Posts com a Tag ‘três lagoas’

+ aumentar e diminuir fonte -
Temporal com vento de 75 km/h em Três Lagoas (MS)
quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Nuvens muito carregadas formadas pelo tempo quente e úmido estão espalhadas pelo leste de Mato Grosso do Sul neste final de tarde de quarta-feira. Em Três Lagoas houve um temporal, com muitos raios e com rajadas de vento de 75 km/h. O INMET registrou cerca de 19 mm de chuva em apenas 1 hora.

Chuva em Três Lagoas (MS)
segunda-feira, 20 de outubro de 2014

A estação automática do INMET de Três Lagoas no estado de Mato Grosso do Sul registra chuva com acumulação horária de 9,8mm na última observação. O volume acumulado de chuva nas últimas duas horas é de 17,2mm.

BH, Brasília e Goiânia: novos recordes de calor à vista
quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Esta semana de outubro está repleta de recordes de calor. É provável que tenhamos hoje  novos recordes em Brasília, em Goiânia e em Belo Horizonte. Estas três capitais já tiveram ontem a tarde mais quente de 2014.

No aeroporto de Goiânia, a temperatura às 13 horas era de 36°C igual a de ontem neste mesmo horário. A umidade realtiva do ar estava em 13%. Mas em outro local da cidade,  o Instituto Nacional de Meteorologia registrava 39,1°C e ontem a esta hora, a temperatura estava em 37,5°C.

Em Belo Horizonte, o aeroporto da Pampulha estava com 36°C, à 1 hora da tarde, e ontem a esta hora estava com 35°C. O nível de umidade do ar era de apenas 16%A temperatura máxima de ontem neste local foi de 36°C.

Em Brasília, o aeroporto JK estava com 35°C, à 1 hora da tarde, um grau acima do registrado ontem a esta hora.

Sem a perspectiva de chuva, da entrada de ar polar e com o sol forte nas próximas horas, a temperatura deve subir mais e novos recordes poderão ocorrer nesta tarde.

 

Brasil acima dos 40°C

Calor de 40°C ou mais é comum nesta época em estados como o Tocantins, no interior do Nordeste, no Pará e em Mato Grosso. Mas muitas áreas do Sudeste, do Centro-Oeste e o Paraná estão enfrentando esta semana uma onda de calor fazendo com que as temperaturas fiquem muito acima do normal.

O Estado de Mato Grosso tem sido o estado mais quente do Brasil nos últimos dois dias, com temperaturas acima dos 41°C. Ontem, a cidade de Três Lagoas registrou 41,9°C, a mais alta do país pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

Às 14 horas desta quarta-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia registrava 42,0°C em Três Lagoas (MS), 41,4°C em Coxim (MS), 40,3°C em Porto Murtinho (MS), em Água Clara (MS) e em Miranda (MS). São Romão (MG) estava com 40,0°C.  Fez 40,3°C em Barretos (SP) às 13 horas. O aeroporto de Barra do Garças, em Mato Grosso, registrava 40,0°C nesta hora. A temperatura sobe mais nas próximas horas em todos estes locais.

 

 

Temperaturas registradas em 14 de outubro de 2014

 

 

Quando o calor vai diminuir?

Centro-Oeste terá muita chuva nos próximos dias
terça-feira, 10 de dezembro de 2013

A combinação de ar úmid0 e quente com a circulação dos ventos nos altos níveis da atmosfera geram grandes e fortes áreas de instabilidade sobre o Centro-Oeste do Brasil nos próximos dias. Todos terão vários eventos de chuva forte e volumosa  nos próximos dias, porém a maior quantidade de chuva deve ser acumulada sobre Goiás.

Na tarde desta terça-feira, 10 de dezembro de 2013, nuvens muito carregadas passaram sobre Três Lagoas, cidade de Mato Grosso do Sul na divisa com São Paulo. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 111 mm de chuva acumulados em 6 horas de chuva. A média chuva para dezembro é de aproximadamente 200 mm. Em 6 horas choveu metade do que normalmente chove durante todo o mês de dezembro.

A animação das imagens de satélite mostra o deslocamento das nuvens de chuva forte (tons de vermelho) passando sobre Três Lagoas.

Ainda há risco de chuva forte para esta quarta-feira, mas a tendência é de diminuição da chuva especialmente no sul do estado. Confira a previsão para o Mato Grosso do Sul.

Veja o volume de chuva estimado para os próximos dias para a Região Centro-Oeste

Chuva forte no estado de São Paulo
terça-feira, 11 de dezembro de 2012

No momento chove e há risco de temporais em Avaí, Bauru, Pirajuí e Reginópolis. Pode ocorrer queda de granizo em Amparo, Brasilândia e Três Lagoas.

