Posts com a Tag ‘fim de semana’

+ aumentar e diminuir fonte -
Rio de Janeiro vai ganhar vento polar de presente
sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Tem faltando e chuva e ventos de frente fria no Rio de Janeiro e muitos cariocas reclamam do calor. A sensação de abafamento foi constate durante o mês de fevereiro, mas a matemática mostra que o calor de fevereiro de 2015 não ficou tão acima da média como parece.

A média da temperatura máxima no Rio para fevereiro,  de 2002 a 2011,  é de 34,3°C na região da Saúde, no centro da cidade. Nos locais mais quentes, a média das temperaturas máximas em fevereiro de 2014 ficou em torno de  37°C. Em fevereiro de 2015, até o dia 27, esta média foi de aproximadamente 35°C. Dois graus de diferença é muita coisa e prova que o calor deste fevereiro que está terminando foi bem menor do que o observado o ano passado.

 

Fevereiro é época mesmo de muito calor no Rio de Janeiro, mas este ano nem deu 40°C no Rio.  Em fevereiro de 2015, a temperatura alcançou ou passou dos 40°C  em sete dias e quase todos consecutivos.

Aniversário com frente fria

Mesmo sem calor tão intenso como no ano passado, é fato que a chuva anda escassa na capital e em todo o Estado do Rio Janeiro. A sensação térmica passou dos 40°C em muitas horas durante o mês de fevereiro. Assim, talvez o melhor presente para o Rio seja justamente um pouco de chuva e de ventos de frente fria.. A cidade do Rio de Janeiro completa 450 anos no domingo, 1 de março.

 

Rio de Janeiro (RJ) em 12-12-2014, por Janis Liekmanis

 

Durante o fim de semana, uma frente fria avança pelo litoral da Região Sudeste e deve alcançar o litoral do Espírito Santo. Com a passagem da frente fria, os ventos marítimos se intensificam sobre o Sudeste e vão trazer mais umidade para também para o Rio de Janeiro. O aumento da velocidade dos ventos vai ajudar a aliviar o calor. A injeção de umidade vai colaborar para formar mais nuvens durante o fim de semana. Há risco de chuva moderada a forte sobre o do estado no fim de semana.

A temperatura vai cair um pouco em todo o Estado do Rio no fim de semana, por causa dos ventos, da chuva e do aumento da nebulosidade. Confira a temperatura prevista para a cidade do Rio.

 

 

Mar agitado

A massa de ar polar que (sistema de alta pressão) que ganha força nos próximos dias na costa do Sul e do Sudeste e vai intensificar os ventos em alto-mar. Isto vai deixar o mar agitado e favorecer o aumento da altura das ondas que chegam às praias do Sul e Sudeste do Brasil durante o fim de semana.

O pico do swell deve ser durante o domingo e a segunda-feira.

Confira as informações das ondas no Climasurf.

Veja o comentário das meteorologista Josélia Pegorim

Como será a chuva no Sudeste no mês de março?

 

Aproximação da lua cheia ajuda na maré.

Chuva forte em Belo Horizonte
sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Nuvens carregadas crescem sobre várias áreas de Minas Gerais e provocam pancadas de chuva moderadas a fortes.

As imagens de satélite entre o fim da manhã e o início da tarde da sexta-feira, 27, mostraram uma rápida expansão das nuvens carregadas no oeste e norte de Minas Gerais, mas também sobre a Grande Belo Horizonte. Por causa da chuva forte, o aeroporto da Pampulha ficou com visibilidade reduzida a 1000 metros volta do meio-dia.

 

 

No decorrer da tarde, estas nuvens carregadas vão continuar se espalhando sobre Minas Gerais provocando chuva fortes com raios e rajadas de vento em vários locais do Estado. Há risco de temporal também na Grande Belo Horizonte.

 

Mais chuva no fim de semana

Durante o fim de semana, uma frente fria avança pelo litoral da Região Sudeste e deve alcançar o litoral do Espírito Santo. Com a passagem da frente fria, os ventos marítimos se intensificam sobre o Sudeste e vão trazer mais umidade para Minas Gerais e também para o Espírito Santo . Isto vai ajudar formar mais nuvens carregadas durante o fim de semana. Há risco de chuva forte sobre os dois estados no fim de semana. As capitais Belo Horizonte e Vitória também podem ter chuva forte chuva forte.

