Posts com a Tag ‘Nova Friburgo’

+ aumentar e diminuir fonte -
Muita chuva em Nova Friburgo (RJ)
terça-feira, 5 de agosto de 2014

Com a passagem de uma frente fria, nuvens carregadas se formaram sobre a região serrana do Rio de Janeiro. Segundo medições do INMET, entre 05 horas e 14 horas desta terça-feira, choveu 52 milímetros em Nova Friburgo e 27 milímetros em Petrópolis. Ao longo da tarde a chuva para e as nuvens diminuem, e nos próximos dias o tempo fica firme. Vai esfriar bastante na próxima madrugada.

Nova Friburgo (RJ): a cidade mais fria do Brasil hoje
quinta-feira, 31 de julho de 2014

A madrugada desta quinta-feira foi bastante fria em todo o Sudeste do Brasil e as serras de Minas Gerais, de São Paulo e do Rio de Janeiro foram os locais mais frios do Brasil.

Nova Friburgo, cidade da região serrana do Rio de Janeiro, registrou a menor de temperatura do Brasil, pelas medições de órgãos de meteorologia oficiais. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou a temperatura mínima de 1,5°C. Em Campos do Jordão, a temperatura mínima foi de 3,4°C e em Monte Verde, no Sul de Minas, a mínima foi de 3,8°C. No Sul do Brasil, a menor temperatura nesta quinta-feira foi de 8,0°C, em General Carneiro, no sul do Paraná.

No alto do Parque Nacional de Itatiaia, a estação meteorológica instalada a 2451 metros de altitude registrou 3,0°C abaixo de zero.

 

Sol e menos frio

A queda mais acentuada da temperatura na madrugada desta quinta-feira aconteceu por causa da presença de ar polar que ainda influencia o Sudeste e pela diminuição da nebulosidade que ocorreu na madrugada. O ar está secando no Sudeste e menos nuvens se formam sobre o Sudeste.

A madrugada de sexta-feira ainda será fria nas serras do Sudeste e pode gear nas cidades mais elevadas da Mantiqueira.

As temperaturas sobem no fim de semana. As noites ainda serão um pouco frias, mas as tardes ficam cada vez mais agradáveis. Não há mais condições para geada.

Sudeste terá geada e recordes de frio até o fim da semana
terça-feira, 29 de julho de 2014

Recordes de frio nas capitais

O fim de semana passado foi marcado por frio muita umidade e frio no Sudeste do Brasil. O tempo chuvoso e a forte presença do ar polar derrubaram a temperatura. As capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte registram recordes de frio e tiveram as tardes mais frias do ano. A falta do sol e ar polar impediram a elevação da temperatura ao longo do dia.

O ar polar intenso está sobre o mar e se afasta cada vez mais do Brasil no decorrer da semana, o que vai facilitar a elevação da temperatura. Mesmo assim, a Região Sudeste ainda deve terá novos recordes de frio. Desta vez, os recordes devem ser de madrugadas mais frias do ano. Nos próximos o “cobertor de nuvens” vai sair do Sudeste..

Veja os atuais recordes de frio das capitais do Sudeste

 

 

Geada

A sensação de frio persiste à noite, mas as tardes vão ficando cada vez mais quentes. As próximas noites serão mais geladas no Sudeste e há possibilidade de geada nas cidades mais altas da serra da Mantiqueira, na divisa de São Paulo, com o sul de Minas Gerais e o sul do Rio de Janeiro. Mas há uma possibilidade de geada também em cidades serranas fluminenses como Nova Friburgo

Confira a previsão para a Região Sudeste e veja a tendência da temperatura para São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, VitóriaCampos do Jordão, Monte Verde e Nova Friburgo

 

A meteorologista Josélia Pegorim explica porque o Sudeste terá noites mais geladas e possibilidade de recorde de frio.

 

 

Entenda o que é subsidência do ar e inversão térmica

 

Sudeste foi mais frio que o Sul
segunda-feira, 14 de julho de 2014

O Sul e o Sudeste ainda estão sentindo o efeito de uma grande massa de ar polar que está sobre o oceano. É um sistema forte, mas a porção de frio mais intenso está sobre o mar. Assim, o frio entra suavizado no continente.

Mesmo a massa polar estando sobre o oceano, a capital Vitória chegou a registrar recorde de frio na manhã desta segunda-feira (14). O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 18ºC às 06 horas da manhã na estação convencional. O recorde anterior era de 18,5ºC no dia 24 de maio. O frio mais intenso aconteceu em áreas serranas do Sudeste que teve as menores temperaturas do Brasil. Fez 2,3°C em Monte Verde (MG), 3,2°C em Campos do Jordão (SP), 3,6°C em Caldas (MG) e 4°C em Nova Friburgo (RJ), segundo medições do INMET.

As próximas madrugadas ainda serão frias no Sudeste, porém as temperaturas devem subir gradativamente durante às tardes, que vão ficando mais agradáveis ao longo da semana. Mas o frio não irá embora de vez, vem vindo aí outra massa polar. Confira com a meteorologista Josélia Pegorim quando este sistema começa influenciar o Brasil e qual o seu efeito sobre o país.

