Posts com a Tag ‘Nordeste’

+ aumentar e diminuir fonte -
Feriado com tempo instável no litoral do Nordeste
quinta-feira, 17 de abril de 2014

A meteorologista Josélia Pegorim dá detalhes da previsão para o litoral do Nordeste no feriadão da Páscoa/Tirandentes.

 

Chuva de abril supera a média no sertão do Nordeste
sexta-feira, 11 de abril de 2014

As áreas de instabilidade que crescem sobre o Nordeste desde o começo de abril estão provocando chuva forte também sobre sertão. Choveu tão forte em 11 dias que várias áreas no sertão da Bahia e de Pernambuco já acumularam mais chuva do que a média normal para abril.

Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia, em Petrolina, no sertão de Pernambuco, choveu em 11 dias de abril aproximadamente 160 mm de chuva. A média para abril fica em torno dos 80 mm. A chuva de abril já superou a média em várias áreas do norte da Bahia. A média de chuva norte baiano varia de 90 a 100 mm e já choveu até 150 mm em algumas áreas.

Confira alguns volumes ocorridos comparados com a média para abril

 

 

 

 

 

O mapa mostra a anomalia de chuva (diferença entre a média e o volume real de chuva ocorrido) até 10 de abril. Os tons de azul representam chuva acima da média. A cor quase branca significa chuva na média e os tons de alaranjado ao vermelho indicam chuva abaixo da média.

 

 

 

A previsão para os próximos 15 dias indicam chuva volumosa, com acumulados acima dos 100 mm no período sobre o Maranhão, Piauí e parte do Rio Grande do Norte.

 

 

Muita chuva sobre o Nordeste
quinta-feira, 10 de abril de 2014

As condições meteorológicas sobre o Nordeste estão permitindo a formação de muitas áreas de instabilidade sobre a Região. Nuvens carregadas crescem no interior e no litoral provocando chuva forte. Grandes volumes de chuva voltaram a ser acumulados nas últimas 24 horas em várias áreas da Região.

Nos próximos dias, o tempo vai ficar seco no sul da Bahia, na região de divisa com Minas Gerais. Mas a maioria das áreas do Nordeste vai continuar tendo pancadas de chuva frequentes e que podem ser fortes.

Confira os maiores volumes de chuva registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia entre os dias 9 e 10 de abril de 2014.

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

(mais…)

Atenção Salvador, Aracaju, Maceió, S. Luis e Fortaleza
quarta-feira, 9 de abril de 2014

Áreas de instabilidade crescem sobre o Nordeste e podem provocar chuva forte. A meteorologista Josélia Pegorim alerta para o risco de chuva forte  na região de várias capitais.

Tempestades também no Nordeste
quarta-feira, 9 de abril de 2014

Muitas áreas de instabilidade estão sendo observadas desde o fim de março sobre Nordeste espalhado nuvens carregadas pelo litoral e interior da Região. Nas duas últimas semanas já ocorreram temporais, com grandes volumes de chuva acumulados em todos os estados nordestinos. Os mais recentes ocorreram entre a noite de terça e a madrugada desta quarta-feira sobre Sergipe. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 85 ,2 mm sobre Itabaianinha em apenas 1 hora, entre 22 h e 23 do dia 8 de abril. O acumulado até 7h desta quarta-feira foi de 99 mm.

 

 

 

Entre segunda e terça-feira  sobre o sertão de Pernambuco e norte da Bahia, com 100 a 130 mm de chuva acumulados em 24h na região de Petrolina (PE).  e de Uauá (BA. Estas nuvens passam também sobre Fortaleza, capital do Ceará, e provocam pancadas de chuva com raios.

 

Tempestade no sertão
terça-feira, 8 de abril de 2014

Os níveis de umidade do ar têm estado altos nos últimas semanas em grande parte do Nordeste, facilitando o crescimento de nuvens carregadas que provocam chuva forte e volumosa.

Grandes volumes de chuva foram acumulados sobre o Nordeste neste início de semana. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou mais de 100 mm de chuva entre 8 horas do dia 7 e 8 horas do dia 8 de abril em Petrolina, no sertão de Pernambuco e em Uauá, no sertão da Bahia.  A média de chuva para abril em Petrolina é de aproximadamente 82 mm.  Veja no mapa.

