Posts com a Tag ‘fim de semana’

+ aumentar e diminuir fonte -
Depois da chuva o sol aparece no interior de SP
quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Atualizado às 10h10 de 23/10/2014

Algumas áreas de instabilidade conseguiram provocar chuva durante manhã da quinta-feira. Segundo informações dos radares meteorológicos de Bauru e Presidente Prudente, ambos operados pelo IPMet/UNESP, áreas do norte do Estado como a cidade de Barretos tiveram a ocorrência de chuva fraca.

A maioria das áreas do interior de São Paulo passou a quarta-feira com sol forte. Apesar do calor e da formação de algumas nuvens à tarde, choveu rapidamente só em poucas áreas do norte do Estado, região entre Batatais, Morro Agudo, Ituverava e São José da Bela Vista.

Sorocaba teve sol e algumas nuvens em 22 de outubro de 2014. Foto de Rafael Faroni

 

O céu nublado ainda predominou no extremo sul e no leste do Estado, onde as temperaturas ficaram amenas. Calor de até 35°C foi observado no norte de São Paulo, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. Na capital, a temperatura chegou aos 21°C e não passou dos 23°C no litoral.

 

 

Mais calor

A temperatura vai subir mais nesta quinta-feira em todo o estado de São Paulo. O ar polar se afasta e a diminuição da nebulosidade no sul e no leste do Estado vai facilitar o aquecimento do ar também na Grande São Paulo e no litoral. A temperatura volta a se aproximar dos 30°C na capital.

Mais pancadas de chuva

O ar úmido e quente avança do Norte e do Centro-Oeste do Brasil e começa a se espalhar pelo interior de São Paulo. A primeira região a ficar mais úmida se o norte do Estado, onde a chance de pancadas de chuva aumenta nesta quinta-feira. A partir de sexta, este ar úmido e quente se espalha por todas as regiões paulistas e volta a chover também em regiões como Campinas, a Grande São Paulo e o vale do Paraíba.

 

Camila Valsecehi fotografou o céu azul de São José do Rio Preto em 22 de outubro de 2014. As pancadas de chuva devem voltar a ocorrer a partir da tarde desta quinta-feira.

 

A tendência é de aumento das áreas de instabilidade sobre São Paulo no fim de semana fazendo com que todas as regiões paulistas tenham mais nuvens e chuva.

 

No mapa, as manchas coloridas indicam a chuva estimada para o período entre 9h até 21h de sábado, 25. Clique no mapa e veja a estimativa de chuva par outros dias, de 12 em 12 horas

 

Drone da Climatempo mostra a seca histórica de SP 

Sua cidade, seu bairro está com problemas de abastecimento? Participe da campanha SP: vida sem água. Dê seu depoimento!

Previsão de mais chuva para o interior do Brasil

São Paulo: calor pode bater novo recorde no fim de semana
sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Se você mora na região da cidade de São Paulo e tem menos de 71 anos, nunca sentiu um calor tão grande como nesta sexta-feira, 17 de outubro de 2014.

Foi um calor histórico, nunca antes observado, em nenhum mês, em nenhuma estação do ano!

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 37,8°C de temperatura máxima no Mirante de Santana, na zona norte da cidade. Foi a maior temperatura observada neste local desde 1943, quando começaram as medições regulares.

Na zona sul também houve um recorde histórico de calor. A estação meteorológica operada pela USP, que fica em frente ao Zoológico, registrou 37,2°C nesta sexta-feira, a maior temperatura neste local desde 1933.

 

Calor pode aumentar no fim de semana

O calor extremo foi sentido esta semana em todo o Estado de São Paulo. Temperaturas de 38°C a 41°C foram registradas todas as tardes entre 13 e 17 de outubro, em grande parte do Estado.

A onda de calor ainda vai atuar sobre São Paulo neste fim de semana e o calor poderá ser ainda maior. Isto significa que até o domingo, a temperatura na cidade de São Paulo poderá bater novamente o recorde de calor histórico. Algumas simulações feitas em supercomputadores indicam que a temperatura poderá chegar aos 40°C no fim da semana.

Além do sol forte e do calor intenso, algumas pancadas de chuva já poderão ocorrer na tarde e noite do domingo.

