Posts com a Tag ‘fim de semana’

+ aumentar e diminuir fonte -
Sol, calor e praia no Rio de Janeiro no fim de semana
quinta-feira, 21 de maio de 2015

O excesso de nuvens e os ventos frios polares estão dificultando a elevação da temperatura na cidade do Rio de Janeiro neste mês de maio. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a média da temperatura máxima na estação da Saúde (centro da cidade), de 1 a 21 de maio, está em 27,3°C. Este valor está 1,3°C abaixo da temperatura máxima normal para maio no Rio.

 Tardes de maio com temperaturas amenas nas capitais do Sudeste

De forma geral, não tem feito muito calor no Estado do Rio de Janeiro. As temperaturas estão um pouco abaixo da média, o que tem agradado muitos cariocas e fluminenses.

Alguns estão querendo até mais frio, mais ar polar, mas a previsão para os próximos dias indica o contrário: temperatura em elevação.

Como será a temperatura máxima no fim de semana no Rio de Janeiro?

 

 

Ventos quentes voltam a predominar sobre todo o Sudeste do Brasil e ajudam a elevar a temperatura. Uma sistema de alta pressão ganha força sobre a região. O aumento da pressão do ar vai diminuir a nebulosidade, o risco de chuva e deixar que o sol apareça por mais tempo. Isto também vai contribuir para esquentar o ar.

Este sistema de alta pressão terá outro efeito nos próximos dias: vai enfraquecer os ventos e ajudar a deixar as ondas pequenas.

Sem frente fria, sem áreas de instabilidade, o fim de semana promete sol, calor e praia no Rio de Janeiro.

Ache a sua onda e a sua tribo no Climasurf.

Tem um telescópio? Aproveite as noites com poucas nuvens no fim de semana para ver Saturno e seus anéis. Ele estará soberano durante 12 horas entre 18 horas do dia 22 e 6 horas da manhã do dia 23 de maio. Será possível acompanhar a mudança de posição dos anéis.

Confira as dicas do professor marcos Calil

Calor aumenta no Sul antes da chuva
quarta-feira, 20 de maio de 2015

Esta quinta-feira promete ser mais um dia quente no Rio Grande do Sul, com temperaturas acima do normal para maio. Em várias áreas do estado, especialmente nas regiões de fronteira com o Uruguai e a Argentina, mas também na Grande Porto Alegre, os termômetros devem repetir ou até superar as marcas desta quarta-feira.

Em Porto Alegre, a tarde de quarta-feira, 20, foi a mais quente em um mês. A temperatura chegou aos 28,4°C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. No dia 19 de abril, a temperatura alcançou 28,8°C. Em Campo Bom, na Grande Porto Alegre, o Inmet registrou 28,7°C.

O maior aquecimento será sentido também em Santa Catarina e no Paraná.

 

Novo Hamburgo (RS): lindo amanhecer de 20-05-2015, por Welington

Ar seco e calor

Um sistema de alta pressão atmosférica, em diversos níveis da atmosfera, atua com mais força sobre o Sul do Brasil até a sexta-feira. O efeito será de diminuir a umidade e a nebulosidade. Assim, o sol vai aparecer forte por um maior número de horas garantindo o aquecimento do ar. Porém, a temperatura amena da madrugada ainda vai permitir a formação de nevoeiro ao no começo da manhã. Ventos quentes vindo do quadrante norte vão predominar sobre o Sul e ajudam a esquentar o ar.

 

O calor vai até a sexta-feira. Durante o sábado, o tempo muda com a chegada de uma nova frente fria que deve provocar temporais. O domingo também promete chuva e queda da temperatura.

Confira a previsão para a Região Sul para os próximos dias.

Informação muito importante: Como o El Niño de 2015 vai influenciar a chuva e a temperatura no Sul?

Como será a chuva sobre o Brasil nos próximos 15 dias?

Como funciona um estação meteorológica?

