bairro da Vila Mariana (sede da Climatempo) em São Paulo/SP. Clique na imagem e mande também a sua foto

Os temporais também foram observados na cidade de São Paulo na noite da quarta-feira (16). O internauta Thales Jacob fotografou um ponto de alagamento na Moóca.

#fotografeotempo por Thales Jacob - bairro da Móoca em São Paulo/SP. Clique na imagem e mande também a sua fotografia

#fotografeotempo por Thales Jacob - bairro da Móoca em São Paulo/SP. Clique na imagem e mande também a sua fotografia

Novas áreas de instabilidade vão avançar pela Grande São Paulo nas próximas horas. Há o risco de novos temporais que podem acarretar em alagamentos e inundações.

Sol na Grande SP
quinta-feira, 16 de abril de 2015

Atualizado em 16/04/2015 às 09h25

A quinta-feira começou com formação de nevoeiro em algumas regiões da Grande São Paulo, principalmente na zona norte e região do ABC paulista. No aeroporto Campo de Marte, na zona norte da Cidade, a visibilidade era restrita em apenas 500 metros às 6h da manhã.

O nevoeiro já se dissipou e deu lugar ao sol forte na cidade de São Paulo. Como pode ser visto nas imagens do satélite meteorológico entre a madrugada e manhã da quinta-feira (16).

Clique na imagem e acompanhe as imagens do satélite meteorológico

 

As áreas de instabilidade vão se intensificar ao longo do dia e provocar pancadas de chuva na Grande São Paulo. Há o risco de chuva forte.

 

Risco de chuva diminui entre a sexta-feira e o sábado

O risco de chuva sobre a Região Metropolitana de São Paulo diminui entre sexta-feira (17) e sábado (18) por conta da presença de um ar mais seco. O sol brilhará forte e vai fazer calor. No domingo (19) o avanço de uma frente fria pode aumentar as chances de pancadas de chuva, que devem ocorrer principalmente entre a tarde e a noite.

Frente fria avança para o litoral de SP e do RJ
quarta-feira, 15 de abril de 2015

As condições para chuva aumentam sobre a Região Sudeste do Brasil no decorrer desta quinta-feira com a chegada de uma frente fria ao litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. Ventos do quadrante norte trazem o calor e a umidade do centro-norte do Brasil para o Sudeste, o que facilita a formação e o crescimento das nuvens carregadas.

Mesmo o aumento de nuvens e pancadas de chuva, a maioria das áreas do Sudeste ainda terá várias horas com sol forte nesta quinta-feira e também temperatura elevadas. O ar polar que vem junto a frente fria é fraco e não terá grande influência no Sudeste.

Algumas pancadas de chuva podem ser fortes em São Paulo, no Rio de Janeiro e também sobre o centro-oeste e o sul de Minas Gerais.

 

Possibilidade de chuva e Belo Horizonte e em Vitória

As capitais Belo Horizonte e Vitória terminaram a primeira quinzena de abril com pouquíssima chuva. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, em 15 dias choveu 17 mm sobre Belo Horizonte, o que corresponde a apenas 27% da média de chuva normal para abril. Vitória acumulou 12 mm em 15 dias, 14% da média de chuva de abril.

A chegada da nova frente fria ao litoral do Rio de Janeiro no decorrer desta quinta-feira vai estimular a formação de algumas nuvens carregadas sobre a região de Vitória e de Belo Horizonte, mas o sol aparece forte na maior parte do dia.

Confira a previsão para o feriadão de Tiradentes

Prepare-se para o primeiro frio intenso de 2015!

Análise da chuva para o Brasil para 7 dias

Previsão para o feriadão de Tiradentes
quarta-feira, 15 de abril de 2015

Mais um fim de semana prolongado se aproxima porá causa do feriado de Tiradentes na terça-feira, 21 de abril. Desta vez serão quatro dias, de sábado, 18, até a terça-feira.

Duas frentes frias vão passar pelo litoral da Região Sul e do Sudeste durante o fim de semana prolongado. No começo do feriadão, a chuva da primeira frente fria vai cair quase toda sobre o Sul. No fim dos dias de folga, a chuva da segunda frente fria se espalha pelo Sudeste e parte do Centro-Oeste.

