Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

ESPECIAL INVERNO 2016

publicidade

Saiba aproveitar o melhor do Sol do verão

18/12/2015 às 12:26
por Redação
Atualizado 21/01/2016 às 11:00

O atrativo mais esperado do ano também pode ser um grande vilão. Veja os melhores horários para aproveitar o sol e se bronzear sem prejudicar a saúde

Quando o verão chega, a exposição do corpo costuma aumentar. Há mais viagens às praias, o uso de roupas mais curtas, mais atividades ao ar livre e, junto com tudo isso, o aumento dos efeitos do sol na pele humana. A estação é perfeita para se bronzear, mas é preciso muito cuidado para não transformar o banho de sol em uma ardente preocupação.


 

Os cuidados devem começar antes mesmo de sair de casa, com a aplicação indispensável de um filtro solar, que deve ser comprado de acordo com cada tipo e cor de pele. Quanto mais clara for a pele, maior deve ser o fator de proteção solar (para as mais clarinhas, o indicado é FPS 60 ou 70), e quanto mais escura, menor (que pode ser até de 30). Fora isso, também é possível escolher o tipo de filtro solar, que já são fabricados em diversas opções, como gel-creme, sérum, mousse (recomendadas para peles oleosas), creme (para peles secas), spray (para peles normais) e até loções (para as mais sensíveis).

Já com a proteção do filtro, que deve ser aplicado em duas camadas, é preciso se atentar também aos horários mais recomendados para tomar sol e ao tempo máximo de exposição, que são determinantes para a segurança da pele. No verão, nada de ir para a praia ao meio dia, pois o ideal é evitar o sol entre 10h e 16h, quando há maior incidência de raios ultravioletas B, que são os causadores do câncer de pele. Para não errar, verifique se há ou não horário de verão no local onde você está.

 

Quanto ao tempo de exposição seguro, isso também varia de acordo com o horário, com a cor da pele e com o índice de radiação ultravioleta. Quando se fica muito tempo ao sol, a pele começa a reclamar, começa a arder e este é um sinal perigoso. Indica que você já abusou demais e que já deveria ter procurado o guarda sol ou um ambiente coberto.

No entanto, o sol, tem o seu lado bom e pode oferecer benefícios ao corpo humano que incluem a prevenção de algumas doenças, a melhora na qualidade do sono, a diminuição do risco de depressão e, além disso, ainda proporciona vitamina D, que favorece a absorção de cálcio e fortalece os ossos. Mas atenção, para que o organismo consiga obter essa vitamina, é preciso tomar, no máximo, 20 minutos de sol sem filtro solar, e apenas nos horários indicados (antes das 10h ou depois das 16h). Ou seja, basta saber aproveitar o sol para obter o seu melhor.