Posts com a Tag ‘Ribeirão Preto’

+ aumentar e diminuir fonte -
Muito calor em Ribeirão Preto (SP)
sexta-feira, 23 de setembro de 2011

A primeira manhã de primavera está terminando muito quente em Ribeirão Preto, no norte de São Paulo. Às 12 horas, o aeroporto local já registra 38ºC e a tendência é de esquentar mais nas próximas horas. A ar-umido do ar é de 21%.

Chuva em Ribeirão Preto – SP
quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O avanço de uma frente fria pelo litoral do Sudeste aumentou a quantidade de nuvens também no norte de SP. Em Ribeirão Preto chove fraco e a temperatura é de 23 graus.

Rajadas de vento em Ribeirão Preto – SP
quarta-feira, 21 de setembro de 2011

A frente fria que avança pelo Estado de São Paulo favorece a ocorrência de rajadas de vento em Ribeirão Preto neste fim de tarde. No aeroporto Leite Lopes são observadas rajadas de até 52 km/h. A direção do vento é oeste/sudoeste.

Sol e calor intenso em Ribeirão Preto – SP
quarta-feira, 21 de setembro de 2011

A massa de ar seco e quente que ainda cobre o norte de São Paulo determina uma tarde de sol forte, calor e baixa ar-umido em Ribeirão Preto. No momento os termômetros registram 35 graus no aeroporto Leite Lopes. A ar-umido relativa do ar está em torno de 21%.

Ribeirão Preto (SP): pancadas de chuva e rajada de vento
quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Depois de um calorão de até 36ºC e com o aumento de ar-umido que ocorreu hoje em Ribeirão Preto, nuvens carregadas cresceram sobre a região. A tarde desta quarta-feira está terminando com pancadas de chuva e raios. O aeroporto local registrou uma rajada de 55 km/h às 17 horas.

Ar Úmido aumentou em parte do Sudeste
segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Ar Úmido aumentou em parte do Sudeste

A passagem de uma frente fria pelo litoral do Sudeste aumentou a ar-umido em muitas áreas da Região. Hoje, a frente fria está passando pelo Espírito Santo e deixa o tempo úmido em todo o Estado e também no Rio de Janeiro. A ar-umido da frente fria também se espalhou pela na zona da mata mineira, pelos vale do Rio Doce e sobre o vale do Jequitinhonha. A região de Juiz de Fora, na zona da mata mineira, estava nublada e com chuviscos pela manhã.

Belo Horizonte: mais ar-umido e recorde de calor

Até mesmo a região da Grande Belo Horizonte está sentindo o ar mais úmido dos ventos provocados pela frente fria. A capital mineira teve recorde de calor no fim de semana, com temperatura de 33,8ºC na tarde de sábado, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Ontem, ainda com o ar seco predominando sobre a cidade, o aeroporto de Pampulha registrou até 13% de ar-umido no ar, um valor muito baixo e quase no “estado de emergência”, pelos padrões da Organização Mundial da Saúde. Por volta das 9 horas da manhã, o Pampulha registrava 64% de ar-umido no ar, contra 36% no mesmo horário de ontem.

Na tarde e noite de hoje são esperadas algumas pancadas de chuva sobre a Grande Belo Horizonte e também no sul de Minas Gerais, outra região do Sudeste onde o tempo esteve muito quente e seco até o fim da semana passada.

Norte de SP teve chuvas fracas

O norte e o oeste de São Paulo estavam entre as áreas mais secas e quentes do Sudeste na semana passada. O calor chegou variou de 36ºC a 39ºC e os níveis de ar-umido ficaram abaixo dos 10% durante várias horas na semana passada. Em Presidente Prudente, a ar-umido do ar baixou até para 6% no dia 8 de setembro. Na sexta-feira choveu quando a frente fria que hoje está no Espírito Santo chegava ao oeste de São Paulo.

Durante o fim de semana, esta frente fria aumentou a ar-umido e diminuiu o calor no norte de São Paulo e várias áreas tiveram chuva. Choveu fração em localidades como São José do Rio Preto, Ituverava, Ribeirão Preto e Franca. Porém, diante do quadro de ressecamento anterior, a chuva que ocorreu deu apenas um breve alívio. Para a agricultura, o aumento de ar-umido observado não foi suficiente para que os novos plantios sejam feitos. Hoje, o norte de São Paulo ainda poderá ter um pouco de chuva.

Tempo úmido também na Grande SP

Após a passagem de uma frente fria no fim de semana, o tempo também ficou úmido na Grande São Paulo, embora tenha chovido muito pouco. A segunda-feira segue com muitas nuvens e temperatura amena. Pode garoar no fim da tarde e à noite. A terça-feira deve amanhecer com névoa e muita ar-umido na região, mas a previsão é de que o sol reapareça forte ainda de manhã e ocorra um rápido aquecimento. A tarde de manhã será com sensação de calor.

