Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

2010 começou com temporais no Nordeste

01/01/2010 às 15:12
por Josélia Pegorim

Os p
roblemas causados pelo excesso de chuva ainda serão manchete nos primeiros dias de 2010. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, o mês de dezembro de 2009 terminou com quase 370 milímetros de chuva na cidade de São Paulo. Choveu 81% acima do normal. A capital paulista terminou 2009 com cerca de 500 milímetros de chuva acima da média anual. O excesso de chuva ocorreu nos meses de inverno e na primavera. Em Belo Horizonte choveu 77% acima da média em dezembro. A maioria das áreas de Minas Gerais também fechou o mês com mais chuva do que o normal. Nos dois últimos dias de 2009, a cidade do Rio de Janeiro recebeu mais chuva do que o que normalmente cairia durante todo o mês de dezembro. Os deslizamentos de terra que ocorreram no litoral norte de São Paulo e no sul do Estado do Rio foram provocados pela chuva volumosa que caiu sem parar no dia 31 de dezembro. No começo da tarde desta sexta-feira, radares meteorológicos começaram a indicar o enfraquecimento da chuva na região de Angra dos Reis e de Paraty. Mas a chuva persistia e com mais força no vale do Paraíba, em São Paulo, sobre o sul de Minas Gerais e no litoral norte paulista. Nestas áreas, a chuva diminui só amanhã e o sol começa aparecer aos poucos. O ano de 2010 começou com chuvas intensas no interior do Ceará. Durante a madrugada desta sexta-feira o Instituto Nacional de Meteorologia registrou quase 94 milímetros de chuva acumulados em Barbalha, no sertão. Esta quantidade é um pouco acima da média para todo o mês de janeiro. Em Remanso, no norte da Bahia, choveu 53 milímetros pela manhã. Barra do Corda, no interior do Maranhão, acumulou 82 milímetros de chuva, do meio-dia de ontem até o meio-dia desta sexta-feira. A chuva veio forte nas últimas 24 horas também em localidades de Mato Grosso. Em Gaúcha do Norte choveu cerca de 100 milímetros, entre 1 hora da tarde de ontem e 1 hora da tarde de hoje. As áreas de instabilidade vão enfraquecer no Sudeste do Brasil e parte do Centro-Oeste do Brasil no fim de semana. O sol aparece com mais força, mas com maior aquecimento e o ar ainda muito úmido, algumas pancadas de chuva ainda podem ser fortes a partir da tarde.