Frio abaixo abaixo dos 10°C no Sudeste
sexta-feira, 15 de maio de 2015

Quem for passar o fim de semana em áreas serranas de maior altitude do Sudeste em busca do frio terá o que procura. A previsão é de madrugadas frias como temperaturas abaixo dos 10°C e tardes amenas. Há risco de neblina no começo da manhã, mas depois o sol predomina ainda pela manhã e não há previsão de chuva.

 

Tarde com neblina em Pass Quatro (MG), em 20 de abril de 2015, por Jo Moreno

Você sabia que noites com poucas nuvens são mais frias?

Cidades do Sul de Minas, na Mantiqueira ou na região serrana do Rio de Janeiro terão temperaturas abaixo dos 10°C na madrugada. Na região serrana do Espírito Santo também vai fazer frio, mas a temperatura ainda deve ficar ligeiramente acima dos 10°C.

Confira como vai ficar a temperatura em Campos do Jordão (SP), Monte Verde (MG), Visconde de Mauá (RJ), Nova Friburgo (RJ), Santa Teresa (ES).

 

Noite com estrelas

Com a diminuição da nebulosidade e o tempo firme, vai dar para ver muita estrela no céu. Nas cidades do interior a poluição luminosa é menor. Aproveite para conhecer um pouco sobre o Cruzeiro do Sul, uma das constelações que estão na Bandeira do Brasil.

São Tomé das Letras (MG), em 14-5-2015, por Pousada Arco-Íris

 

Será que você sabe o nome de todas as estrelas do Cruzeiro do Sul? Qual é a mais brilhante? O professor Marcos Calil explica tudo para você!

 

 

Curiosidade: como funciona uma estação meteorológica?

 

 

Previsão de chuva para o Brasil para 15 dias

Frio pode ser recorde em São Paulo no fim de semana
sexta-feira, 15 de maio de 2015

A madrugada da sexta-feira, 15 de maio, foi a segunda mais fria do ano até agora na cidade de São Paulo. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma temperatura mínima de 13,6°C no Mirante de Santana, na zona norte da capital paulista. Por enquanto, a menor temperatura de 2015 é de 13,4°C registrada em 1 de maio.

Menos nuvens, mais frio

O recorde de menor temperatura de 2015 poderá ser batido durante o fim de semana, com a temperatura na madrugada entre 12°C e 13°C. Não há previsão de que uma nova massa polar chegue a São Paulo trazendo mais frio. O maior resfriamento durante o fim de semana é esperado por causa da diminuição da nebulosidade.

Por que a noite com menos nuvens é mais fria?

A grande quantidade de nuvens que passa sobre o Estado de São Paulo é basicamente formada por nuvens altas que não provocam chuva. Essa nebulosidade deve diminuir bastante durante o fim de semana.

Nevoeiro e mais sol

O maior resfriamento nas próximas madrugadas também vai facilitar a formação de névoa e nevoeiro no início de manhã. Além da previsão de mais frio na madrugada, o fim de semana também promete mais sol e tardes menos frias. Não vai fazer calorão, mas as tardes do fim de semana não serão frias como nos últimos dias. No dia 13 de maio, a temperatura máxima na cidade de São Paulo foi de 18,4°C. Esta foi a tarde mais fria no ano até agora.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, em 4 dias, a média das temperaturas máximas no Mirante de Santana está 1 grau abaixo da média normal para o mês.

 

A meteorologista Josélia Pegorim comenta como  vai ficar a temperatura no centro-sul do Brasil na segunda quinzena de maio.

