Posts com a Tag ‘vento forte’

+ aumentar e diminuir fonte -
Vento forte em Joaquim Távora (PR)
segunda-feira, 28 de julho de 2014

A estação automática do INMET de Joaquim Távora no nordeste do estado do Paraná registra vento forte com rajadas de 59km/h. O vento sopra de leste, a temperatura é de 14,4 graus e umidade relativa, 80%.

Chuva no Grande no Rio continua até a noite
domingo, 27 de julho de 2014

As áreas de instabilidade de uma frente fria, que já estavam sobre o Rio de Janeiro, começaram a ser reforçadas no fim da manhã deste domingo. A chegada de uma outra frente fria, que tecnicamente já estava sendo esperada para hoje, intensificou os ventos marítimos. A base militar de Santa Cruz registrou rajadas de 57 km/h ao meio-dia. Pode ventar forte no decorrer da tarde em outras áreas do Grande Rio e há risco de raios.

 

 

As áreas de instabilidade vão persistir pela tarde e noite. A chuva cai moderada a forte em algumas horas, em várias regiões do Grande Rio. Pela medição do Alerta Rio – Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, choveu quase 26 mm sobre a Rocinha entre 12h35  e 13h25, o que tecnicamente é muita chuva para o período de 1 hora. A temperatura segue baixa.

Acompanhe a chuva sobre o Grande Rio pelo Radar RJ

O tempo fica menos instável nesta segunda-feira. O Grande Rio ainda terá um dia nublado, com chuva, mas de fraca intensidade. A temperatura continua amena. O sol reaparece no Rio só a partir de terça-feira.

Confira a previsão para a cidade do Rio de Janeiro. A semana deve terminar recorde de frio na madrugada e tarde quente.

Vento forte em Chuí (RS)
sábado, 26 de julho de 2014

A estação automática do INMET de Chuí no extremo sul do estado do Rio Grande do Sul registra vento forte com rajadas de 40km/h. Rajadas superiores a 40km/h persistem há 7 horas na região.

Frente fria se espalhando pelo Sudeste e Centro-Oeste
quinta-feira, 24 de julho de 2014

Uma forte frente fria está avançando pelo País e espalha muitas nuvens carregadas pelas Regiões Sudeste e Centro-Oeste nesta quinta-feira. O sistema frontal já provocou chuva generalizada acompanhada de ventos moderados a fortes em São Paulo e em Mato Grosso do Sul. Ao longo da tarde e durante a noite as nuvens pesadas se espalharam também por Mato Grosso, centro-sul de Goiás, Triângulo Mineiro,  sul de Minas Gerais e centro-sul do Rio de Janeiro. Até o final da noite e ao longo da madrugada da sexta-feira (25) os núcleos de chuva começam a se intensificar em áreas do Grande Rio e Região Serrana do RJ, da Grande Belo Horizonte e Zona da Mata mineira e também na região de Goiânia.  Para a sexta-feira a previsão é de tempo instável com pancadas de chuva que ainda podem ser fortes e vir acompanhadas de rajadas de vento em todo o estado de Goiás, no centro-sul e leste de Minas, no Rio de Janeiro e no centro-sul do Espírito Santo. Volta a chover a partir da tarde na região do Distrito Federal.  A instabilidade ainda deve persistir também durante o fim de semana e são esperadas mais pancadas de chuva em quase todos os Estados como podemos verificar na imagem em destaque (previsão para os próximos 5 dias). A sequencia de imagens abaixo mostra as manchas coloridas (que representam as nuvens em diferentes alturas na atmosfera) se espalhando desde o estado do Rio de Janeiro até Mato Grosso.

 

Frente fria levantou poeira em Mato Grosso

A foto em destaque (clicada por Joyce Paiva) mostra a nuvem de poeira gerada pela intensificação do vento na região de Sorriso (MT) durante a tarde com o avanço do sistema frontal por Mato Grosso.  O INMET já registrou chuva fraca a moderada até mesmo em cidades do centro-norte do Estado, como por exemplo em Sorriso e em Sinop.

