Posts com a Tag ‘Goioere’

+ aumentar e diminuir fonte -
Chuva forte em Goioerê (PR)
sábado, 19 de abril de 2014

Fortes áreas de instabilidades que avançam pelo Paraná favoreceram a formação de nuvens carregadas que provocaram chuva forte na cidade de Goioerê, localizada no oeste do Paraná. Na estação automática do Inmet foram acumulados 24,6 mm de chuva entre as 12h e 14h (horário de Brasília).

 

Temporal em Goioerê (PR)
domingo, 12 de janeiro de 2014

Áreas de instabilidade associadas ao avanço de uma frente fria provocaram forte temporal no oeste do Paraná, na região de Goioerê. Segundo as medições do INMET, o acumulado horário de chuva ficou em 17,6mm mas as rajadas de vento foram muito fortes, chegando a 102km/h.

Pancadas de chuva em Goioerê (PR)
domingo, 16 de junho de 2013

Áreas de instabilidade avançam pelo oeste paranaense e provoca pancadas de chuva agora em Goioerê. O volume acumulado na última hora, segundo as medições do INMET, é de 3,2mm. A chuva acompanha atividade elétrica. Todo o sistema deve avançar para região central do estado nas próximas horas.

Chuva e frio no Sul do Brasil
terça-feira, 14 de maio de 2013

O tempo fica mais instável no Sul do Brasil nesta quarta-feira. Uma frente fria se intensifica e provoca muita chuva em grande parte da Região nas próximas 48 horas. Além da chuva, a entrada de uma forte massa polar vai fazer a temperatura cair muito especialmente na quinta e na sexta-feira. As chuvas mais volumosas nesta quarta-feira ocorrem sobre o norte do Rio Grande do Sul, no centro-oeste e sul de Santa Catarina e no oeste do Paraná, onde o tempo já está úmido. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 64 mm sobre Marechal Rondon entre o meio-dia de 13 de maio e meio-dia do dia 14. No mesmo período choveu 40 mm na região de Goioerê. Na quinta-feira, a chuva para sobre o Rio Grande do Sul, o sol reaparece, mas com frio intenso. Deve gear no centro-sul do estado. Em Santa Catarina, a chuva vai diminuindo ao longo do dia, mas esfria muito. Já no Paraná, a quinta-feira deve ser marcada por muita chuva e queda da temperatura.

Confira a previsão das áreas mais prováveis para a ocorrência de temporais

 

 

 

 

 

 

 

Frio e geada

Durante a quinta-feira, o vento frio polar moderado a forte vai aumentar a sensação de frio em todo o Sul. Na sexta-feira, toda a Região amanhece gelada. Mas o frio será muito intenso sobre o Rio Grande do Sul e sobre Santa Catarina. Os dois estados devem ter geadas que podem ser moderadas a forte, com chance de novos registros de temperaturas abaixo de zero. O frio diminui no fim de semana e volta a chover.

Frente fria provoca temporais no Sul, em SP e MS
terça-feira, 1 de janeiro de 2013

O ano de 2013 começou com a entrada de uma frente fria forte sobre o centro-sul do Brasil, causando temporais no Sul, em São Paulo e em Mato Grosso do Sul. As tempestades desta frente fria começaram na fronteira do Rio Grande do Sul com Uruguai no fim da tarde de 31 de dezembro de 2012. A virada para 2013 em Porto Alegre, a capital deste Estado, foi debaixo de muita chuva, raios e ventania. O aeroporto local registrou rajadas de 68 km/h. No oeste de Santa Catarina e do Paraná, o primeiro dia de 2013 amanheceu chuvoso e ventoso. Em Florianópolis, o sol e o calor predominaram, mas as pancadas de chuva da frente fria chegaram na noite desta terça-feira. Em Curitiba, no norte do Paraná e em São Paulo, os efeitos da nova frente começaram a ser sentidos especialmente no fim da tarde e noite de 1 de janeiro de 2013.

Alguns registros de chuvas volumosas e ventos fortes provocados por esta frente fria.

Ventania no RS na noite de 31 de dezembro e madrugada de 1 de janeiro de 2013
Muitas rajadas entre 60 e 100 km/h. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 104 km/h em Quaraí, 95 km/h em São Borja, 91 km/h em S. Miguel do Oeste (SC), 90 km/h em Palmeira das Missões (RS), 112 km/h no Morro da Igreja (SC)

Totais de chuva entre 19 de 31/12/2012 e 19h 1/01/2013 (Inmet – automáticas)
Camacuã: 68mm
S. Maria: 49 mm
Mostardas: 46 mm
Rio Grande: 38 mm
Canguçu: 36 mm
Foz do Iguaçu: 92 mm
Marechal C. Rondon e Goioerê: 55 mm
Dois Vizinhoas: 48 mm
Planalto: 40 mm
Sete Quedas (MS) 71 mm

Pré-frontal  em SP
35ºC em Iguape e Santos
Iguape: 36 mm de chuva entre 17h e 19h
Itapeva: 28,4 mm entre 19h e 20h

 

Safra de milho ameaçada em Goioerê, PR
quinta-feira, 22 de março de 2012

Os produtores de Goioerê, no Paraná, estão preocupados com a safrinha de milho, depois da perda de 40% na safra de soja durante o verão, que foram danificadas por causa da estiagem. A safrinha já está comprometida em 35% pela falta de água e por causa da geada pois as lavouras já estão a mais de 30 dias sem chuva. Agora o milho cresce de forma desigual e irregular, após plantio ser atrasado devido à ausência de precipitações.