 

Frente fria passa pelo RJ no fim de semana
quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Uma nova frente fria avança do litoral da Região Sul e nesta sexta-feira se desloca pelo litoral de São Paulo. No fim de semana, a frente fria passa pelo litoral do Rio de Janeiro rumo ao litoral capixaba.

Cariocas e fluminenses andam reclamando do calor, que está acima do normal para fevereiro, mas bem menos sufocante do que em fevereiro de 2014. A falta de chuva e de ventos de origem polar estão contribuindo para uma sensação maior de calor. Mas a passagem desta frente fria vai aliviar o calor. Será apenas uma ligeira queda, mas o aumento dos ventos vai trazer algum frescor.

 

Passagem de frente fria ajuda a formar nuvens carregadas sobre o Sudeste

Mais pancadas de chuva

As condições para chuva aumentam nesta sexta-feira e durante o fim de semana em todo o Estado do Rio com a passagem da frente fria. Não há expectativa de dias nublados e com chuva prolongada, mas algumas pancadas poderão ser fortes.

Rio de Janeiro (RJ) e 26-11-2014, por Angelo Bruno Costa Melo e Silva

 

Antes do dia 10 de março, outra frente fria deve passar pelo Rio de Janeiro estimulando mais chuva. Confira a análise da meteorologista Josélia Pegorim

 

 

Calor no Rio de Janeiro está acima do normal

Radar RJ

Já fotografou o tempo hoje?

 

São Paulo: chuva de fevereiro é a maior em 2 anos
quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

De temporal em temporal, fevereiro de 2015 está sendo o mês com maior quantidade de chuva sobre a cidade de São Paulo nos últimos dois anos. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, , o total de chuva acumulado até o dia 26 de fevereiro no pluviômetro do Mirante de Santana, na zona norte da cidade foi de 272,4 mm. Além de superar a média histórica para fevereiro, que é de aproximadamente 221 mm, esta é maior quantidade de chuva acumulada em um mês desde fevereiro de 2013 quando choveu 278,0 mm. Em todos os demais meses entre março de 2013 e janeiro de 2015, a quantidade de chuva foi menor do que a observada em fevereiro de 2015.

O gráfico mostra os volumes acumulados aproximados entre dezembro de 2012, quando choveu 402 mm, até fevereiro de 2015.

A quantidade de chuva que cai sobre a cidade, principalmente num dia de tempestade como a da quarta-feira, 25 de fevereiro, varia muito de um local para outro. Não chove igual em todos os lugares. A análise sobre a chuva no Mirante de Santana é apenas um exemplo. Em muitas outras áreas da cidade a chuva de fevereiro também superou a média.

 

Temporais de fevereiro: céu visto da zona oeste de São Paulo no dia 24 de fevereiro de 2015, por Macelo Pinheiro

Fevereiro termina com frente fria

Uma nova frente fria chega ao litoral paulista nesta sexta-feira e vai aumentar as condições para pancadas de chuva. O risco de chover forte aumenta para a tarde e noite, mas por enquanto não há expectativa de que chova tão forte como na quarta-feira. O fim de semana também promete mais pancadas de chuva e um pouco menos de calor. Com a passagem da frente fria, os ventos frescos de uma fraca massa polar vão chegar a sobre São Paulo ajudando e aliviar o calor.

 

Mais chuva no começo de março

As pancadas de chuva vão continuar frequentes pelo menos até por volta do dia 10 de março. Até lá, duas frentes frias vão avançar pela litoral da Região Sudeste do Brasil ajudando a aumentar a umidade e as condições para a chuva.

Os mapas mostram a estimativa de chuva para a Região Sudeste nos próximos 10 dias.  Confira a análise da meteorologista Josélia Pegorim.

 

 

 

Previsão de chuva para o Brasil em março

Radares Climatempo-USP: acompanhe a chuva em cada rua de São Paulo

Já fotografou o tempo hoje?

Aumenta a chance de chuva no RJ nesta 5ª feira
quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Áreas de instabilidade voltam a se formar sobre o Estado do Rio de Janeiro nesta quinta-feira por causa da aproximação de uma frente fria. Mas quem está reclamando do calor não deve contar com ventos frescos desta frente fria. Sua massa de polar é fraca e não dará conta de afastar completamente o ar quente que está sobre o Rio de Janeiro.