Informações do IPMET/UNESP

Calor intenso no Sudeste e no Centro-Oeste
domingo, 21 de outubro de 2012

Rio de Janeiro e Cuiabá podem registrar mais de 41ºC neste início de semana e bater o recorde de calor do ano

 

Depois da forte queda da temperatura no feriado de 12 de outubro em grande parte do Sudeste e em Mato Grosso do Sul, o ar esquentou muito no Sudeste e no Centro-Oeste. Durante o fim de semana, as temperaturas à tarde atingiam valores de até 36ºC no norte de São Paulo, quase 40ºC em áreas de Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso e valores próximos das 37ºC no Rio de Janeiro e em Minas Gerais.

Confira alguns valores de temperatura máxima registrados neste domingo sábado, 21 de outubro, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia:

Corumbá (MS): 39,2ºC

Porto Estrela (MT): 38,8ºC

Cuiabá (MT): 38,5ºC

Cáceres (MT): 38,7ºC (sábado)

Diamantino (MT): 38,3ºC (sábado)

Goiás (GO): 38,1ºC (sábado)

Três Lagoas (MS): 37,6ºC

Rio de Janeiro (RJ): 36,9ºC

Montalvânia (MG): 36,8ºC

Ituiutaba (MG): 36,3ºC

Ribeiro Preto (SP/aeroporto): 36ºC

Por enquanto, o ar polar está bloqueado no sul da Argentina e não consegue chegar ao Brasil. O Sudeste e o Centro-Oeste vão esquentar mais neste início de semana. Apesar da previsão de pancada de chuva a partir da tarde, o sol aparece forte durante muitas horas na maioria das áreas das duas Regiões, garantindo um grande aquecimento do ar. Os ventos quentes vindos do Norte do país vão ajudar a elevar os termômetros. É possível que até a próxima terça-feira, a temperatura alcance marca em torno dos 41ºC em Cuiabá e no Rio de Janeiro, com chance de novos recordes de calor para 2012. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, até agora, a maior temperatura deste ano no Rio de Janeiro foi de 41,2ºC, em 19 de setembro, e em Cuiabá, de 41,3ºC, em 4 de setembro.

Uma frente fria está se formando no Sul e partir da tarde de terça-feira aumenta o risco de chuva forte em parte do Sudeste e no Centro-Oeste.

Chuva forte e volumosa em Três Lagoas (MS)
terça-feira, 25 de setembro de 2012

Uma forte área de instabilidade cresceu entre Mato Grosso do Sul e São Paulo, estimulada por uma frente fria que está avançando no Sul do Brasil. Essas instabilidades formaram nuvens muito carregadas, que estão provocando chuva forte entre o noroeste de SP e o nordeste de MS. Em Três Lagoas, cidade de MS, perto de Ilha Solteira em SP, está chovendo forte e com raios. Segundo informações do INMET, entre 10h e 13h, a chuva acumulou 50,4 milímetros. A média climatológica de chuva no mês de setembro é de 65,3 mm na cidade.

Mais chuva em Mato Grosso do Sul
quinta-feira, 21 de junho de 2012

O inverno começou com o tempo muito instável em Mato Grosso do Sul, devido a influência de uma frente fria. No início desta semana choveu muito  no sul do Estado e, de ontem para hoje, a chuva avançou para as outras áreas.

De acordo com os dados das estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia, entre 7 horas da manhã de ontem e 7 horas da manhã desta quinta-feira (horário local), foram acumulados 46 mm em Água Clara, 49 mm em Miranda, 52 mm em Sidrolândia e 55 mm em Três Lagoas e em Campo Grande.

No início da manhã o aeroporto de Campo Grande registrava chuva forte acompanhada de descargas elétricas. A temperatura estava em torno de 18°C.

Ao longo desta quinta-feira há condições para mais chuva em Mato Grosso do Sul e, com exceção do sul  do Estado, ainda há risco para chuvas fortes.

Amanhã, o sol aparece entre muitas nuvens no sul do Estado e o tempo fica firme. Na capital e nas demais áreas, ainda pode chover fraco nessa sexta-feira, principalmente pela manhã. No decorrer do dia ocorrem períodos de sol.

Chuva forte no leste de MS avança para o oeste de SP
domingo, 6 de novembro de 2011

Radares meteorológicos detectam áreas de chuva moderada a forte que passam sobre Anaurilândia, Bataguassu, Santa Rita do Pardo,Brasilândia, Três Lagoas e Selvíria, em Mato Grosso do Sul. Estas áreas de chuva avançam para São Paulo nas próximas horas atingindo cidades às margens do rio Paraná.

Chuva em Mato Grosso do Sul
quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Nuvens carregadas cresceram na divisa de Mato Grosso do Sul com São Paulo e Goiás. Várias áreas de chuva são observadas nesta parte do Estado. Por volta das 15 h, radares meteorológicos detectavam chuva moderada a forte sobre Três Lagoas e Inocência.