Posts com a Tag ‘Bagé’

+ aumentar e diminuir fonte -
Forte queda de temperatura em Bagé (RS)
sábado, 12 de abril de 2014

A estação automática do INMET de Bagé no sul do estado do Rio Grande do Sul registra temperatura de 11,7 graus na última observação, cerca de 8,5 graus inferior em relação ao dia anterior no mesmo horário. O vento sopra moderado de oeste e a umidade relativa é de 65%.

Cidades do RS registram mais de 100 mm em 24h
segunda-feira, 17 de março de 2014

Fortes áreas de instabilidade atuam sobre o Rio Grande do Sul associadas a uma frente fria que avança pelo litoral gaúcho. Nuvens muito carregadas passaram pelo centro-sul e oeste do Estado provocando grandes acumulados de chuva, que superaram os 100 mm em 24 horas.

A tabela mostra o volume acumulado entre 7 horas do dia 16 e 7 horas do dia 18 de março, pela medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia. Os acumulados que superaram os 100 mm representam quase o volume médio de chuva para todo o mês de março.

As áreas de instabilidade permanecem sobre o Rio Grande do Sul por mais dois dias e só devem enfraquecer na quinta-feira.

Temperatura começou a baixar no Rio Grande do Sul
quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Temperatura começou a baixar no Rio Grande do Sul

Uma forte queda da temperatura ocorreu de ontem para hoje no sul do Rio Grande do Sul. Cidades próximas da fronteira com o Uruguai estavam com chuva e céu nublado por volta das 13 horas. Mas a principal diferença era a temperatura. Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia, Uruguaiana e Bagé estavam com temperatura em torno dos 22°C, às 13 horas desta quarta-feira e ontem, a esta hora, a temperatura era de 32°C. Choveu 29°C mm em Bagé, entre 13 horas de 11 de fevereiro e 13 horas de 12 de fevereiro. Em Uruguaiana, choveu 34 mm no mesmo período.

Em Porto Alegre, a tarde de quarta-feira começou com calor em torno dos 34°C e sol forte. Mas a frente fria continua avançando sobre o Rio Grande do Sul e nuvens carregadas vão se formando sobre as outras áreas do Estado até a noite.

Temperatura em declínio

A massa polar associada a esta frente fria tem forte intensidade e vai injetar mais ar polar sobre o Rio Grande do Sul nas próximas 48 horas. A temperatura tem forte queda em todo o Estado até a noite de quinta-feira e o ar frio ainda será sentido na sexta-feira. Durante o fim de semana, o ar polar diminui sua influência e a temperatura volta a subir, mas não vai chegar a valores extremos como vem sendo observado desde o começo do ano.

Vendaval em Bagé (RS)
sábado, 8 de fevereiro de 2014

Instabilidade aumenta no sul do estado do Rio Grande do Sul com a aproximação de uma nova frente fria que se forma entre o norte da Argentina e sul do Uruguai. Núcleos com chuva intensa formaram ao norte da cidade de Bagé, que registra, segundo medições do INMET, fortes rajadas de vento, porém sem indicação de chuva. O vento sustentado foi de 40km/h e rajadas chegaram a 80km/h na última observação horária.

Vendaval em Bagé (RS)
sábado, 1 de fevereiro de 2014

Áreas de instabilidade que atuam no sul do Rio Grande do Sul provoca temporal com vendaval na região de Bagé. Rajadas de vento chegaram a 90km/h em duas observações horárias consecutivas. Chuva persiste de forma moderada e o acumulado nas últimas 5 horas chega a 37,2mm.

Friozinho no Rio Grande do Sul
sábado, 25 de janeiro de 2014

Friozinho no Rio Grande do Sul

É isto mesmo. A temperatura caiu tanto nas últimas 24 horas em algumas no sul do Rio Grande do Sul, que dá até para falar em um friozinho. Cidades gaúchas próximas da fronteira com o Uruguai amanheceram o sábado com temperatura entre 13°C e 15°C..

Pelos registros do Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura no Sul do Brasil neste sábado foi de 12,9°C, em Bagé. Desde 12 de dezembro de 2013 não refrescava assim. Em Uruguaiana, a temperatura às 11 horas estava ligeiramente abaixo dos 20°C e ontem a esta hora o calor beirava os 33°C. Em Porto Alegre, o Inmet registrou mínima de 20,5°C depois do calor de 28°,2°C observado na madrugada de sexta-feira, uma das mais quentes da história climática da capital gaúcha

Alívio do calor por pouco tempo

]Uma frente fria entrou com força no Sul do Brasil e mudou completamente o tempo na região. Além da chuva, a maioria da população da Região se viu livre do calorão que vinha predominando há muitas semanas. Desta vez, o ar polar conseguiu chegar com força suficiente para entrar pelo interior da Argentina, Paraguai e Sul do Brasil para baixar a temperatura. Na Grande Buenos Aires, o aeroporto Ezeiza registrava 9°C ao amanhecer.