 

 

São Paulo (SP), por Eliza Saito

São Paulo pode ter outro recorde de frio neste sábado
sexta-feira, 8 de maio de 2015

Atualizado às 16h50 de 08/05/2015

O paulistano sentiu frio durante toda a sexta-feira.  A madrugada e a tarde da sexta-feira, 8 de maio, foram as segundas mais frias do ano até agora, com temperatura mínima de 13,9 e máxima de 19,2°C, segundo a medição do Instituto Nacional de Meteorologia.  Por enquanto, a menor temperatura do ano ainda é de 13,4°C em 1 de maio. A menor temperatura máxima e tarde mais fria de 2015 até agora foi 18,7C em 30 de abril

Mas o frio ainda pode aumentar na madrugada deste sábado e bater outro recorde. Confira a temperatura mínima prevista!

Sensação térmica de menos de 10°C.

Por volta das 6 horas da manhã, a sensação térmica na região do aeroporto de Congonhas, foi de 7,0°C, embora a temperatura real do ar fosse de 13°C. A sensação de mais frio foi por causa do vento que soprava com aproximadamente 20 km/h. O vento veio de uma nova massa de ar polar que começou a influenciar o centro-sul do Brasil renovando o ar frio de outra massa polar que entrou no país no começo desta semana.

O frio continua na noite desta sexta-feira e a sensação térmica pode baixar para 10°C. Pode até garoar.

 

 

Temperatura sobe

A temperatura sobe no fim de semana com o afastamento do ar polar mais intenso. A sensação à tarde já será até de um calorzinho, especialmente no interior do estado, mas o friozinho ainda será sentido à noite e no começo da manhã. O sol aparece e a temperatura sobe também na Grande São Paulo neste sábado Ainda não há previsão de chuva para o Estado de São Paulo.

Chuva no dia das mães

Os paulistas também vão poder contar com várias horas com sol no fim de semana, mas a tarde do domingo promete mudanças no tempo, com grande aumento da nebulosidade e pancadas de chuva que podem ser fortes. O motivo da mudança no tempo é a chegada de nuvens carregadas vindas do Paraguai e do Centro-Oeste do Brasil e a passagem de uma frente fria pelo litoral paulista.

Entre a tarde do domingo e a noite de segunda-feira, 11, todas as regiões do Estado de São Paulo estarão sujeitas a temporal.

Muitas nuvens e frio na Grande SP
quinta-feira, 7 de maio de 2015

Atualizado em 08/05/2015 às 09h20

A sexta-feira começou gelada em São Paulo, segundo informações do aeroporto de Congonhas a temperatura pela manhã ficou na casa dos 13°C, mas a sensação era de apenas 7°C por conta da umidade e do vento que soprava forte pela manhã.

Vai dar preguiça de sair da cama para enfrentar a realidade lá fora: uma sexta-feira úmida e fria, com a sensação térmica que poderá ficar abaixo dos 10°C ao amanhecer na capital paulista e em muitas áreas da Grande São Paulo. Por volta das 21 horas desta quinta-feira, a sensação térmica chegou aos 10°C na região do aeroporto de Congonhas, sendo que a temperatura real do ar era de 16°C.

A sexta-feira será mais fria por causa da intensificação do ar polar e da falta do sol. Ele até pode aparecer um pouco à tarde, mas em geral entre muitas nuvens. Para aumentar a sensação de frio, antes do sol dar as caras pode garoar de manhã cedo.

Recorde de frio

Mesmo com o sol aparecendo um pouco à tarde, a sensação de frio vai continuar e há possibilidade de um novo recorde de frio. A chance não é muito grande, mas não pode ser completamente descartada. A tarde desta sexta-feira poderá ser a mais fria do ano. Por enquanto este recorde é da tarde de 30 de abril, quando a temperatura máxima foi de 18,7°C. A medição oficial foi feita pelo Instituto Nacional de Meteorologia no Mirante de Santana, na zona norte da capital paulista.

Mais ar polar sobre a Grande SP

A sensação de frio aumentou rapidamente durante a tarde da quinta-feira quando os ventos de uma nova massa de ar polar começaram a soprar constantes e moderados sobre a Grande São Paulo. Algumas rajadas chegaram aos 42 km/h às 15 horas, segundo medição do Instituto Nacional de Meteorologia e também no Campo de Marte.