 

As condições meteorológicas no decorrer da semana vão continuar favoráveis a ocorrência de chuva muita chuva por quase todo o Nordeste. Confira a previsão.

Chuva forte no Nordeste
segunda-feira, 7 de abril de 2014

A meteorologista Josélia Pegorim comenta as condições do tempo sobre o Nordeste e alerta para chuva forte nos próximos dias.

Chuva forte sobre o Nordeste
quarta-feira, 2 de abril de 2014

 

 

 

 

 

A semana está sendo marcada por fortes áreas de instabilidade na costa norte do Nordeste. Nuvens bastante carregadas estão se formando na faixa entre a Paraíba, o Ceará e o Maranhão provocando chuva forte e volumosa. A ocorrência destas  áreas de instabilidade em março e abril é comum na parte norte do Nordeste, pois é época da atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). A análise da Climatologia mostra que abril é o mês mais chuvoso do ano em João Pessoa, Natal, Fortaleza e São Luis.

Nesta quinta-feira, estas áreas de instabilidade permanecem ativas e podem provocar chuva forte no norte do Nordeste.

Segunda-feira com temporais no Nordeste
segunda-feira, 31 de março de 2014

Grandes e fortes áreas de instabilidade avançaram do mar para o Nordeste espalhando nuvens muito carregadas sobre o norte da Região. Estas nuvens provocaram chuva muito forte e volumosa em áreas do Rio Grande do Norte, da Paraíba e do Ceará.

 

 

Nas imagens de satélite, as manchas em vermelho indicam nuvens com potencial para provocar chuva forte. No início da animação, pequenos núcleos em amarelo aparecem no litoral do Ceará e indicam nuvens com potencial para tempestade. Essas nuvens passaram sobre Fortaleza.

 

Apenas em Fortaleza, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou aproximadamente 128 mm de chuva entre 7 horas do domingo e 7 horas desta segunda-feira, 31 de março. Porém,mais da metade deste volume, cerca de 70 mm, caiu na madrugada de hoje, entre 1 e 2 horas.

Em Patos, no sertão da Paraíba, o Inmet registrou 120,8 mm entre 7 horas de ontem e 7 horas de hoje, mas quase toda a chuva (96 mm) caiu na noite do domingo entre 20 e 22 horas.

Ainda no interior da Paraíba, em São Gonçalo, choveu 77,8 mm entre 7 horas de ontem e 7 horas de hoje.

Mais chuva hoje

As imagens de satélite mostram que as áreas de instabilidade na costa norte do Nordeste enfraqueceram, mas continuam bastante ativas. A chuva persiste no decorrer do dia e há risco de novos eventos de chuva forte sobre o Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, centro-norte o Piauí e do Maranhão. Pode chover forte e com raios inclusive sobre as capitais São Luís, Teresina, Fortaleza, Natal e João Pessoa.

Chuva e raios sobre o Nordeste
domingo, 30 de março de 2014

Grandes áreas de instabilidade crescem sobre o Nordeste e também avançam do mar espalhando nuvens carregadas que provocam chuva forte. A animação das imagens de satélite mostra o desenvolvimento de vários núcleos destas nuvens. Repare no sistema que cresce rapidamente sobre o norte do Piauí.

 

 

 

No começo da noite do domingo, entre 18h e 19h, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 11,4 mm na região de São Pedro do Piauí. Em Morada Nova choveu 23,2 mm neste período, em Serra Telhada, em Pernambuco, foram acumulados 11,6 mm.

As nuvens que avançam do mar vão passar sobre o Rio Grande do Norte nesta segunda-feira e pode chover forte, com raios. A chance de chover nesta segunda-feira é baixa apenas em Sergipe, Alagoas, no sul e norte da Bahia.

Natal, capital do Rio Grande do Norte e Teresina, capital do Piauí, são as únicas capitais nordestinas que já estão com chuva acima da média em março.  Veja o gráfico com os dados coletados pelo INMET.