Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter

ESPECIAL INVERNO 2016

publicidade

Rajadas de vento influenciam provas nas Olimpíadas

06/08/2016 às 23:20
por Josélia Pegorim
Atualizado 07/08/2016 às 10:26

Sol forte, calor e nível de umidade do ar abaixo do recomendável para o conforto humano (60%) ainda predominam no Rio de Janeiro. Mas algumas mudanças nos ventos e na nebulosidade serão percebidas no decorrer do dia por causa da chegada de uma frente fria.

É uma frente fria fraca a moderada, que não vai provocar chuva, só mesmo o aumento da nebulosidade. A grande mudança será na velocidade e na direção dos ventos que vão soprar sobre o Rio de Janeiro neste domingo, o que poderá interferir em vários esportes ao ar livre que ocorrem neste domingo. A diferença para o sábado, 6, será grande, pois foi um dia com pouco vento e até períodos de calmaria. Neste domingo, a chegada da frente fria vai movimentar o ar novamente. É dia de rajadas de vento, que é um vento de curta duração, mas com velocidade acima da média que vinha sendo registrada nos instantes anteriores.

 Pré-frontal

A manhã do domingo será com os ventos pré-frontais. Antes da chegada da frente fria, os ventos das direções norte e noroeste vão predominar pela manhã no Rio de Janeiro. Estes ventos são quentes e sopram da terra para o mar. As rajadas serão moderadas à fortes, variando entre 40 km/h e 80 km/h.

Quando o ar polar da frente fria chegar, o vento terá uma brusca alteração na direção, passando a soprar das direções sudoeste e sul. Estes ventos são frios e sopram do mar para a terra e também poderão chegar em rajadas de 30 km/h e 50 km/h.

A mudança na direção deve ocorrer a partir do meio da tarde.

Efeito do vento

A Arena de Vôlei de praia, em Copacabana, e o circuito de ciclismo de estrada devem ser os locais que mais vão sentir a intensificação e a mudança na direção dos ventos neste domingo.

As rajadas podem interferir no trajeto da bola e levantar areia. O público também vai sentir o efeito do vento. Os ventos de norte e noroeste aquecem o ar, o que vai aumentar a sensação de calor de forma geral.

O Brasil enfrenta a Rússia no vôlei de praia feminino às 10 horas deste domingo sentindo os ventos quentes. Mas o jogo da dupla masculina do Brasil que vai jogar contra Cuba às 17h30 será com os ventos frios de sudoeste/sul.

  

 

A prova de ciclismo de estrada feminino começa no inicio da tarde com o vento quente de norte/noroeste, mas poderá sentir a virada do quente para o vento frio ao longo da tarde.

 No Sambódromo ocorrem as provas de tiro com arco de manhã e em parte da tarde. A equipe feminina do Brasil tem prova de manhã e também deve sentir o vento de norte.

Neste domingo tem a final feminina do salto em trampolim de 3 metros sincronizado e as atletas poderão sentir os ventos frios polares moderados.

O sol forte, calor e ar seco ainda predominam no Rio de Janeiro neste domingo e vão causar um maior desgaste de forma geral nos atletas.

Confira as principais influências no tempo em cada modalidade que será disputada ao livre no domingo, 7 de agosto.

 

 Segunda frente fria

A frente fria que chega ao Rio neste domingo, 7 de agosto, tem fraca a moderada intensidade. Mas outra frente fria está prevista para o dia 10 de agosto, quarta-feira, e virá mais forte. Esta segunda frente fria vai trazer chuva, ventos mais intensos, uma queda de temperatura mais acentuada e também vai movimentar o mar.

A semana olímpica promete também grandes emoções meteorológicas.