As nuvens carregadas voltaram a se formar nesta quarta-feira, mas especialmente no centro-sul do Estado do Rio de Janeiro, provocando um pouco de chuva também na capital. Nesta quinta-feira, estas nuvens devem se espalhar um pouco devendo atingir também a parte norte e noroeste do estado. Há risco de chuva forte e as pancadas de chuva poderão começar antes do fim da tarde também no Grande Rio.

 

Rio de Janeiro (RJ) 21-11-2014 por Rosane Bucco

Segunda frente fria

Uma segunda frente fria está sendo esperada para o fim de semana, mas também não deve ser forte para derrubar a temperatura. Porém, com a maior infiltração de umidade, mais nuvens devem se formar sobre o Estado do Rio de Janeiro diminuindo as horas com sol forte. A sexta-feira e o fim de semana também terão pancadas de chuva e que podem ser fortes em várias regiões do Estado.

As condições para chuva devem aumentar um pouco mais no fim da próxima semana. O mapa mostra o volume de chuva estimado para a Região Sudeste no começo de março.

 

 

Já fotografou o tempo hoje?

Calor no Rio está acima do normal

 

Sudeste tem sol e praia no fim de semana
quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

O sistema de alta pressão subtropical do Atlântico Sul (ASAS) se intensifica novamente sobre a Região Sudeste nos próximos dias. A intensificação da ASAS reduz a umidade no ar e o crescimento das nuvens, diminuindo a chance de chuva. Com a redução da nebulosidade, o sol vai ficar forte por muitas horas e o aquecimento será maior.

Fevereiro é um dos meses mais quentes do ano no Sudeste, com dias bastante abafados.  Sem as nuvens e a chuva para ajudar a regular o calor, o fim de semana será de calor acima do norma na Região Sudeste. Os termômetros devem registrar marcas entre 36°C e 39°C em todos os Estados. Não há expectativa chegada de ar polar ao Sudeste pelo menos até a quarta-feira da próxima semana.

 

Ondas e ventos

A intensificação da alta pressão subtropical do Atlântico Sul sobre o Sudeste no fim de semana diminui a chuva e também reduz a velocidade dos ventos. Com o vento fraco, as ondas ficam pequenas. Neste fim de semana, o mar será melhor para quem quiser curtir o sol na areia.

No Climasurf você acha a melhor onda, o vento e a sua tribo.

Confira a previsão de chuva para os próximos dias

 

Nos mapas, as manchas coloridas indicam as áreas de chuva e a cor a intensidade. Os tons de amarelo, vermelho, laranja e rosa indicam chuva forte. As manchas (chuva) diminuem sobre o Sudeste por causa da atuação da ASAS.

 

O centro da ASAS deve ficar próximo do litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro durante o fim de semana. Atuação intensa do sistema de alta pressão do Atlântico Sul (ASAS) deixou o Sudeste na seca no verão de 2014 e novamente em janeiro de 2015. Mas não adianta amaldiçoar a ASAS agora. Este sistema de pressão é permanente na circulação geral atmosférica. Ele vai e volta.

A meteorologista Josélia Pegorim explica o efeito da intensificação da ASAS sobre o Sudeste

 

 

Entenda como o sistema de alta pressão reduz a nebulosidade e a chuva

Cuidado com o sol forte! Saiba qual é o protetor correto para seu tipo de pele.

Usar a água do mar dessalinizada é uma boa opção para a crise de água no Brasil?

Dê seu depoimento na campanha BR: vida sem água

O carnaval já começou
sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

por Patrícia Pinheiro

Em São Paulo, e em muitas outras cidades do Brasil, o carnaval já começou! Neste fim de semana inúmeros blocos saem às ruas da capital agitando quem ainda não entrou no clima carnavalesco. A Climatempo separou alguns foliões gratuitos para você seguir neste fim de semana e, para aproveitar sem problemas com o tempo, daremos a dica da previsão!

No sábado, dia 07 de janeiro, o carnaval antecipado será com sol e temperatura subindo na capital e para aproveitar o dia confira alguns blocos para seguir:

- Bloco Loveblock: Com arranjos especiais para canções de Coldplay, Phoenix, The Killers, MGMT, Florence the Machine, entre outros. O bloco sai às13h na Rua Cojuba, no Itaim.