Feriado com muita chuva em MS, PR e no Sudeste
segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Feriado com muita chuva em MS, PR E NO SUDESTE

Uma frente fria está se formando entre o Brasil, o Paraguai e a Argentina e nuvens muito carregadas se espalharam sobre o centro-sul do Brasil provocando muita chuva sobre o Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Esta situação já vinha sendo alertada antes do feriadão começar. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia no período em cidades de Mato Grosso do Sul, entre 13 horas do domingo e 13 horas de segunda-feira, 14 de novembro, pelo horário de Brasília, foram acumulados quase 120 milímetros em Sidrolândia, 96 mm em Ivinhema e 83 mm em Amambaí. Em Campo Grande, os temporais começaram na manhã de segunda-feira e em poucas horas o volume de chuva acumulada chegava aos 65 milímetros. Muitas outras cidades do centro-sul e leste de Mato Grosso do Sul acumularam de 40 a 70 milímetros até 13 horas de 14 de novembro. No Paraná, a chuva volumosa caiu especialmente em cidade do centro-oeste e noroeste do Estado. Entre 13 horas do dia 13 e 13 horas de 14 de novembro choveu 81 milímetros em Goioerê, 80 mm em Paranapoema e 73 mm em Icaraíma. Praticamente todo o Estado de São Paulo, o centro-sul do Rio de Janeiro, incluindo as capitais dos dois Estados e o sul de Minas Gerais ficaram com o tempo chuvoso já na noite do domingo e a chuva prosseguiu quase sem trégua pela segunda-feira. O feriado de 15 de novembro será de alerta para chuvas fortes e volumosas nos Estados do Sudeste. As capitais São Paulo, Rio e Janeiro e Belo Horizonte também estão sujeitas a temporais.A chuva diminui no Sul do Brasil e em Mato Grosso do Sul.

Temporais no Sul do Brasil
quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Grandes áreas de instabilidade se formaram ontem sobre o Sul do Brasil espalhando nuvens carregadas sobre os três Estados. Desde ontem, o tempo está muito instável com chuva moderada a forte, raios e ventos por vezes fortes.

Elevados volumes de chuva já eram contabilizados no início da manhã de hoje, especialmente no oeste dos Estados, em localidades próximas das fronteiras com o Paraguai e a Argentina. A seguir, alguns volumes aproximados de chuva registrados pelas estações meteorológicas automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia, entre 9 horas de ontem e 9 horas desta quinta-feira, 13 de outubro.

Estado Cidade Chuva (mm)
RS Frederico Westphalen 131
Santo Augusto 64
Uruguaiana 59
Lagoa Vermelha 56
Erechim 55
Palmeira das Missões 48
Porto Alegre 2
SC S. Miguel do Oeste 122
Xanxerê 80
Curitibanos 57
Joaçaba 57
Dionísio Cerqueira 55
Rio Negrinho 44
Indaial 46
Florianópolis 27
PR Planalto 94
Foz do Iguaçu 74
Clevelândia 29
Inácio Martins 24
Goioerê 23
Curitiba 5

Volumes de chuva em torno dos 50 milímetros, acumulados em 24 horas, já podem ser considerados altos e preocupantes em qualquer lugar. Acumulados de mais 100 milímetros indicam alto potencial de alagamentos na áreas urbanas.

As áreas de instabilidade que estão sobre o Sul do Brasil persistem no decorrer desta quinta-feira e ainda serão reforçadas por uma frente fria que avança pelo litoral da Região nesta sexta-feira. A situação é de alerta nos três Estados até o sábado. Há um alto risco de chuvas volumosas, raios, ventos fortes e até granizo.

Chuva forte no centro-norte do Paraná
sábado, 23 de abril de 2011

Nuvens carregdas de uma frente fria forte começam a se espalhar pelo centro norte do Paraná. Por volta das 14h30, radares mteorológicos detectavam chuva fortena região de Goioerê, Ubiratã e Quarto Centário.. Já estava chovendo na região de Goioerê, Ubiratã e Quarto Centário.

PR: Chuva forte no noroeste do estado
quinta-feira, 31 de março de 2011

Áreas de instabilidade que desenvolvem a noroeste do Paraná avançam para leste e provocam chuva forte agora em Goioere. Segundo as medições do INMET, o volume de chuva registrado na última hora foi de 37,8mm e acumula 40,0mm nas duas últimas horas. A instabilidade continua propagando para leste e deve provocar pancadas de chuva na região norte do estado nas próximas horas.