O frio forte foi adiado. A temperatura cai um pouco durante o feriado em parte do Sul e do Sudeste, mas o friozão vai chegar só depois do feriadão.

Calor ou frio? Será que vai chover ou o sol vai brilhar na sua praia? Confira a tendência para todo o Brasil com Maira Di Giaimo.

 

 

Gosta de frio? Então veja o quem por aí, depois do feriado!

A Climatempo deseja a todos um ótimo fim de semana prolongado.

No site, você tem diariamente as atualizações da previsão para a sua Região e para a sua cidade. Assista ao Climatempo News também no feriado e tire suas dúvidas sobre a previsão, tempo e clima com os meteorologistas Josélia Pegorim e César Soares.

A primeira grande onda de frio 2015 vem aí
quarta-feira, 15 de abril de 2015

Atualizado às 22h40 de 16/04/2015

Na segunda-feira, 13 de abril, as simulações da temperatura feitas em super computadores para a época do fim de semana prolongado de Tiradentes indicaram uma massa polar moderada a forte sobre centro-sul do Brasil. A maior queda da temperatura prevista era para o Sul do Brasil e para o estado de Mato Grosso do Sul, onde os termômetros poderiam baixar para menos de 10°C durante o feriado. Um pouco do frio chegaria até o Acre e de forma suavizada, o ar polar também causaria queda da temperatura em parte do Sudeste e do Centro-Oeste após o dia 20 de abril.

As novas simulações feitas ontem e também nesta quinta-feira, 16 de abril, diminuíram muito o frio do fim de semana prolongado. Nos mapas, as cores representam temperaturas estimadas para 9 horas da manhã do dia 21 de abril. Quanto mais verde e azul, mais frio. O mapa da esquerda é a previsão que foi feita no dia 13, para o dia 21 de abril para o Sul do Brasil. O mapa da direita mostra a previsão feita no dia 16 de abril para o dia 21 de abril. No dia 13, o frio de 10°C já seria sentido na fronteira com o Uruguai, mas a estimativa atual é de temperatura em torno dos 18°C.

Porém, as mesmas simulações atmosféricas indicaram uma outra massa polar muito mais forte e que deve avançar sobre o Brasil logo depois do feriado do dia 21.

Esta nova massa polar dever ser a primeira grande onda de frio de 2015, com potencial para provocar frio intenso no Sul, até com possibilidade de temperaturas abaixo de zero grau e geada. Tudo indica que o ar polar começa a atuar forte sobre o Sul do Brasil já no dia 22 de abril

Todo centro-sul do Brasil poderá estabelecer novos recordes de frio.

Confira a nova análise da meteorologista Josélia Pegorim, com dados atualizados de 16 de abril.

 

 

Confira a previsão para o fim de semana prolongado de Tiradentes com Maira Di Giaimo.

Chove forte na capital paulista
quarta-feira, 15 de abril de 2015

Uma área de nuvens carregadas cresceu no interior de São Paulo e avançou para a Grande São Paulo trazendo chuva moderada a forte para o fim da tarde e noite desta quarta-feira.

http://www.climatempo.com.br/satelite

A Grande SP está dentro do círculo vermelho. As nuvens carregadas aparecem como manchas em verde que avançam sobre a região

Por volta das 19h20, os radares Climatempo-USP ainda registravam chuva moderada a forte na região central da capital paulista (manchas em amarelo-alaranjado), em parte da zona leste e em alguns pontos da zona norte.

Clique na imagem e acompanhe a chuva em tempo real pelos radares Climatempo-USP

Ainda chove pelo menor por mais 2 horas,com moderada a forte intensidade em algumas áreas, o que  poderá formar alguns bolsões com acúmulo de água, mas que não devem se prolongar por muito tempo. A chuva deve parar antes do fim da noite.

 

Radares Climatempo-USP detectaram chuva forte na zona norte da capital por volta das 1850

Na imagem dos radares Climatempo-USP das 17h55, a chuva forte (alaranjado-vermelho) aparece entre Barueri, Cotia e Itapecerica da Serra. A chuva atinge primeiro os bairros nas zonas oeste e sudoeste da capital.