No começo da noite desta quinta-feira, por volta das 19 horas, a sensação térmica chega aos 11°C na região do aeroporto de Congonhas, na zona sul da cidade de São Paulo e aos 12°C na região do Campo de Marte, na zona norte. A temperatura real do ar variava entre 16°C e 17°C nestes locais.

Estes ventos vieram de uma nova massa de ar polar que começou a influenciar o centro-sul do Brasil nesta quinta-feira, renovando o ar frio de outra massa polar que entrou no país no começo desta semana.

 

 

Mudanças no tempo no fim de semana

A temperatura sobe no fim de semana com o afastamento do ar polar mais intenso. A sensação à tarde já será até de um calorzinho, especialmente no interior do estado, mas o friozinho ainda será sentido à noite e no começo da manhã.

Os paulistas também vão poder contar com várias horas com sol forte no fim de semana, mas a tarde do domingo promete mudanças no tempo, com grande aumento da nebulosidade e pancadas de chuva que podem ser fortes. O motivo da mudança no tempo é a chegada de nuvens carregadas vindas do Paraguai e do Centro-Oeste do Brasil e a passagem de uma frente fria pelo litoral paulista.

Entre a tarde do domingo e a noite de segunda-feira, 11, todas as regiões do Estado de São Paulo estarão sujeitas a temporal.

 

Com os radares Climatempo-USP você vê a chuva real, em tempo real.

O que é sensação térmica?

 

Agitação marítima no Sul e no Sudeste
quarta-feira, 6 de maio de 2015

Ventos constantes, moderados a fortes, provocados pela passagem de ciclones extratropicais na costa da Argentina e do deslocamento de massas polares geraram nova agitação marítima no Atlântico Sul e que avança para costa do Sul e do Sudeste do Brasil.

Nesta quinta-feira, as ondas aumentam rapidamente no litoral da Região Sul, podendo atingir picos de até 2,0 metros no litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Durante a tarde, o mar começa a ficar agitado no litoral de São Paulo e até a noite as ondas podem chegar a 1,5 m.  A agitação chega à noite no Rio de Janeiro.

 

Balenário Pinhal (RS): mar agitado em 5 de maio de 2015 Jeferson A Cardoso

Na sexta-feira, 8, a agitação diminui no Sul, mas aumenta no Sudeste. Em São Paulo e no Rio de Janeiro podem ocorrer picos de ondas com até 2,0 m. No Espírito Santo, o mar sobe na sexta-feira com ondas de até 1,5 metros.

A agitação se afasta do Sul e do Sudeste no fim de semana.

Confira as ondas no Climasurf e ache a melhor praia.

 

Vai esfriar mais nos próximos dias?
sexta-feira, 1 de maio de 2015

Madrugada mais fria de 2015

A madrugada do dia primeiro de maio pode ser considerada até agora a mais fria deste ano no Brasil. Na região de serrana de Santa Catarina, o Epagri-Ciram registrou uma temperatura mínima de 2,2°C.

 

A forte queda da temperatura que  ocorreu no centro-sul do Brasil desde a tarde da quarta-feira, 29 de abril, foi um dos efeitos de uma grande forte massa de ar polar que entrou na América do Sul. Recordes de madrugadas e tardes mais frias para 2015 voltaram a ser registrados no Sul, no Sudeste e nesta sexta-feira também no Centro-Oeste.

A combinação do ar polar com a pouca nebulosidade durante a noite resultou em novos recordes de frio no feriado de primeiro de maio em capitais brasileiras.

Vai esfriar mais?

A queda da temperatura foi um dos efeitos de uma grande massa de ar polar que influencia o centro-sul do Brasil. Este sistema tem forte intensidade e embora o centro do ar frio esteja sobre o oceano, na costa da Argentina, os ventos gerados pelo centro polar trouxeram o ar frio para o Brasil.

