Posts com a Tag ‘Nordeste’

+ aumentar e diminuir fonte -
Chuva no Nordeste
quarta-feira, 23 de abril de 2014

Uma frente fria chega ao Nordeste no fim desta semana. Esse sistema favorece a formação de nuvens de chuva sobre a faixa leste da Região e ajuda a organizar áreas de instabilidade entre o sul do Maranhão e o noroeste da Bahia entre a sexta-feira, dia 25 de abril, e a segunda-feira, dia 28 de abril. Entre os dias 29 de abril e 03 de maio a atuação desse sistema provoca chuva principalmente no leste de Sergipe, de Alagoas e de Pernambuco.

Confira os volumes de chuva até o dia 28 de abril:

Confira os volumes de chuva entre os dias 29 de abril e 03 de maior:

Calor e pouca chuva no interior do Nordeste
terça-feira, 22 de abril de 2014

Uma grande massa de ar quente está sobre o interior do Nordeste e mantém o tempo firme com sol, calor e umidade baixa à tarde em praticamente todo o interior da Bahia, de Sergipe, de Alagoas, de Pernambuco e da Paraíba. Já no Maranhão, no norte do Piauí e do Ceará, o tempo quente e úmido provoca pancadas de chuva de moderada a forte intensidade, com raios e rajadas de vento. As demais áreas nordestinas, inclusive as capital da costa leste, ficam apenas com previsão de chuva passageira. A tendência é que a chuva aumente, inclusive no interior da Bahia entre a sexta-feira e o sábado com o avanço de uma frente fria e a intensificação de áreas de instabilidade. A imagem em destaque mostra a chuva esperada para a Região nos próximos 5 dias.

 

Feriado com tempo instável no litoral do Nordeste
quinta-feira, 17 de abril de 2014

A meteorologista Josélia Pegorim dá detalhes da previsão para o litoral do Nordeste no feriadão da Páscoa/Tirandentes.

 

Chuva de abril supera a média no sertão do Nordeste
sexta-feira, 11 de abril de 2014

As áreas de instabilidade que crescem sobre o Nordeste desde o começo de abril estão provocando chuva forte também sobre sertão. Choveu tão forte em 11 dias que várias áreas no sertão da Bahia e de Pernambuco já acumularam mais chuva do que a média normal para abril.

Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia, em Petrolina, no sertão de Pernambuco, choveu em 11 dias de abril aproximadamente 160 mm de chuva. A média para abril fica em torno dos 80 mm. A chuva de abril já superou a média em várias áreas do norte da Bahia. A média de chuva norte baiano varia de 90 a 100 mm e já choveu até 150 mm em algumas áreas.

Confira alguns volumes ocorridos comparados com a média para abril

 

 

 

 

 

O mapa mostra a anomalia de chuva (diferença entre a média e o volume real de chuva ocorrido) até 10 de abril. Os tons de azul representam chuva acima da média. A cor quase branca significa chuva na média e os tons de alaranjado ao vermelho indicam chuva abaixo da média.

 

 

 

A previsão para os próximos 15 dias indicam chuva volumosa, com acumulados acima dos 100 mm no período sobre o Maranhão, Piauí e parte do Rio Grande do Norte.

 

 

Muita chuva sobre o Nordeste
quinta-feira, 10 de abril de 2014

As condições meteorológicas sobre o Nordeste estão permitindo a formação de muitas áreas de instabilidade sobre a Região. Nuvens carregadas crescem no interior e no litoral provocando chuva forte. Grandes volumes de chuva voltaram a ser acumulados nas últimas 24 horas em várias áreas da Região.

Nos próximos dias, o tempo vai ficar seco no sul da Bahia, na região de divisa com Minas Gerais. Mas a maioria das áreas do Nordeste vai continuar tendo pancadas de chuva frequentes e que podem ser fortes.

Confira os maiores volumes de chuva registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia entre os dias 9 e 10 de abril de 2014.

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

(mais…)

Atenção Salvador, Aracaju, Maceió, S. Luis e Fortaleza
quarta-feira, 9 de abril de 2014

Áreas de instabilidade crescem sobre o Nordeste e podem provocar chuva forte. A meteorologista Josélia Pegorim alerta para o risco de chuva forte  na região de várias capitais.

Tempestades também no Nordeste
quarta-feira, 9 de abril de 2014

Muitas áreas de instabilidade estão sendo observadas desde o fim de março sobre Nordeste espalhado nuvens carregadas pelo litoral e interior da Região. Nas duas últimas semanas já ocorreram temporais, com grandes volumes de chuva acumulados em todos os estados nordestinos. Os mais recentes ocorreram entre a noite de terça e a madrugada desta quarta-feira sobre Sergipe. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 85 ,2 mm sobre Itabaianinha em apenas 1 hora, entre 22 h e 23 do dia 8 de abril. O acumulado até 7h desta quarta-feira foi de 99 mm.

 

 

 

Entre segunda e terça-feira  sobre o sertão de Pernambuco e norte da Bahia, com 100 a 130 mm de chuva acumulados em 24h na região de Petrolina (PE).  e de Uauá (BA. Estas nuvens passam também sobre Fortaleza, capital do Ceará, e provocam pancadas de chuva com raios.

 

Tempestade no sertão
terça-feira, 8 de abril de 2014

Os níveis de umidade do ar têm estado altos nos últimas semanas em grande parte do Nordeste, facilitando o crescimento de nuvens carregadas que provocam chuva forte e volumosa.

Grandes volumes de chuva foram acumulados sobre o Nordeste neste início de semana. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou mais de 100 mm de chuva entre 8 horas do dia 7 e 8 horas do dia 8 de abril em Petrolina, no sertão de Pernambuco e em Uauá, no sertão da Bahia.  A média de chuva para abril em Petrolina é de aproximadamente 82 mm.  Veja no mapa.

 

As condições meteorológicas no decorrer da semana vão continuar favoráveis a ocorrência de chuva muita chuva por quase todo o Nordeste. Confira a previsão.

Chuva forte no Nordeste
segunda-feira, 7 de abril de 2014

A meteorologista Josélia Pegorim comenta as condições do tempo sobre o Nordeste e alerta para chuva forte nos próximos dias.

Chuva forte sobre o Nordeste
quarta-feira, 2 de abril de 2014

 

 

 

 

 

A semana está sendo marcada por fortes áreas de instabilidade na costa norte do Nordeste. Nuvens bastante carregadas estão se formando na faixa entre a Paraíba, o Ceará e o Maranhão provocando chuva forte e volumosa. A ocorrência destas  áreas de instabilidade em março e abril é comum na parte norte do Nordeste, pois é época da atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). A análise da Climatologia mostra que abril é o mês mais chuvoso do ano em João Pessoa, Natal, Fortaleza e São Luis.

Nesta quinta-feira, estas áreas de instabilidade permanecem ativas e podem provocar chuva forte no norte do Nordeste.