A imagem abaixo mostra a situação por volta das 12 horas. As áreas de chuva (manchas coloridas) entre a zona sul da capital, Diadema e São Bernardo.

Acompanhe a chuva pelos radares Climatempo-USP que estão também nos aplicativos da Climatempo

Temporais no interior de SP
quarta-feira, 15 de abril de 2015

A chuva voltou ao Estado de São Paulo na tarde da terça-feira (14), tanto que os volumes acumulados se elevaram em algumas áreas do interior paulista, segundo informações do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) o acumulado chegou aos 85mm na cidade de Presidente Prudente entre as 21h da terça-feira e 9h da manhã de quarta-feira (15). Há o risco de mais chuva ao longo da tarde.

As imagens do satélite meteorológico entre a madrugada e a manhã quarta-feira também mostra o avanço de grandes nuvens carregadas nos tons em azul. Essa nebulosidade é capaz de provocar temporais com grandes acumulados de chuva que podem acarretar em alagamentos e inundações.

Clique na imagem e acompanhe o satélite para todo o Brasil

 

Tendência de enfraquecimento da chuva ao longo dos próximos dias

A quinta-feira (16) também terá chuva sobre áreas do interior paulista. Mas essa chuva deve predominar entre a tarde e a noite, a manhã ainda será com muito sol e calor. O ar seco já começa a predominar sobre o litoral e diminui o risco de chuva.

Com o ar seco predominando pela sexta-feira (17) o sol brilhará forte em todo o Estado e o risco de chuva é muito pequeno.

Chuva moderada a forte passa sobre a Grande SP
terça-feira, 14 de abril de 2015

Atualizado às 18h05 de 15/4/205

Uma área de nuvens carregadas cresceu no interior de São Paulo e avançou para a Grande São Paulo trazendo chuva moderada a forte. Estas nuvens passam sobre a região metropolitana no fim da tarde e início da noite desta quarta-feira. Há risco de raios e a chuva forte poderá formar alguns bolsões com acúmulo de água, mas que não devem se prolongar por muito tempo. A chuva não deve se estender por toda a noite.

Na imagem dos radares Climatempo-USP das 17h55, a chuva forte (alaranjado-vermelho) aparece entre Barueri, Cotia e Itapecerica da Serra. A chuva atinge primeiro os bairros nas zonas oeste e sudoeste da capital.

A imagem abaixo mostra a situação por volta das 12 horas. As áreas de chuva (manchas coloridas) entre a zona sul da capital, Diadema e São Bernardo.

Acompanhe a chuva pelos radares Climatempo-USP que estão também nos aplicativos da Climatempo

A população da Grande São Paulo deve se preparar para voltar a conviver com as pancadas de chuva nos próximos dias. Nuvens carregadas voltam a se formar sobre  diversas regiões do Estado de São Paulo, por causa do aumento do calor e da umidade. Áreas de instabilidade que crescem sobre a Região Centro-Oeste também avançam para São Paulo trazendo as nuvens de chuva.

#fotografeotempo por César Soares no bairro da Vila Mariana em São Paulo/SP. Clique na imagem e mande também a sua fotografia

As pancadas de chuva nesta quarta-feira podem vir com raios, mas só a partir da tarde. As pancadas devem ser rápidas.

 

 

Confira a tendência da chuva para próximos dias. Uma grande frente fria vai passar sobre São Paulo no fim de semana prolongado.

 

Calor na capital

Quem ficou só dentro de lugares fechados, com ar condicionado ligado, não deve ter notado a diferença. Mas quem andou pela rua, ao ar livre, certamente sentiu o aumento do calor nesta terça-feira.

São Paulo teve a tarde mais quente desde o dia 4 de abril, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. A temperatura máxima no Mirante de Santana, na zona norte da capital, chegou aos 28,1°C, às 15 horas. No dia 4 de abril, a temperatura máxima foi de 29,4°C, a mais alta do mês até agora.

Para os padrões normais de abril, a tarde desta terça-feira pode ser considerada quente. A média da temperatura máxima, no padrão climatológico de 30 anos, fica em torno de 25°C.

 Confira a temperatura para a cidade São Paulo nos próximos dias

 

Frio à vista para o feriadão