Quando o calorão vai acabar° 

A onda de calor só deve acabar com uma grande frente fria que está sendo esperada a partir de segunda-feira, 20 de outubro. Esta frente fria vem trazendo uma forte massa de ar polar. A combinação do aumento de nuvens (evitam o sol forte), chuva (refresca o ar), ventos (mistura as camadas de ar, refresca e diminuição a sensação de calor) e do ar polar (mistura com o ar quente, refresca) vão fazer a temperatura baixar no Brasil.

A temperatura começa a baixar no Sul do Brasil no domingo e no Estado como São Paulo durante a segunda-feira.

Será a segunda-feira mais sensacional do ano!

 

Vai ter sol na praia no fim de semana?
sexta-feira, 10 de outubro de 2014

A forte massa de ar seco que influencia o Sudeste do Brasil afasta as frentes frias e deixa o vento fraco no litoral da Região. Neste fim de semana, as nuvens carregadas de uma frente fria ficam bloqueadas sobre o Sul e há previsão de várias pancadas de chuva nas praias no fim de semana. Pode até ser forte em praias gaúchas e do sul de Santa Catarina.

Mas no Sudeste e o Nordeste, este fim de semana promete ser com muito sol. Na costa leste do Nordeste, entre o sul da Bahia e a região de Natal, há possibilidade de pancadas de chuva, mas de forma rápida e que não deve atrapalhar a diversão.

Será que vai dar onda boa para surfar? Confira a previsão!

 

 

Nascer do Sol em Itanhaém (SP) - por Rodrigo as 06h28 10 out 2014

 


Aproveite e conheça também o nosso novo canal que traz informações sobre as condições para o surf: http://climasurf.com.br/ O novo site traz boletins de previsão do tempo e condições das praias e conta com mais de 80 câmeras ao vivo espalhadas no litoral brasileiro.

Tarde mais seca do ano em São Paulo
quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Atualizado em 09/10/2014 às 16h50

Pela segunda vez do ano, a cidade de São Paulo registra recorde de menor umidade relativa do ar.

A tarde de hoje foi tão seca quanto a do dia 03 de agosto, levando-se em conta apenas o dado da estação meteorológica convencional do Mirante de Santana (INMET). Nesta estação foi verificada a umidade relativa de apenas 20% por volta de 15h.

Em algumas outras áreas da cidade o índice caiu ainda mais. No aeroporto de Congonhas a umidade baixou para 18%. No Campo de Marte, a umidade chegou a 17% entre 15h e 16h.

São Paulo amanheceu ensolarada nesta quinta-feira e está mais quente. Às 11 horas, a temperatura estava em 27°C no Campo de Marte, na zona norte da cidade, dois graus a mais do que ontem neste horário.

O nível de umidade já estava abaixo dos 60% às 8 horas e às 11 horas era de 37%. Ontem, o nível mínimo foi de 24%.

 

 

São Paulo ensolarada em 9 de outubro de 2014, por Natália Garcia

Com o ar seco e parado, São Paulo fica sem nuvens, sem chuva e mais poluída. Por volta das 11 horas, pela medição da Cetesb, quase toda a cidade apresentava qualidade do ar moderada. Ontem foi registrada qualidade do ar ruim na região da USP por causa do excesso de ozônio

 

 

Sem chuva à vista

Ventos e chuva limpam o ar dispersam a poluição melhorando a qualidade do ar. Mas há uma situação de bloqueio na atmosfera sobre o Brasil que vai dificultar a chegada das frentes frias ao interior do Estado de São Paulo. A chance  de chover sobre a Grande São Paulo é remota pelo menos até a próxima segunda-feira.

Fim de semana

O fim de semana promete sol e calor para os paulistas e com praia! O bloqueio afasta as frentes frias para alto-mar e o ar seco impede o crescimento de grandes nuvens.

O ar polar continua longe e a temperatura se mantém elevada, passando dos 30°C à tarde também na Grande São Paulo e pelo litoral.

Rio de Janeiro continua frio
sexta-feira, 3 de outubro de 2014

A recente passagem de uma frente fria pelo Sudeste do Brasil não deixou o tempo chuvoso, mas causou muito vento e derrubou a temperatura de novo.