- Bloco Banda da Barbearia: Com axé dos anos 90 o bloco se concentra às 14h na Rua Visconde de Inhomerim.

- Bloco da Ressaca: Em sua 31ª vez nas ruas do Centro de São Paulo o bloco se concentra também às 14h no Largo do Cambuci – Saída às 16h30 passando por diversas ruas do centro.

- Bloco do Sargento Pimenta: Misturando músicas dos Beatles com o ritmo carnavalesco, o bloco carioca sai às 15h do Metrô Sumaré, passando pela Avenida Paulo VI e finalizando na Avenida Henrique Schaumann.

Quem for nos blocos que se prolongam até o fim da tarde, tem risco de pancadas de chuva, mas não se preocupe pois será fraca!

No domingo, com um dia de sol e calor tem mais blocos saindo por São Paulo, confira alguns para aproveitar.

- Bloco Esfarrapado: Em sua 68ª edição o Bloco Esfarrapado conta com marchinhas famosas e temas de escolas de samba. Saindo às 12h da Rua Pelotas o esperado é levar 10 mil pessoas para acompanhá-los.

- Acadêmicos do Baixa Augusta: O queridinho dos amantes da Rua Augusta conta com a presença de famosos, onde a Rainha é Alessandra Negrini e a Madrinha a cantora Tulipa Ruiz. Prometendo surpresas o bloco sai da Rua Augusta às 14h e pretende chegar até a Praça Roosevelt.

- Gambiarra: A famosa festa das casas noturnas sai pela primeira vez às ruas em um trio elétrico, comemorando os 7 anos de festa. A concentração acontece às 19h no  Viaduto Av. Sumaré.

O melhor de tudo, todos os blocos são gratuitos!!!

Foto: Fernanda Carvalho - Fotos Públicas

Faça chuva ou faça sol, aproveite o fim de semana sem maiores preocupações com o tempo!

Muita umidade na Grande SP
sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

A frente fria que passou pelo litoral paulista nesta sexta-feira fez com que os ventos marítimos voltassem a soprar sobre o Estado de São Paulo trazendo mais umidade também para a região da Grande São Paulo.

Neste sábado, o vento da direção sudeste vai predominar o dia todo trazendo uma carga de umidade ainda maior. A Grande São Paulo terá muita umidade suficiente para formar muitas nuvens e névoa, que vão esconder o sol por muitas horas. A chance de chuva ainda é alta e a qualquer hora.

Temperatura amena

O excesso de nuvens, o vento moderado e a chuva vão deixar a temperatura amena neste sábado, livrando a Grande São Paulo do calorão. Mas isto é por bem pouco tempo. O ar polar já se afasta no domingo e a temperatura volta a subir.

Janeiro de 2015: um dos meses mais quentes na capital paulista

Por muito pouco, janeiro de 2015 não ficou com o título de mês mais quente já registrado na história climática de São Paulo desde 1943. Este posto é de janeiro de 2014, que teve média de temperatura máxima de 31,9°C, segundo o Inmet.

Até o dia 25 de janeiro, a média das máximas no Mirante de Santana estava em 32,3°C. Mas com a maior quantidade de nuvens na última semana do mês, a entrada do ar polar no dia 30, a média baixou para 31,7°C.

Mesmo assim, janeiro de 2015 entra para a lista dos meses mais quentes de São Paulo.

 

Frente fria permanece no Sudeste
sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Uma nova frente fria entrou no Sudeste e alcançou o litoral do Rio de Janeiro. A presença desta frente fria estimulou a formação de nuvens carregadas sobre São Paulo, Rio de Janeiro e no centro-sul de Minas Gerais. Algumas nuvens de chuva conseguiram se formar até no extremo sul do Espírito Santo.

Esta frente fria vai ficar próxima ao litoral do Estado do Rio de Janeiro até o domingo e depois se afasta para alto-mar. Até lá, mais nuvens de chuva se formam por quase todo  Sudeste. Ventos marítimos levam mais umidade para o interior da Região e ajudam a formar as nuvens. Mas a chance de chuva sobre o Espírito Santo e na região do vale do rio Doce do Jequitinhonha ainda é baixa. As demais áreas do Sudeste podem ter até temporais.