Queda de temperatura em Nova Friburgo (RJ)
segunda-feira, 14 de julho de 2014

A estação automática do INMET de Nova Friburgo na região serrana do estado do Rio de Janeiro registra temperatura amena com 7,3 graus na última observação. Este valor é cerca de 5,5 graus inferior em relação ao observado no dia anterior no mesmo horário.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Queda de temperatura em Nova Friburgo (RJ)
domingo, 15 de junho de 2014

A estação automática do INMET de Nova Friburgo na região serrana do estado do Rio de Janeiro registra temperatura de 8,5 graus na última observação, valor cerca de 6 graus infeior em relação ao observado no dia anterior no mesmo horário. O vento está praticamente calmo e a umidade relativa é de 97%.

Tempo no Jogo, o canal da Climatempo na Copa 2014. De olho na bola e no tempo!

Frio abaixo de 10°C no RJ
terça-feira, 3 de junho de 2014

Todo o Estado do Rio de Janeiro fica mais frio nesta quarta-feira e o dia deve amanhecer com temperaturas até abaixo dos 10°C nas cidades serranas. Por volta das 21 horas de terça-feira, conforme medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura na região de Nova Friburgo estava pouco abaixo dos 12°C, com tendência de queda.

Há possibilidade de recorde de frio na cidade do Rio. Pela medição o Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura de 2014 até agora foi de 12°C, em 29 de abril. Após a passagem de uma frente fria, o ar polar ainda está sendo sentido no Sudeste do Brasil.

 

 

 

 

 

A presença do ar polar combinado com a tendência de diminuição da nebulosidade na madrugada de quarta-feira vão deixar o ar mias frio.

Acompanhe a previsão para a Região Sudeste para os próximos dias, pois há expectativa da chegada de nova frente fria.

Quer saber como vai ficar o tempo no Rio de Janeiro durante a Copa?

Madrugada muito fria no Sudeste
segunda-feira, 12 de maio de 2014

O ar polar que se espalhou pelo Sudeste do Brasil no fim de semana ainda está atuando sobre  Região e fez com que madrugada da segunda-feira fosse gelada. Temperaturas abaixo dos 4°C foram registradas nas regiões mais elevadas. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 3,7°C em Campos do Jordão, em São Paulo, 3,7°C em Monte de Verde, no sul de Minas Gerais e a mesma temperatura foi observada em Nova Friburgo, no Estado do Rio de Janeiro.

 

O frio vai continuar e a madrugada de terça-feira poderá ser até mais fria do que a de hoje. O ar polar diminui a temperatura e a também o nível de umidade. A semana segue sem condições de chuva em praticamente todo o Sudeste. Os dias de sol serão marcados por noites frias, mas tardes com temperaturas agradáveis. Atenção com o nevoeiro nas estradas e aeroportos.

Chuva deixa Região Serrana do RJ em atenção
segunda-feira, 14 de abril de 2014

Uma frente fria chegou ao Rio de Janeiro e mudou completamente o tempo nesta segunda-feira espalhando nuvens carregadas e chuva por quase todo o estado. A região serrana fluminense está debaixo de chuva desde a madrugada e que se intensificou pela manhã. Grandes volumes de chuva foram acumulados elevando o nível de vários rios de forma preocupante especialmente na região de Nova Friburgo. Por volta das 14 hora, o INEA – Instituto Estadual do Ambiente – ainda mantinha os rios Cônego e Bengalas e o Córregos D´Antas em situação de “alerta máximo” pois a chuva continuava e há o perigo de transbordamento.

A Defesa Civil de Nova Friburgo está atenta. Em entrevista à Climatempo, o Coronel Mori explica a situação atual e também avisa que a população de Nova Friburgo já pode se cadastrar por SMS para receber alertas de perigo. O serviço é gratuito.

 

 

 

 

 

Chuva continua

A frente fria que trouxe chuva de volta para a região serrana do Estado do Rio de Janeiro está com lento deslocamento. A chuva vai persistir também nesta terça-feira. Assim, o solo vai ficando mais encharcado e o risco deslizamento não pode ser descartado.

A chuva diminui a partir da quarta-feira e até lá a temperatura segue baixa.

Confira os maiores volumes de chuva registrados pelo INEA entre 13h45 de 13/4/2014 e 13h45 de 14/4/2014.

 

 

(mais…)

Rio de Janeiro esquenta depois do recorde de frio
segunda-feira, 7 de abril de 2014

Frio no Rio de Janeiro

A semana começou com queda temperatura no Estado do Rio de Janeiro. Apesar das tardes quentes, as noites ficaram frias e houve até recorde de frio na capital. A madrugada do domingo, 6 de abril, foi a mais fria do ano na cidade do Rio, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. A temperatura chegou aos 16,8°C no bairro do Alto da Boa Vista. Nesta segunda-feira, a temperatura mínima nas áreas mais frias subiu para marcas em torno dos 18°C e chegou a quase 32°C à tarde.

No interior, a cidade de Nova Friburgo, na região serrana fluminense, teve a menor temperatura do país nesta segunda-feira: 7,2°C, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

 

Ar seco afasta a chuva

Tem chovido muito pouco no Grande Rio desde o começo do ano e estes primeiros dias de abril seguem a mesma tendência. Não há nenhuma frente fria prevista para chegar à região até a sexta-feira e para diminuir ainda mais a chance de chover, uma grande sistema de alta pressão atmosférica ganhou força sobre o Sudeste. O aumento da pressão do ar diminui a umidade, o que reduz a chance de formação das nuvens de chuva.