 

Durante o fim de semana, o ar polar se afasta do Brasil, o que vai facilitar a elevação da temperatura no Sul, no Sudeste e no Centro-Oeste. Porém, as noites ainda serão um pouco frias, especialmente nas regiões mais elevadas. As tardes do fim de semana serão com sensação de calor no centro-sul do Brasil.

Nova massa polar

Gostando ou não do frio, fique atento para as mudanças no tempo esperadas para os próximos dias. Outra grande frente fria vai avançar sobre o Brasil com potencial para provocar temporais.

A massa polar desta frente fria vai trazer frio mais intenso do que ocorreu nestes últimos dois dias. O Sul do Brasil deve ter as primeiras temperaturas abaixo de zero e geada em grandes áreas.

Estimativa feita em 1 de maio para temperatura às 9 horas da manhã do dia 5 de maio de 2015.

 

Você sabe o que é a geada?

Como a neve se forma?

 

São Paulo: madrugada de hoje foi a mais fria do ano
sexta-feira, 1 de maio de 2015

Como vinha sendo previsto desde o início da semana, pela Climatempo, a cidade de São Paulo registrou um novo recorde de frio nesta sexta-feira. A madrugada do feriado do Dia do Trabalho foi a mais fria do ano até agora em 2015.

Segundo do Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mínima no Mirante de Santana (zona norte) foi de 13,4°C. O recorde anterior era de 14,7°C observado nos dias 30 e 8 de abril.

O feriado segue com sol e algumas nuvens, mas não há expectativa de chuva. Mesmo com a presença do sol,  a temperatura não sobe muito por causa do ar polar que ainda atua com moderada a forte intensidade sobre o centro-sul do Brasil. A tarde será com temperatura agradável, mas não vai fazer calor. A noite será fria.

Confira a previsão da temperatura na cidade de São Paulo para os próximos dias

Fim de semana

O ar polar se afasta mais do centro-sul do Brasil no fim de semana diminuindo sua influência no país, o que vai facilitar a elevação da temperatura. A tarde de sábado já será com sensação de um pouco.

O ar esquenta mais no domingo. O sol aparece forte em grande parte do dia, mas a nebulosidade vai aumentar por causa da aproximação de uma nova frente fria. Por enquanto, só há previsão de chuva a partir de segunda-feira.

São Paulo (SP) por Bianca Lobo

Tarde mais fria do ano

São Paulo terminou abril com  recorde de frio. A tarde do dia 30 de abril foi a mais fria de 2015. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura, temperatura máxima foi de 18,7°C que bateu a temperatura de 20,0°C registrado no dia 7 de abril.

 

Confira a previsão para o Tomorrowland 2015 Brasil

 

Três massas polares no início de maio
terça-feira, 28 de abril de 2015

Uma nova frente fria avança pelo litoral da Região Sul e do Sudeste do Brasil. O efeito da passagem deste sistema não será o de provocar muita chuva, mas a queda da temperatura.

A massa de ar polar que vem com esta frente fria tem forte intensidade. Embora o centro polar (região de frio mais intenso) tenha deslocamento sobre  mar nos próximos dias, seus ventos frios úmidos vão chegar moderados a fortes sobre o centro-sul do Brasil.

A combinação de vento constante, falta do sol e ar polar vão trazer uma grande sensação de frio para as regiões próximas ao mar. Todas as capitais do Sul e também São Paulo e Rio de Janeiro vão sentis estes efeitos de devem registrar as tardes mais frias do ano até o fim da semana.

 

Ar polar, ventos marítimos frios falta de sol baixam a temperatura nas capitais do Sul, em São Paulo e no Rio de Janeiro

Mas esta é só a primeira massa polar para iniciar maio. A meteorologista Josélia Pegorim comenta sobre outras duas massas polares que vão chegar ao Brasil ainda na primeira quinzena de maio.