 

 

Menos calor e mar agitado

Ar polar refresca São Paulo, o Rio de Janeiro e o centro-sul mineiro neste sábado, mas se afasta no domingo e volta a esquentar. Porém, o calor não voltará intenso como na semana passada.

O mar fica um pouco agitado no fim de semana, Algumas ondas nas praias de São Paulo e do centro-sul do Rio de Janeiro podem passar de 1,0 metro.

Confira como será a chuva no Sudeste nos próximos dias

 

 

Itajobi (SP) 28-1-2015 por Luis Carlos Sperandio

 

Ache a sua onda e a sua tribo no Climasurf 

Participe da campanha BR: vida sem água. Dê seu depoimento!

Como ficarão a chuva e a temperatura em fevereiro ?

Chuva=água=energia: entenda porque economizar energia é também economizar água

 

 

Frente fria chega ao litoral de SP com chuva forte
quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Uma nova frente fria avança pelo litoral de São Paulo no decorrer desta sexta-feira trazendo chuva forte e ventania.  Uma grande mudança nas condições do tempo será sentida já na madrugada. A situação é de alerta para a chuva volumosa e ventania que pode causar mais transtornos.

Frente fria provocou chuva forte e ventania no litoral de Santa Catarina na noite de quinta-feira, 29. As rajadas em Florianópolis chegaram aos 74 km/h no aeroporto.

Volta a chover forte sobre a Baixada Santista

A preocupação com deslizamento de encostas é grande porque há pouco mais de uma semana, entre os dias 22 e 24 de janeiro, várias áreas da cidade de Santos e de São Sebastião ficaram alagadas por causa da chuva torrencial. O grande volume de chuva deixou o solo encharcado. Assim, uma chuva intensa agora coloca a região de Santos e de São Sebastião com alto potencial para queda de barreiras.

 

São Vicente (SP) 13-12-2014 por Alexandre

Histórico de chuva: chuva de um mês em 48 horas

Entre 9 horas do dia 22 e 9 horas do dia 24 de janeiro de 2015  a Defesa Civil registrou 289,5 mm de chuva. Nestas 48 horas choveu mais do que a média normal para todo o mês de janeiro, que é de aproximadamente 279 mm. O total acumulado entre 21 e 25 de janeiro foi de 397,1 mm. O total de chuva em janeiro, até 9 horas do dia 29, estava em 450,9 mm, quase 62% de chuva acima do normal..

O temporal entre 22 e 24 de janeiro aconteceu um mês após um outro evento de chuva torrencial, na época do Natal de 2014, que deixou parte de Santos também debaixo d´água. Entre 22 e 24 de dezembro de 2014 choveu quase 292,0 m. Foram 172,9 mm entre 22 e 23 de dezembro e outros 119,0 entre os dias 23 e 24 de dezembro de 2014. O mês de dezembro do ano passado fechou com quase 404 mm de chuva, sendo que a média normal é de 235 mm.

Calor diminui

A quinta-feira foi marcada por muito calor no litoral paulista. Em Santos, a temperatura chegou aos 35°C. A previsão é de que a temperatura caia ao longo da sexta-feira por conta chegada dos ventos do quadrante sul que trazem o ar frio polar, do excesso de nebulosidade que impede a entrada dos raios solares e da chuva que deve persistir por muitas horas.

Mar agitado

A passagem da frente fria deixa os ventos mais constantes e fortes nos próximos três dias. O mar fica um pouco  agitado, com ondas que podem passar de 1,0 metro mas não há risco de ressaca.

Ache a sua onda e sua tribo no Climasurf

Chuva ácida foi confirmada

A CETESB confirmou a presença de chuva ácida na cidade de Cubatão na sexta-feira (23). Um vazamento de óxido de enxofre (SO2) da chaminé de uma fábrica acabou favorecendo a formação do trióxido de enxofre (SO3) que combinado com a água presente na atmosfera é capaz de gerar o ácido sulfúrico (H2SO4) que acaba provocando a chuva ácida.

A meteorologista Josélia Pegorim alerta para as condições tempo severo no litoral de São Paulo por causa da passagem da frente fria.

 

Como será a chuva e a temperatura em fevereiro?

Sem ZCAS e sem ZCIT

Saiba como se proteger dos raios!