Posts com a Tag ‘Curitiba’

+ aumentar e diminuir fonte -
Chuva em Curitiba (PR)
sexta-feira, 17 de abril de 2015

A umidade que o vento traz do mar provoca chuva em Curitiba. A chuva agora é fraca e a temperatura é de 17°C.

Aconteceu no Brasil em 14/04/2015
terça-feira, 14 de abril de 2015

Confira alguns fatos meteorológicos que foram destaque no Brasil no dia 14 de abril de 2015.

Falta de chuva

Nível de armazenamento do Sistema Cantareira está há quatro dias consecutivos estabilizado em 19,9%, segundo dados da Sabesp. Este é o período de estabilidade mais longo desde o início de março, quando o nível de armazenamento estabilizou nos 2, 3, 4, 5 e 6 de março de 2015. O Cantareira está sem nenhuma chuva desde o dia 9 de abril.

O gráfico mostra a quantidade diária de chuva sobre o Cantareira desde meados de fevereiro. No período de 13 de março até 14 de abril, a chuva mais forte foi entre os dias 29 e 30 de março quando choveu 16,4 mm.

 

Calor em São Paulo

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma temperatura máxima de 28,1°C, às 15h, a maior temperatura desde o dia 4 de abril quando a máxima foi de 29,4°C, a maior do mês até agora.

Chuva forte

Belém (PA): choveu muito na capital do Pará. Entre 14h e 16h foram acumulados 58,4 mm na medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia.

Porto Grande (AP): chuva acumulada de 57,6 mm entre 6h e 9h

Sete Quedas (MS):  temporal entre 17h e 18h (Brasília) deixou um acumulado de 32,6 mm (medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia)

Conceição das Alagoas (MG): ): temporal entre 17h e 18h (Brasília) deixou um acumulado de 32,8 mm (medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia)

Santa Maria (RS): instabilidade que avançou do nordeste da Argentina provocou chuva forte na tarde de terça-feira que deixou um acumulado de 28,4 mm entre 15h e 16h.

Chuva inconveniente

Pequenas áreas de chuva foram detectadas na Grande São Paulo: Mairiporã, Santa Isabel e Mogi das Cruzes. Não havia previsão de chuva para a Grande São Paulo nesta terça-feira.

Frio

Menor temperatura no Brasil foi de 10,3°C em Bom Jardim da Serra  (SC) (medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia)

Mas vale notar que em Barra do Turvo, no sul de SP, a mínima foi de 11,3°C. (medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia)

Calor

Alagoas vem registrando há vários dias as mais altas temperaturas no Brasil. Nesta terça-feira, pela medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mais elevada foi de 38,5°C em Coruripe, a maior do país neste tipo de medição. Na semana passada a temperatura chegou aos 41,7°C neste local. A capital de Alagoas, Maceió, registrou no dia 8 de abril o seu dia mais quente do ano até agora, com maior temperatura máxima e maior temperatura mínima: 24,5°C (mínima) e 35,6°C (máxima)

Chuva de abril quase na média

O volume de chuva acumulado em 14 dias de abril praticamente igualou a média histórica nas capitais Goiânia (GO), Porto Velho (RO) e Palmas (TO), pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

Chuva muito abaixo da média

A chuva anda escassa em São Paulo, Maceió e João Pessoa. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, o total de chuva acumulado em 14 dias de abril ainda não atingiu nem 10% da média mensal histórica.

Nevoeiro em Curitiba (PR)
segunda-feira, 13 de abril de 2015

O resfriamento durante a madrugada favoreceu a formação de nevoeiro nesta manhã na região de Curitiba. O aeroporto Afonso Pena está com visibilidade reduzida a apenas 300 metros e a temperatura agora é de 13ºC.

Muitas nuvens em Curitiba (PR)
domingo, 12 de abril de 2015

O aeroporto Afonso Pena em Curitiba no estado do Paraná registra formação de muitas nuvens no céu. O vento sopra fraco de leste e a temperatura é de 17 graus.

Nevoeiro em Curitiba (PR)
sábado, 11 de abril de 2015

O aeroporto Afonso Pena em Curitiba no estado do Paraná registra formação de nevoeiro que restringe a visibilidade a 200m. O vento está praticamente calmo e a temperatura é de 15 graus.

