Posts com a Tag ‘cheia do rio madeira’

+ aumentar e diminuir fonte -
Cheia do rio Madeira já ameça Porto Velho (RO)
segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Enquanto a população do Sudeste, do Nordeste e de parte do Centro-Oeste enfrenta seca e a falta de chuva, cidades da Região Norte do Brasil já estão sofrendo novamente com cheia dos rios. Em Porto Velho, capital de Rondônia, foi decretado oficialmente estado de alerta no dia 27 de janeiro de 2015 por causa da cheia do rio Madeira. Neste dia, o nível do rio atingiu a marca de 15,28 metros, sendo que média histórica para 27 de janeiro é de 13,47 metros, segundo a CPRM – Companhia de Pesquisas em Recursos Minerais.

 

No dia 30 de janeiro, o Madeira subiu para 15,46 metros e nesta segunda-feira, 2 de fevereiro, já estava com15,48 metros, 2 centímetros a mais. A tendência é de que o rio continue subindo.

No ano passado, o nível do rio Madeira atingiu a marca histórica de 19,74 metros no dia 30 de março de 2014.

Além de Porto Velho, a região de Guajará-Mirim, na fronteira com a Bolívia, também entrou em alerta, pois já está sentindo os efeitos da cheia do rio Mamoré.

No Acre e no sul do Amazonas, a cheia do rio Juruá atinge a região e Eirunepé e de Tarauacá.

 

Tarauacá (AC) em 31-1-2015 Foto de Jardy Lopes - ASSCOM - Prefeitura de Tarauacá

 

 

Tarauacá (AC) em 31-1-2015 Foto de Jardy Lopes - Asscom -Prefeitura de Tarauaca

 

Janeiro terminou com chuva acima média nestas áreas e a previsão é de mais chuva para esta semana.

Anomalia de chuva em janeiro de 2015: Os tons de azul indicam que choveu acima da média

 

 

Mais chuva sobre Porto Velho
segunda-feira, 8 de abril de 2013

Nuvens carregadas voltaram a crescer ente o Amazonas, Acre e Rondônia, provocando mais chuva sobre Porto Velho e o rio Madeira. No fim da semana passada, a prefeitura da capital de Rondônia declarou situação de emergência, devido a crescente elevação do Madeira, que passa pela cidade. A cheia do rio já causa enchente na área urbana de Porto Velho. Na quinta-feira, 4 de abril, a cota do rio atingiu 16,55 metros.

Normalmente, o pico da cheia do rio Madeira ocorre durante o mês de abril, mas a defesa civil municipal prevê que a onda de cheia se prolongue até meados de maio.

A cheia do rio Madeira é consequência do excesso de chuva que vai sendo acumulado durante o verão e parte do outono na bacia Amazônica.

Previsão da chuva acumulada no período de 15 de dias, até 23 de abril.