Nova frente fria chega amanhã ao Sudeste

Outra frente fria chega amanhã ao litoral de São Paulo devendo ter rápido deslocamento pelo litoral da Região. A passagem desta frente fria provoca chuva no Rio de Janeiro e leste de São Paulo na quarta-feira e na quita-feira fecha o tempo no Espírito Santo. A ar-umido desta frente fria deve ficar concentrada nas áreas do Sudeste que ficam próximas ao mar e desta vez não há expectativa de chuvas em áreas como Belo Horizonte, o norte de Minas e de São Paulo.

Interior paulista já sente influência da frente fria
sexta-feira, 9 de setembro de 2011

A frente fria que estava no Sul do Brasil conseguiu quebrar o bloqueio do ar seco e está avançando pelo centro-sul do País. O tempo já mudou em toda a porção centro-oeste do Estado de SP. A semana toda foi de tempo muito quente e muito seco em várias cidades da região. Em Presidente Prudente, em Bauru e em São José do Rio Preto, ontem a temperatura chegou aos 37ºC na região dos aeroportos, e as três cidades entraram em estado de emergência por causa da ar-umido do ar, que ficou abaixo de 10%.

Hoje a população de Presidente Prudente já sentiu uma grande diferença no tempo. O dia já começou com muitas nuvens na região e a ar-umido do ar está bem mais elevada. Ao meio dia a ar-umido era de 88%, enquanto ontem era 12% neste mesmo horário. A temperatura ao meio dia era de 20ºC, contra os 35ºC de ontem, neste horário.

Na região central e no norte paulistas o dia ainda foi de bastante sol, mas a população também já sentiu os efeitos da aproximação da frente fria. Na tabela abaixo está a comparação da ar-umido relativa do ar (URA) e das temperaturas entre ontem e hoje, no horário do meio dia.

Cidade Ontem (meio dia) Hoje (meio dia)
Bauru 32ºC / 27% URA 28ºC / 42% URA
S. J. do Rio Preto 33ºC / 13% URA 29ºC / 35% URA
Ribeirão Preto 36ºC / 20% URA 32ºC / 33% URA
Rajadas de noroeste em SP
quinta-feira, 8 de setembro de 2011

O deslocamento de uma frente fria sobre o Sul do Brasil força a intensificação do vento da direção noroeste no Estado de São Paulo. As rajadas já superaram os 40 km/h em várias áreas do Estado. Às 14 horas, os aeroportos de Ribeirão Preto e de Pirassununga registraram rajadas de 46 km/h. No aeroporto Viracopos, no mesmo horário, a rajada foi de 41 km/h. Na capital, o vento de noroeste também ganhou força. Uma rajada chegou aos 33 km/h o Campo de Marte, às 14 horas. O aumento da velocidade do vento de noroeste é um dos índicios de que a frente fria avança em direção a São Paulo.

Calorão em Ribeirão Preto
quarta-feira, 7 de setembro de 2011

A tarde deste feriado de 7 de setembro começou muito quente em Ribeirão Preto, no norte de São Paulo. Ao meio-dia, o aeroporto local registrava 36ºC, um grau a mais do que ontem no mesmo horário. A temperatura ontem bateu nos 38ºC.

Ribeirão Preto (SP): ar muito seco e estado de alerta/ Triângulo Mineiro em emergência
terça-feira, 6 de setembro de 2011

A população de Ribeirão Preto, no norte de São Paulo, vive mais um dia muito quente e seco. A terça-feira amanheceu fresca, com temperatura de até 13 ºC na região do aeroporto local. Mas às 10 horas o calor já era de 29ºC e ao meio-dia o termômetro marcava 35ºC neste local da cidade. A ar-umido relativa do ar ao meio-dia era de apenas 16%, valor que caracteriza o “estado de alerta” (12% a 20%), pelos padrões da Organização Mundial da Saúde. Mas a tendência é de que o ar esquente um pouco mais nas próximas horas, o que vai aumentar a evaporação deixando o ar ainda mais seco. Ribeirão Preto poderá entrar hoje no “estado de emergência” pelo ar seco demais, que é determinado por níveis de ar-umido menores do que 12%.

Triângulo Mineiro em emergência

A região do Triângulo Mineiro, vizinha do norte de São Paulo, também está tendo mais um dia extremamente seco. Os níveis de ar-umido observados hoje são ainda menores do que no norte de São Paulo. Por volta das 10 horas, o aeroporto de Uberaba já registrava apenas 18% de ar-umido no ar, ou seja, um “estado de alerta”. Ao meio-dia, o nível de ar-umido baixou para 7% caracterizando o “estado de emergência”, pelos padrões da OMS. Em Uberlândia, a ar-umido relativa do ar ao meio-dia chegava aos 11%.

Tanto o Triângulo como o norte de São Paulo permanecem dentro desta massa de ar muito seca e quente no feriado de 7 de setembro. A população deve evitar esforços físicos e recomenda-se aumentar a hidratação da pela e também a ingestão de mais líquidos para compensar a secura do ar. Os níveis de ar-umido tendem a aumentar a partir de sexta-feira, quando a chegada de uma frente fria de moderada a forte ao Estado de São Paulo.