Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

ESPECIAL INVERNO 2016

publicidade

Dicas para enfrentar o calor em viagens de carro

17/03/2016 às 15:42
por Maira Di Giaimo

Por ser um ambiente fechado, a sensação térmica no interior do veículo pode ser pior, causar desconforto e até problemas de saúde

 

O verão é a estação perfeita para pegar o carro e passear. Devido ao clima oportuno e ao período de férias, muitas pessoas planejam viagens para a praia, ou até mesmo um passeio pela cidade, aproveitando os finais de semana e feriados. Mas, com as temperaturas elevadas, alguns cuidados são extremamente necessários para evitar o calor excessivo dentro do automóvel e proporcionar conforto para os passageiros.

 

 

 

Nos dias mais quentes, a temperatura dentro do veículo pode chegar a quase o dobro do lado de fora, por isso a sensação é pior. Desidratação, mal-estar, hipertermia (elevação da temperatura corporal) e falta de ar. Esses são os principais sintomas sentidos por quem passa muito tempo dentro de um veículo sob o sol. Quando não há ventilação suficiente nesse espaço, o calor causa a perda de água do corpo e alterações na circulação sanguínea e respiração.

 

Para ajudar na ventilação, a melhor opção é manter as janelas do veículo abertas, ajudando a gerar uma corrente de ar pelo veículo. Se preferir o ar condicionado, garanta que a manutenção do equipamento esteja em dia. Quando o aparelho fica muito tempo sem uso, pode juntar germes e bactérias prejudiciais à saúde, causando complicações alérgicas. 

 

Outro problema comum é o choque térmico causado pela oscilação brusca de temperatura entre o ambiente externo e o interior do carro. Antes de entrar no automóvel e já ligar o ar condicionado, por exemplo, é importante abrir as janelas, deixar o local resfriar um pouco e só então ligar o equipamento. "O corpo faz uma redistribuição do sangue com dilatação dos vasos da pele para a adaptação climática, por isso é tão importante que a mudança seja gradual”, explica Roberto Raduan, clínico geral do Hospital Beneficência Portuguesa, de São Paulo.

 

Se seu veículo possui insulfilm, saiba que a película protege parcialmente dos raios UVA e UVB. Quanto mais escuro, maior a proteção. Porém, como a entrada de luz solar é maior da parte frontal, a radiação é mais nociva para o motorista. Por isso, pode parecer incomum, mas o uso de protetor solar dentro do carro também evita problemas de pele e queimaduras.

 

Garantir e manter a manutenção do carro e aproveitar as longas distâncias no veículo para beber muita água já é suficiente para viajar sem riscos. São pequenos cuidados, mas que podem garantir um verão mais saudável e sem preocupação.