Posts com a Tag ‘Goioere’

+ aumentar e diminuir fonte -
Temporais avançam do PR para SP e do Paraguai para o RS
segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Grandes e fortes áreas de instabilidade voltaram a se formar na tarde desta segunda-feira sobre o Paraná provocando mais temporais. Em Goioerê, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma rajada com 70 km/h às 16 e às 17h e choveu. Em Nova Tebas choveu quase 28 mm entre 14h e 18h e as rajadas de vento atingiram 87 km/h, às 16h e 81 km/h às 15h. Em Marechal Cândido Rondon choveu 64 mm entre 14h18h e o vento chegou aos 80 km/h, às 16h.

Parte destas  nuvens carregadas entre  na noite desta segunda-feira sobre oeste de São Paulo e provocaram temporais. Outras áreas paulistas também terão chuva no decorrer da noite.

 

 

Mais instabilidade no Paraguai

Novas áreas de instabilidade crescem sobre o Paraguai e se deslocam para o Rio Grande do Sul. A população do oeste e noroeste gaúcho volta a sofrer com tempestades na noite desta segunda-feira e na madrugada de terça, menos de 24 horas após um outra onda de temporais.

 

Nuvens extremamente carregadas passaram sobre o Rio Grande do Sul entre a noite do domingo, 28, e a manhã da segunda-feira, 29, provocando chuva intensa e ventania.

 

Quando a chuva dará uma trégua ao Sul?

Chuva em Goioerê (PR)
domingo, 7 de setembro de 2014

A estação automática do INMET de Goio-erê no estado do Paraná registra chuva com acumulação horária de 6,4mm na última observação. O volume acumulado de chuva nas últimas 3 horas é de 17,2mm.

Paraná: chuva de 1 mês em 24 horas
sexta-feira, 6 de junho de 2014

A primeira semana de junho começou gelada no Paraná e termina em muita chuva. A quantidade de chuva acumulada entre os dias 5 e 6 de junho foi impressionante e várias áreas do Estado receberam em 24 horas o equivalente a média da chuva para todo o mês de junho. Em Maringá, choveu 37 mm entre 19h e 20h da sexta-feira, dia 6 e o acumulado em 24h estava perto dos 60 mm, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

O mapa mostra a média de chuva normal para a Região Sul em junho. Na maioria das áreas, chove em média de 100 a 150 mm.

 

 

 

A tabela mostra alguns volumes de chuva registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre 19h do dia 5 de junho e 19h de 6 de junho.

 

 

 

Em maio, o Paraná teve muita chuva e assim, rios e córregos estão com níveis elevados. A chuva volta a cair forte no fim de semana com a chegada de outra frente fria. Além da chuva forte, há risco de vento forte e até granizo.

Abaixo, mapa mostrando o volume de chuva estimado para o Sul do Brasil até 11 de junho

 

 

 

 

Confira a previsão para a Região Sul.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Paraná terá mais chuva no fim de semana
sexta-feira, 6 de junho de 2014

 

A situação é preocupante no Paraná com relação a chuva. Grandes volumes de chuva foram observados sobre o Estado entre quinta e sexta-feira, 6 de junho, até superando a marca dos 100 mm. Volumes de chuva desta ordem representam a média normal para junho em várias áreas do Paraná.

 

 

 

 

Entre 16h do dia 5 e 16h de 6 e junho, 0 Instituto Nacional de Meteorologia registrou 116,8 mm em Goioerê, 107,4 mm em Nova Tebas, 92,8 mm em Castor e 86,4 mm em Ventania.

Em maio, o Paraná teve muita chuva e assim, rios e córregos estão com níveis elevados. A chuva volta a cair forte no fim de semana com a chegada de outra frente fria. Além da chuva forte, há risco de vento forte e até granizo.

Confira a previsão para a Região Sul.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Muita chuva em Goioerê (PR)
domingo, 25 de maio de 2014

A estação automática do INMET de Goioerê no oeste do estado do Paraná registra chuva que persiste há 14 horas, com acumulação de 69,6mm neste período. O vento sopra fraco de norte e a temperatura é de 15,9 graus.

Chuva forte em Goioerê (PR)
sábado, 19 de abril de 2014

Fortes áreas de instabilidades que avançam pelo Paraná favoreceram a formação de nuvens carregadas que provocaram chuva forte na cidade de Goioerê, localizada no oeste do Paraná. Na estação automática do Inmet foram acumulados 24,6 mm de chuva entre as 12h e 14h (horário de Brasília).