No decorrer deste sábado e no domingo, o ar polar se espalha mais pelo Sul do Brasil. A frente fria se afasta em alto-mar neste domingo, mas a chuva e o ar polar ainda fica sobre o Sul. Assim, a temperatura atinge valores extremos como nos últimos dias. Mas a trégua será curta. A tendência é de aquecimento a partir de segunda-feira.

Queda acentuada de temperatura no sul do RS
sábado, 25 de janeiro de 2014

Com a chegada de uma frente fria ao litoral gaúcho, o forte calorão dos últimos dias já está indo embora. No sul gaúcho, a madrugada deste sábado já está com temperaturas bem mais baixas por causa da entrada de ar mais frio que chega depois do sistema frontal. Em Bagé os termômetros marcam 16 graus. No mesmo horário da madrugada de sexta-feira, a temperatura era de 28 graus.

Frente fria provoca chuva no Rio Grande do Sul
quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Frente fria provoca chuva no Rio Grande do Sul

Algumas cidades do Rio Grande do Sul estão sentindo os efeitos da passagem de uma frente fria pelo litoral sul do Rio Grande do Sul. Em Bagé, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou várias pancadas de chuva na manhã desta quarta-feira e o acumulado entre 7 e 10 horas foi de quase 17 mm.

No decorrer desta quarta-feira, outras áreas do sul gaúcho poderão ter chuva aliviando o calor intenso. Uma segunda frente fria chega forte ao Rio Grande do Sul na sexta-feira espalhando temporais por todo o Estado e baixando a temperatura.

Calor aumenta e deve bater recorde em Porto Alegre
segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

O calor intenso  continua sendo destaque no Sul do Brasil. Às 14 horas, o aeroporto de Porto Alegre registrava 38°C. Em Canoas, na Grande Porto Alegre, o termômetro da base aérea indicava 38°C. Em Santa Maria o calor estava em 37°C e o aeroporto de Uruguaiana registrava 36°C.

O Rio Grande do Sul continua com pouca nebulosidade na tarde desta segunda-feira, com sol forte e pouca chance de chuva. Assim, a temperatura ainda vai subir mais nas próximas horas.

 

Possibilidade  de recorde de calor em Porto Alegre

A capital do Rio Grande do Sul teve um fim de semana de recorde de calor. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura máxima do sábado, 18, foi de 36,4°C e do domingo, 19, foi de 37°C. Este é o atual recorde de calor para a Porto Alegre em 2014. No ano passado, o recorde de 1 de fevereiro (38,2°C) perdurou quase o ano todo e só foi batido em 27 de dezembro quando a temperatura chegou aos 39°C. A análise climatológica mostra que janeiro é o mês mais quente do ano em Porto Alegre.

O calor continua intenso nos próximos dias e a chance de chover em Porto Alegre é baixa até a quinta-feira. Uma frente fria entra forte sobre o Rio Grande do Sul na sexta-feira provocando temporais. Até lá, Porto Alegre poderá ter novos recordes de calor.

Dias quentes e secos para o Rio Grande do Sul
quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

A noite desta quinta-feira começou com temperaturas elevadas e poucas nuvens sobre o Rio Grande do Sul. Às 20h, a temperatura em Canoas era de 29°C, em Porto Alegre de 28°C e em Uruguaiana, na fronteira com a Argentina e o Uruguai era de 32°C.  Bagé, no sul gaúcho, fronteira com o Uruguai, estava com 31°C.

Uma massa de ar seco e quente já atua sobre o Rio Grande do Sul e vai predominar sobre o Estado por vários dias. Esta massa de ar está sendo sentida também sobre o Uruguai e a Argentina, onde as temperaturas ainda estão muito elevadas e o ar seco. Em Mendoza, a temperatura na tarde desta quinta-feira chegou aos 40°C, com umidade relativa de 12%. Em Ezeiza, na Grande Buenos Aires, fez 35°C.

Por causa desta massa de ar seco, o Rio Grande do Sul vai passar vários dias com pouca ou nenhuma chuva. A temperatura segue elevada. A chuva deve retornar após o dia 22 com a chegada de uma frente fria.