Posts com a Tag ‘vento forte’

+ aumentar e diminuir fonte -
Chuva, raios e vento forte na Grande Porto Alegre (RS)
quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Fortes áreas de instabilidade avançam pelo leste do Rio Grande do Sul e espalham nuvens muito carregadas pela Grande Porto Alegre neste começo de noite de quinta-feira. Em Canoas há registro de chuva, raios e rajadas de vento de 40 km/h. Na capital, o aeroporto Salgado Filho registra rajadas de vento de até 50 km/h.

Chuva, raios e rajadas de vento em Chapecó (SC)
quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Nuvens carregadas formadas pelo tempo quente e úmido estão espalhadas pelo oeste de Santa Catarina neste final de tarde de quinta-feira. Em Chapecó há registro de chuva, raios e trovoadas. No aeroporto local as rajadas de vento chegam a 55 km/h e a temperatura está em torno de 28 graus no momento.

Chuva, raios e vento forte em Cuiabá (MT)
quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Nuvens carregadas formadas pelo tempo quente e úmido estão espalhadas por Mato Grosso nesta tarde de quinta-feira. Em Cuiabá há registro de chuva, raios e trovoadas. No aeroporto Marechal Rondon as rajadas de vento chegam a 68 km/h e a temperatura está em torno de 27 graus.

Chuva, raios e vento forte em Goiânia (GO)
quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Áreas de instabilidade formadas pelo tempo quente e úmido estão espalhadas pela região central de Goiás nesta tarde de quarta-feira. Em Goiânia há registro de chuva, raios e trovoadas. No aeroporto Santa Genoveva as rajadas de vento chegam a 61 km/h e a temperatura caiu de 30 para 24 graus em pouco mais de 30 minutos.

Temporal em Guarulhos (SP)
quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Nuvens muito carregadas associadas ao ar abafado estão espalhadas pela Grande São Paulo nesta tarde de quarta-feira. No momento chove forte e há registro de muitos raios e trovoadas em Guarulhos. No aeroporto Gov. André Franco Montoro as rajadas de vento chegam a 57 km/h e a visibilidade está limitada a 3000 metros. Agora faz 21 grauis,

Chuva e vento fortes em Goiânia (GO)
sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Áreas de instabilidade associadas ao ar abafado ainda espalham nuvens carregadas pela região central de Goiás neste final de tarde de sexta-feira. No momento chove forte em Goiânia e as rajadas de vento chegam a 50 km/h no aeroporto Santa Genoveva, onde a visibilidade  está limitada a 1000 metros.

Ventania e chuva forte no Sul
quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

O Sul do Brasil volta a ficar em atenção para ventania e chuva forte. Uma nova frente fria passa pelo litoral do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira e uma área de baixa pressão atmosférica vai influenciar toda a Região Sul e também o Paraguai e o norte da Argentina. Pelos menos até a próxima segunda-feira, a baixa pressão vai ajudar a formar vários aglomerados de nuvens carregadas que vão provocar temporais. Estas nuvens podem se formar sobre o Sul do Brasil, mas também sobre a Argentina e sobre o Paraguai e depois avançar sobre os estados do Sul.

A população deve ficar atenta com chuva forte que pode causar alagamentos nos centros urbanos, mas também com raios e rajadas de vento que podem até superar os 80 km/h.

 

Volta a chover forte sobre o leste Santa Catarina e leste do Paraná

As áreas de instabilidade que se formam sobre o Sul nos próximos dias podem provocar chuva forte novamente sobre o leste de Santa Catarina e leste do Paraná, incluindo as capitais Curitiba e Florianópolis. Estas regiões sofreram com grandes  enchentes e queda da barreira no início do Carnaval, entre os dias 13 e 15 de fevereiro. Em Florianópolis, segundo o Epagri-Ciram, choveu 291 mm em 120 horas, sendo que a média de chuva normal para o mês de fevereiro é de 218 mm.

Por causa da chuva intensa do Carnaval, o leste do Paraná e de Santa Catarina já estão com chuva acima da média para este mês. Este é mais um motivo de preocupação, pois o solo está encharcado. A chuvas dos próximos dias poderá causar novos deslizamentos. Mas nos próximos dias, o Rio Grande do Sul também terá temporais e que podem causar problemas até em Porto Alegre.

O mapa mostra  anomalia (diferença entre a média e o que foi observado) de chuva até o dia 18 de fevereiro. O tom azul indica que a chuva superou a média.

 

Ventania e chuva forte de quarta-feira

Fortes áreas de instabilidade se formaram na Argentina e no Paraguai e avançaram sobre o Sul do Brasil nesta quinta-feira provocando temporais. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou rajadas de vento de 89 km/h em Goioerê, no Paraná,  às 15 horas e de 82 km/h às 16 horas. Em Lages, em Santa Catarina, uma rajada chegou aos 85 km/h, às 19 horas. Em Caçapava do Sul, no Rio Grande do Sul, uma rajada alcançou 84 km/h às 15 horas. Outras cidades do Sul tiveram rajadas de vento entre 50 km/h e 70 km/h

Rajadas de vento entre 80 km/h e 90 km/h podem causar destelhamento e queda de árvores de médio porte.

 

Temporal em Mandaguari (PR) 30-10-14 Marcos KLagenberg

As pancadas de chuva foram fortes em vários locais deixando de 20 mm a 30 mm de chuva acumulados em apenas 1 hora. Do início da tarde até por volta das 21 hora de 19 de fevereiro, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 55,0mm sobre Canguçu (RS) e quase 45 mm sobre Lages (SC).

 

 

Confira a tendência da chuva para os próximos dias

Vento forte e chuva em Belo Horizonte (MG)
quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Áreas de instabilidade provocam chuva moderada com raios na região do aeroporto Carlos Prates, na Grande BH. O aeroporto registrou rajadas de vento forte de aproximadamente 59 km/h. A temperatura na região é de 21 graus.

Vento forte em São Paulo (SP)
quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

O aeroporto de Congonhas registrou rajadas de vento de até 65 km/h. A temperatura que era de 26 graus no começo da hora passou para 22 graus por volta das 16h40.

Chuva, raios e vento forte em Dourados (MS)
segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Áreas de instabilidade associadas ao tempo abafado e à presença de um sistema de baixa pressão no Paraguai estão se espalhando pelo sul de Mato Grosso do Sul nesta tarde de segunda-feira. Em Dourados chove de moderada a forte intensidade e há registro de muitos raios e trovoadas. No aeroporto local as rajadas de vento chegam a 53 km/h e a visibilidade está limitada a 2000 metros.