 

Temporal em Goioerê (PR)
domingo, 12 de janeiro de 2014

Áreas de instabilidade associadas ao avanço de uma frente fria provocaram forte temporal no oeste do Paraná, na região de Goioerê. Segundo as medições do INMET, o acumulado horário de chuva ficou em 17,6mm mas as rajadas de vento foram muito fortes, chegando a 102km/h.

Pancadas de chuva em Goioerê (PR)
domingo, 16 de junho de 2013

Áreas de instabilidade avançam pelo oeste paranaense e provoca pancadas de chuva agora em Goioerê. O volume acumulado na última hora, segundo as medições do INMET, é de 3,2mm. A chuva acompanha atividade elétrica. Todo o sistema deve avançar para região central do estado nas próximas horas.

Chuva e frio no Sul do Brasil
terça-feira, 14 de maio de 2013

O tempo fica mais instável no Sul do Brasil nesta quarta-feira. Uma frente fria se intensifica e provoca muita chuva em grande parte da Região nas próximas 48 horas. Além da chuva, a entrada de uma forte massa polar vai fazer a temperatura cair muito especialmente na quinta e na sexta-feira. As chuvas mais volumosas nesta quarta-feira ocorrem sobre o norte do Rio Grande do Sul, no centro-oeste e sul de Santa Catarina e no oeste do Paraná, onde o tempo já está úmido. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 64 mm sobre Marechal Rondon entre o meio-dia de 13 de maio e meio-dia do dia 14. No mesmo período choveu 40 mm na região de Goioerê. Na quinta-feira, a chuva para sobre o Rio Grande do Sul, o sol reaparece, mas com frio intenso. Deve gear no centro-sul do estado. Em Santa Catarina, a chuva vai diminuindo ao longo do dia, mas esfria muito. Já no Paraná, a quinta-feira deve ser marcada por muita chuva e queda da temperatura.

Confira a previsão das áreas mais prováveis para a ocorrência de temporais

 

 

 

 

 

 

 

Frio e geada

Durante a quinta-feira, o vento frio polar moderado a forte vai aumentar a sensação de frio em todo o Sul. Na sexta-feira, toda a Região amanhece gelada. Mas o frio será muito intenso sobre o Rio Grande do Sul e sobre Santa Catarina. Os dois estados devem ter geadas que podem ser moderadas a forte, com chance de novos registros de temperaturas abaixo de zero. O frio diminui no fim de semana e volta a chover.

Frente fria provoca temporais no Sul, em SP e MS
terça-feira, 1 de janeiro de 2013

O ano de 2013 começou com a entrada de uma frente fria forte sobre o centro-sul do Brasil, causando temporais no Sul, em São Paulo e em Mato Grosso do Sul. As tempestades desta frente fria começaram na fronteira do Rio Grande do Sul com Uruguai no fim da tarde de 31 de dezembro de 2012. A virada para 2013 em Porto Alegre, a capital deste Estado, foi debaixo de muita chuva, raios e ventania. O aeroporto local registrou rajadas de 68 km/h. No oeste de Santa Catarina e do Paraná, o primeiro dia de 2013 amanheceu chuvoso e ventoso. Em Florianópolis, o sol e o calor predominaram, mas as pancadas de chuva da frente fria chegaram na noite desta terça-feira. Em Curitiba, no norte do Paraná e em São Paulo, os efeitos da nova frente começaram a ser sentidos especialmente no fim da tarde e noite de 1 de janeiro de 2013.

Alguns registros de chuvas volumosas e ventos fortes provocados por esta frente fria.

Ventania no RS na noite de 31 de dezembro e madrugada de 1 de janeiro de 2013
Muitas rajadas entre 60 e 100 km/h. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 104 km/h em Quaraí, 95 km/h em São Borja, 91 km/h em S. Miguel do Oeste (SC), 90 km/h em Palmeira das Missões (RS), 112 km/h no Morro da Igreja (SC)

Totais de chuva entre 19 de 31/12/2012 e 19h 1/01/2013 (Inmet – automáticas)
Camacuã: 68mm
S. Maria: 49 mm
Mostardas: 46 mm
Rio Grande: 38 mm
Canguçu: 36 mm
Foz do Iguaçu: 92 mm
Marechal C. Rondon e Goioerê: 55 mm
Dois Vizinhoas: 48 mm
Planalto: 40 mm
Sete Quedas (MS) 71 mm

Pré-frontal  em SP
35ºC em Iguape e Santos
Iguape: 36 mm de chuva entre 17h e 19h
Itapeva: 28,4 mm entre 19h e 20h