No Pico do Couto, nos arredores de Petrópolis, a temperatura na sexta-feira, 3, não passou de 9°Cm pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. Em Nova Friburgo e na região de Teresópolis, os termômetros não passaram dos 14°C. Na cidade do Rio de Janeiro, a temperatura mínima foi de 14,6°C e a máxima de 24,8°C. Para os padrões cariocas, estas temperaturas são muito abaixo do normal para um dia de outubro. Por causa do vento moderado e constante, a sensação térmica às 20 horas na região do aeroporto Santos Dumont era de apenas 16 °C.

 

Frio e ventos

A acentuada queda da temperatura e os ventos fortes são provocados por uma grande e forte massa de ar polar que está centrada no litoral da Argentina, perto de Buenos Aires. É esta massa polar que está provocando muito vento no Sul e no Sudeste.

A influência desta massa no Brasil ainda será grande no fim de semana mantendo a temperatura baixa em todo o Estado do Rio de Janeiro. Ainda tem ventos moderados a fortes. Assim, mesmo com a presença do sol, o vento não deixa a temperatura subir muito.   A Região Serrana pode ter temperatura abaixo dos 10°C. Apesar da nebulosidade, não há previsão de chuva para o fim de semana de eleições.

Vai esquentar só na semana que vem. Confira como vai se comportar a temperatura no Rio de Janeiro

 

Mar agitado

Os ventos fortes provocados por uma grande massa polar e um ciclone extratropical  deixaram o mar agitado na costa da Argentina. Grandes ondas foram geradas e avançaram para a costa brasileira.

Neste fim de semana, estas grandes ondas varrem a costa do Sul e do Sudeste e chagam ao litoral leste do Nordeste.

Evite a navegação!

 

Confira a previsão das ondas!  

 

Sudeste volta a secar 

 

Compartilhe a informação sobre as condições do tempo na sua cidade com a Climatempo

Participe!

Pelo site:  envie sua foto

Pelas redes sociais: #fotografeotempo

Pelo Whatsapp: (11) 9 9420-7548

 

 

 

 

Mar para surf no fim de semana
sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Mar agitado no fim de semana

Os ventos fortes provocados por uma grande massa polar (A) e um ciclone extratropical (B) deixaram o mar agitado na costa da Argentina. Grandes ondas foram geradas e avançaram para a costa brasileira.

 

 

Neste fim de semana, estas grandes ondas varrem a costa do Sul e do Sudeste e chagam ao litoral leste do Nordeste. Se você vive no litoral, foque atento! Atenção, navegantes! A navegação estará perigosa e evite a saída para alto-mar. Fique atento aos avisos da Marinha do Brasil.

 

 

Frio na praia

O sol aparece neste fim de semana na maioria das praias do Sul e do Sudeste, mas junto de muitas nuvens. Com o sol meio escondido e com o vento polar soprando constante, moderado, trazendo a sensação de frio, muita gente vai ficar longe da areia das praias. Mas os surfistas vão encontrar altas ondas!

Frente fria em Sergipe e Alagoas

Uma frente fria avança para o litoral de Sergipe e de Alagoas e no fim de semana estimula a formação de muitas nuvens em todo o litoral desde o sul da Bahia até Pernambuco. O tempo fica instável no fim de semana, com chuva frequente e risco de chuva moderada a forte entre Salvador e Recife. Há risco de raios e de ventos fortes.

Confira a previsão das ondas para este fim de semana com a meteorologista Josélia Pegorim.

 

São Paulo: sensação térmica abaixo de 10°C
quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Cadê o calor que estava fazendo em São Paulo? Uma forte massa polar levou embora! A temperatura na tarde de terça e de quarta-feira ficou em torno dos 30°C e não passou dos 20°C nesta quinta-feira.

No fim da tarde, por volta das 17 horas,  a sensação térmica chegava a 8°C na região do aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista. Às 18 hora baixou para 7°C, sendo que a temperatura real do ar era de 14°C.

