Posts com a Tag ‘Goiânia’

+ aumentar e diminuir fonte -
Chuva fraca em Goiânia (GO)
segunda-feira, 20 de outubro de 2014

O aeroporto de Goiânia no estado de Goiás registra chuva fraca. O vento sopra fraco de sul e a temperatura é de 26 graus.

Trovoadas em Goiânia (GO)
segunda-feira, 20 de outubro de 2014

O aeroporto de Goiânia no estado de Goiás registra trovoadas. O vento sopra fraco de leste e a temperatura é de 30 graus.

Sol e muito calor em Goiânia (GO)
domingo, 19 de outubro de 2014

A forte massa de ar quente e seco que predomina garante um começo de tarde de muito sol, calor e umidade baixa em Goiânia neste domingo. No momento os termômetros registram 35 graus no aeroporto Santa Genoveva.

Manhã muito seca em Goiânia (GO)
sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Os goianos estão enfrentando mais um dia muito quente e muito seco. O aeroporto Santa Genoveva já registra 31ºC agora e umidade relativa do ar de apenas 16%.

BH, Brasília e Goiânia: novos recordes de calor à vista
quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Esta semana de outubro está repleta de recordes de calor. É provável que tenhamos hoje  novos recordes em Brasília, em Goiânia e em Belo Horizonte. Estas três capitais já tiveram ontem a tarde mais quente de 2014.

No aeroporto de Goiânia, a temperatura às 13 horas era de 36°C igual a de ontem neste mesmo horário. A umidade realtiva do ar estava em 13%. Mas em outro local da cidade,  o Instituto Nacional de Meteorologia registrava 39,1°C e ontem a esta hora, a temperatura estava em 37,5°C.

Em Belo Horizonte, o aeroporto da Pampulha estava com 36°C, à 1 hora da tarde, e ontem a esta hora estava com 35°C. O nível de umidade do ar era de apenas 16%A temperatura máxima de ontem neste local foi de 36°C.

Em Brasília, o aeroporto JK estava com 35°C, à 1 hora da tarde, um grau acima do registrado ontem a esta hora.

Sem a perspectiva de chuva, da entrada de ar polar e com o sol forte nas próximas horas, a temperatura deve subir mais e novos recordes poderão ocorrer nesta tarde.

 

Brasil acima dos 40°C

Calor de 40°C ou mais é comum nesta época em estados como o Tocantins, no interior do Nordeste, no Pará e em Mato Grosso. Mas muitas áreas do Sudeste, do Centro-Oeste e o Paraná estão enfrentando esta semana uma onda de calor fazendo com que as temperaturas fiquem muito acima do normal.

O Estado de Mato Grosso tem sido o estado mais quente do Brasil nos últimos dois dias, com temperaturas acima dos 41°C. Ontem, a cidade de Três Lagoas registrou 41,9°C, a mais alta do país pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

Às 14 horas desta quarta-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia registrava 42,0°C em Três Lagoas (MS), 41,4°C em Coxim (MS), 40,3°C em Porto Murtinho (MS), em Água Clara (MS) e em Miranda (MS). São Romão (MG) estava com 40,0°C.  Fez 40,3°C em Barretos (SP) às 13 horas. O aeroporto de Barra do Garças, em Mato Grosso, registrava 40,0°C nesta hora. A temperatura sobe mais nas próximas horas em todos estes locais.

 

 

Temperaturas registradas em 14 de outubro de 2014

 

 

Quando o calor vai diminuir?

Calor recorde em Goiânia, Brasília, Campo Grande e em BH
terça-feira, 14 de outubro de 2014

O calor extremo, com temperaturas acima dos 40°C, voltou a ser destaque no Brasil nesta terça-feira, 14 de outubro. Pela medição das estações meteorológicas automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia, a maior temperatura no país foi de  foi novamente de 41,9°C em Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul.

As capitais Campo Grande (MS), Goiânia (GO), Brasília (DF) e Belo Horizonte (MG) bateram recorde de calor.

Pela medição das estações meteorológicas convencionais do Instituto Nacional de Meteorologia, Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, teve temperatura máxima de 35,8°C. O recorde anterior era de 34,6°C em 1 e 12 de outubro.

Em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, a temperatura chegou aos 40,0°C e o recorde anterior era de 39,5°C em 13 de outubro. A medição oficial do Instituto Nacional de Meteorologia em Campo Grande é da estação automática há vários anos,pois a convencional foi desativada.

Em Goiânia, capital de Goiás, a tarde de 14 de outubro também foi a mais quente de 2014, até agora, com temperatura máxima de 38,1°C. O recorde anterior era de 37,9°C em 18 de setembro.

Em Brasília, capital federal, a temperatura máxima das 15 horas foi de 33,1°C igualando o recorde do dia 17 de setembro.

Uma segunda leitura dos termômetros de máxima será feita oficialmente às 21 horas alguns destes valores poderão ser aumentados.

 

Clube das Quaretonas

Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, entrou para o seleto “Clube das Quarentonas”, que reúne somente as capitais que já alcançaram a marca dos 40,0°C ou mais ao menos uma vez este ano.

 

Confira os atuais recordes de calor de todas as capitais brasileiras

 


Goiânia (GO) seca!
domingo, 12 de outubro de 2014

A umidade relativa do ar já chegou aos 11% em Goiânia, caracterizando estado de EMERGÊNCIA, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS)! Já a temperatura está elevada; o aeroporto de Santa Genoveva registrava às 11h temperatura de 34 graus.

Goiânia quente e muito seca (GO)
sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Não é mais novidade o que está sendo observado nesta sexta-feira em Goiânia. O sol está brilhando forte e a temperatura já está alta. O aeroporto Santa Genoveva registra agora 31ºC. A umidade relativa do ar já caiu para 21%. Valores abaixo disso são considerados estado de alerta.

35°C e 14% de umidade em Goiânia (GO)
quinta-feira, 9 de outubro de 2014

A forte massa de ar quente e seco que cobre a região central do Brasil garante uma tarde de muito sol, calor e umidade baixa em Goiânia nesta quinta-feira. No momento os termômetros registram 35 graus no aeroporto Santa Genoveva, onde a umidade relativa do ar está em torno de 14%.

13% de umidade em Goiânia (GO)
terça-feira, 7 de outubro de 2014

A forte massa de ar quente e seco que cobre a região central do País garante uma tarde de sol, calor e umidade muito baixa em Goiânia nesta terça-feira. No momento os termômetros registram 32 graus no aeroporto Santa Genoveva, onde a umidade relativa do ar está em torno de 13%.