 

 

 

 

Rio de Janeiro: calor antes da virada
quarta-feira, 23 de julho de 2014

A presença de uma forte massa de ar seco garantiu uma quarta-feira (23) de tempo ensolarado, com um pouco de calor e umidade baixa na cidade do Rio de Janeiro. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) a temperatura máxima chegou a 29,6°C na Vila Militar, na zona oeste carioca. Por volta de 15h a umidade relativa do ar era de 28% no aeroporto Tom Jobim, na zona norte da capital. Este valor já representa uma situação de atenção segundo os padrões da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

O predomínio da cor preta indica total ausência de nuvens, o que pode ser observado em praticamente todo o litoral do Rio de Janeiro, inclusive sobre o Grande Rio.

 

Semana termina com virada do tempo

A quinta-feira ainda será de tempo aberto no Rio. O sol aparece forte desde cedo e esquenta rapidamente ainda pela manhã devido à aproximação de uma frente fria. Os ventos moderados a fortes soprando de forma constante do quadrante norte facilitam a elevação da temperatura. A máxima prevista é de 33°C.

Esta frente fria provoca aumento de nebulosidade ao longo da tarde e algumas pancadas de chuva durante a noite. As rajadas de vento podem ficar entre 50 e 70 km/h no decorrer do dia. Na sexta-feira o tempo muda de vez com o avanço do sistema frontal. O céu fica nublado, chove a qualquer hora e a temperatura cai bastante. Confira como vai ficar a temperatura no Rio nos próximos dias.

 

Chuva, raios e rajadas de vento em Maringá (PR)
quarta-feira, 23 de julho de 2014

Áreas de instabilidade associadas a uma frente fria estão espalhadas pelo norte do Paraná nesta tarde de quarta-feira. Em Maringá, o tempo está carregado, com chuva, raios e trovoadas. Agora faz 19 graus no aeroporto local, onde a as rajadas de vento chegam a 50 km/h.

Ventania na Região Sul
terça-feira, 22 de julho de 2014

A aproximação de uma frente fria não trouxe somente chuva para a Região Sul do Brasil, vieram também os ventos fortes que são registrados em diversos municípios ao longo da terça-feira (22). As rajadas de vento passaram dos 50 km/h em diversos municípios, em algumas cidades tivemos até mesmo rajadas superiores aos 60 km/h.

Maiores rajadas de vento em 24h segundo o INMET

E a ventania não para! O avanço de novas áreas de instabilidade vão incentivar o desenvolvimento de novas nuvens carregadas sobre todo a Região Sul do Brasil. A formação de nuvens do tipo Cumulonimbus (Cb) geralmente vem acompanhadas de rajadas de vento forte e também de temporais. Tem previsão de chuva pelo menos até a quarta-feira (23). Na quinta-feira (24) as instabilidades se afastam em direção ao Sudeste e a chuva tende a enfraquecer no Sul, assim como o vento.

Canguçu-RS com rajadas de vento forte
terça-feira, 22 de julho de 2014

A aproximação de áreas de instabilidade já provocam rajadas de vento forte em algumas cidades do Rio Grande do Sul. O município de Canguçu já registra ventos de até 55 km/h, segundo informações da estação automática do INMET. Ao longo do dia, novas áreas de instabilidade avançam sobre o Estado gaúcho, o que mantém a condição de chuva e o risco elevado para temporais.

Tufão Matmo avança para Taiwan
segunda-feira, 21 de julho de 2014

Um novo tufão se formou sobre a faixa oriental do Pacífico Equatorial. O sistema batizado como Matmo evoluiu no último final de semana de tempestade tropical para tufão. Segundo informações meteorológicas, o centro de baixa pressão tem 965 hPa, as rajadas máximas são de 180 km/h e ele se desloca para noroeste com uma velocidade de 23 km/h.

Com esta intensidade, o sistema poderia ser classificado na escala Saffir-Simpson como um furacão de categoria 1. Há previsão de que o tufão ganhe ainda mais força e atinja Taiwan ainda nesta semana. Principalmente o norte do país deverá sofrer com os fortes rajadas de vento e temporais.

Vento forte em Bagé (RS)
segunda-feira, 21 de julho de 2014

A estação automática do INMET de Bagé no sul do estado do Rio Grande do Sul registra vento forte com rajadas de 35km/h na última observação horária. O vento sopra de norte-nordeste, e rajadas superiores a 35km/h persistem há duas horas.