Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

ESPECIAL INVERNO 2016

publicidade

Saiba como conservar os alimentos no verão

17/12/2015 às 14:12
por Redação
Atualizado 18/12/2015 às 14:08

Época registra a maior proliferação de bactérias. Por isso, veja dicas para armazenar sua comida com higiene e sem risco de contaminação.


Os microorganismos estão por toda parte. E no calor do verão, encontram o clima ideal para se proliferar em diversas áreas, principalmente nos alimentos. Basta um pequeno descuido para que carnes, laticínios, frutas e verduras se tornem fontes de bactérias que podem causar problemas de saúde, como mal-estar, diarreia e até intoxicação alimentar, em casos mais graves.



O perigo pode estar em qualquer lugar, seja na rua ou mesmo dentro de casa.  Nas altas temperaturas, nenhum alimento está livre da contaminação, porém os itens que mais sofrem com o calor são ovos, leite e carne. Se expostos por mais de duas horas, crescem as chances de contrair a salmonela, bactéria que pode causar infecção quando ingerida.

Para evitar problemas, a dica é simples: guardar os alimentos separados uns dos outros e em temperatura adequada (geralmente entre 2° e 10°). Além disso, é preciso tomar muito cuidado com o tipo de recipiente usado. Plástico é opção vetada para armazenar os itens. Os potes feitos desse material liberam toxinas que podem causar prejuízos à comida. Prefira sempre vidro ou metal.

O ideal também é embalar os alimentos com papel manteiga, pois os metais e as substâncias presentes no plástico e no alumínio podem migrar para os produtos quando entram em contato. Se você for guardar sobras do almoço, por exemplo, também é importante ser rápido na hora de colocar na geladeira. O alimento precisa sofrer choque térmico para que não ocorra proliferação de bactérias nele.


Verduras, frutas e legumes devem ser mantidos sob refrigeração constante e por no máximo três dias. Não há necessidade de guardá-los embrulhados em papéis ou sacos plásticos. Antes do uso é importante também a higienização com uma colher de chá de água sanitária para cada litro de água usada na limpeza. Essa receita caseira ajuda a alimentar os micro-organismos, sem danificar os produtos para consumo.

Já para as carnes, a dica é congelar em porções individuais. Quando cozidas elas devem permanecer no congelador por no máximo três dias. Os ovos precisam também ser mantidos sob refrigeração e sempre serem higienizados antes do uso.