A forte queda da temperatura foi provocada pela chegada do ar polar. Mas desta vez, o vento frio chegou muito mais forte do que das últimas frentes frias que passaram pela cidade. A temperatura máxima registrada pelo Instituto Nacional de Meteorologia foi de 19,7°C. A tarde de 2 de outubro foi a mais fria na cidade de São Paulo desde o dia 4 de setembro quando  a temperatura máxima foi de 18,7°C.

Até quando vai esse frio? Confira o comentário da meteorologista Josélia Pegorim

 

 

 Atenção pessoal do surf! Grandes ondas no fim de semana. Confira!

Semana termina com frente fria no RJ
quinta-feira, 25 de setembro de 2014

A grande quantidade de nuvens que se espalhou pelo Grande Rio e o centro-sul do Estado do Rio de Janeiro nesta quinta-feira foi o resultado da passagem de uma frente fria, mas muito fraca. Apesar da nebulosidade, pouco choveu. A falta do sol e o vento fresco diminuíram o calor.

 

 

Esta frente fria se afasta em alto mar e a quantidade de nuvens diminui, permitindo períodos com sol nesta sexta-feira. Mas outra frente fria já está para chegar e aumenta a chance de um pouco de chuva para o Estado do Rio.

A nova frente fria avança rapidamente pelo litoral da Região Sul nesta sexta-feira e até noite chega ao litoral de São Paulo e já começa a influenciar o Rio de Janeiro. No sábado, esta frente fria continua perto do litoral fluminense.

 

 

Nuvens carregadas crescem e provocam mais pancadas de chuva, mas especialmente no centro-sul do Rio de Janeiro. A chance de chuva para o norte do Estado é baixa. As pancadas de chuva continuam no fim de semana, mas o tempo não fica chuvoso. O sol aparece entre muitas  nuvens. Não há previsão de frio.

Outra frente fria está prevista para chegar ao litoral de São Paulo e sul do Rio de Janeiro na segunda-feira, 29 de setembro.

Um pouco de chuva para o Sudeste
quinta-feira, 18 de setembro de 2014

O calor intenso e o ar muito seco estão marcando os últimos dias do inverno de 2014 por quase toda a Região Sudeste. Nesta quinta-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia voltou a registrar níveis de umidade relativa do ar abaixo de 20% durante várias horas em muitas áreas do norte e oeste de Minas Gerais e e  de São Paulo, com temperaturas de 36°C a 38°C à tarde.

 

 

Áreas de instabilidade se intensificam sobre o Sul do Brasil e se juntam com uma frente fria, que vai avançar para o litoral da Região Sudeste no fim de semana trazendo um pouco de chuva. Há risco até de alguns temporais, mas a chuva não será para todos e vai durar por pouco tempo. A meteorologista Josélia Pegorim explica como as áreas de chuva vão se espalhar pelo Sudeste.

 

 

Risco de vento forte no litoral

Uma nova área de baixa pressão atmosférica se intensifica sobre o Paraguai e passa sobre  Sul do Brasil nesta sexta-feira. O centro de baixa pressão vai para o mar e até o sábado terá influência na costa da Região Sul e do Sudeste provocando fortes rajadas de vento. As rajadas mais intensas podem variar de 60 a 90 km/h.

 

Confira a previsão climática para a primavera no Sudeste

Fim de semana de tempo firme no Sudeste
sábado, 13 de setembro de 2014

O vento marítimo perdeu força e o sol voltou a aparecer com força sobre o faixa leste de São Paulo e o Rio de Janeiro neste sábado.

A madrugada ainda foi fria na Serra da Mantiqueira, com temperatura mínima em torno de 4°C em Monte Verde(MG) e 6°C em Campos do Jordão(SP). No decorrer do fim de semana, o ar seco predomina em todo o Sudeste, deixando o tempo ensolarado, quente e seco. No interior da Região, as temperaturas máximas ultrapassam os 30°C e a umidade relativa do ar atinge valores abaixo de 20% no período da tarde, caracterizando estado de alerta, segundo a UNICAMP.

O tempo volta a mudar em parte da Região no começo da semana. Uma nova frente fria avança e provoca pancadas de chuva em São Paulo a partir da tarde de segunda-feira (15). Na terça-feira (15), a chuva ocorre também no Rio de Janeiro, no Triângulo Mineiro e no centro-sul de Minas Gerais.