Névoa úmida em Curitiba (PR)
sábado, 11 de abril de 2015

O aeroporto de Bacacheri em Curitiba no estado do Paraná registra formação de névoa úmida que reduz a visibilidade a 4500m. O vento está praticamente calmo e a temperatura é de 17 graus.

Névoa úmida em Curitiba (PR)
sábado, 11 de abril de 2015

O aeroporto Afonso Pena em Curitiba no estado do Paraná registra formação de névoa úmida que reduz a visibilidade a 3000m. O vento sopra fraco de noroeste e a temperatura é de 14 graus.

Capitais do Sul batem recorde de frio
terça-feira, 7 de abril de 2015

Uma massa de ar polar moderada avança sobre o centro-sul do Brasil e causa queda da temperatura em toda a Região Sul. A madrugada desta terça-feira foi a mais fria do ano até agora nas três capitais da Região.

Segundo do Instituto Nacional de Meteorologia, o novo recorde de frio de 2015 para Curitiba, capital do Paraná, é de 11,0°C registrados nesta terça-feira, 7 de abril. O recorde anterior era de 13,4°C em 3 de abril.

Em Florianópolis, a mínima nesta terça-feira foi de 15,1°C e também é o novo recorde para 2015. O recorde anterior era de 18,1°C, no dia 2 de abril.

Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, também teve recorde de frio nesta terça com mínima de 14,2°C. O recorde anterior era de 15,6°C em 22 de março.

Frio pode aumentar nesta quarta-feira

Na manhã desta terça-feira, o centro do ar polar, que é a região mais fria, estava perto de Buenos Aires, na Argentina. A tendência é de que o centro polar avance nesta quarta-feira para o litoral da Região Sul do Brasil. Assim, os estados do Sul vão ficar ainda próximos do centro do ar polar e o frio deve aumentar. A temperatura cai um pouco mais na madrugada desta quarta-feira e poderá bater novos recordes.

 

Menor temperatura do Brasil em 2015

O Epagri-Ciram, de Santa Catarina, registrou 1,0°C em Urupema, na parte mais elevada da serra catarinense, e esta é até agora a menor temperatura de 2015 no Brasil. O frio provocou geada e há possibilidade de nova geada na serra catarinense ao amanhecer desta quarta-feira.

 

Terça-feira promete recordes de frio
segunda-feira, 6 de abril de 2015

O ar polar se espalha novamente sobre o centro-sul do Brasil e esfria a atmosfera. Esta massa polar tem intensidade moderada e um padrão comum para esta época do ano. O frio ainda não será intenso para provocar geada, mas deve bater novos recordes para 2015. Temperaturas abaixo dos 10°C ao amanhecer devem ser observadas nos três estados da Região Sul nas próximas madrugadas.

Recordes de frio

O ar polar se espalha sobre o Sul e chega também a São Paulo e ao Mato Grosso do Sul. As três capitais do Sul, São Paulo e Campo Grande podem registrar as menores temperaturas para 2015 nesta terça-feira e um outro recorde não pode ser descartado na madrugada de quarta-feira.

Confira os atuais recordes de menor temperatura de 2015 pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia.

Semana fria e seca

Esta massa polar vai predominar durante toda a semana mantendo as noites e o amanhecer frios no Sul e também esfriando as madrugadas em São Paulo, no Rio de Janeiro e no centro-sul de Minas Gerais.

Outro efeito do ar polar é reduzir o nível de umidade. Assim, até o fim da semana, o tempo seco predomina no interior do Sul, no interior de São Paulo e em Mato Grosso do Sul. O frio favorece nevoeiro ao amanhecer.

 

Mar agitado e ressaca

Tags:, , , , , ,
Publicado em Destaque Geral, Frio, MS, PR, Ressaca, RJ, RS, SC, SP, Sudeste, Sul | Comentários encerrados.

Chuva fraca na Grande Curitiba (PR)
domingo, 5 de abril de 2015

Uma frente fria avança pelo Sul do Brasil e estimula a formação de muita nebulosidade sobre a Região. A sua aproximação já provoca a formação de muitas nuvens carregadas na Grande Curitiba. Chove fraco na região do aeroporto internacional.

HOME | BRASIL | NOTÍCIAS | VÍDEOS | GLOSSÁRIO
Mapa do site | Fale conosco | Política de privacidade | Trabalhe na Climatempo | Anuncie
Copyright 2011 - Climatempo. Todos os direitos reservados. Otimização de sites by SEO Marketing