Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva forte na Grande Florianópolis

23/07/2015 às 21:59
por Josélia Pegorim

Sexta-feira de muita chuva

Áreas de instabilidade voltaram a crescer sobre o Sul do Brasil e provocam chuva sobre Florianópolis desde o começo da tarde de quinta-feira, 23 de julho. Estas áreas de instabilidade vão se intensificar nesta sexta-feira por causa de uma acentuada queda da pressão atmosférica que volta a ocorrer entre o Sul do Brasil, o Norte da Argentina e o litoral entre Santa Catarina e São Paulo. Com a queda da pressão do ar, as nuvens ficam mais carregadas a chuva no litoral de Santa Catarina vai se prolongar por muitas horas. Há risco de chuva forte e alagamentos na Grande Florianópolis nesta sexta-feira. Os ventos marítimos vão injetar mais umidade no ar ajudando a manter chuva.

A chuva só vai parar quando a baixa pressão se formar por completo e começar a se deslocar para alto-mar. Esta situação é simulada na animação. As manchas representam nebulosidade. A letra B indica o centro de baixa pressão em superfície. B1 é o centro de baixa pressão em torno de 1600 metros de altitude. Os dois centros se juntam no mar até a manhã de sábado e se afastam do continente levando embora as nuvens carregadas. O sol reaparece no litoral de Santa Catarina durante o sábado.

 

Chuva acima da média

A chuva de julho já superou a média histórica em quase todo o Sul do Brasil. Isto já é observado também na região de Florianópolis. Em 22 dias, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou aproximadamente 140 mm de chuva, sendo que a média histórica para julho fica em torno de 95 mm.

Em Florianópolis, a chuva de julho estava 38% acima da média até a manhã de 23 de julho. Em Porto Alegre já choveu 305 mm, mais que o dobro da média, 151% acima da média. Em Curitiba, até a manhã do dia 23 de julho já havia chovido 177 mm, quase o dobro da média.

 

 

 

Tarde de quinta (23) foi a segunda mais fria do ano em Florianópolis

O predomínio de céu nublado e a chuva impediram a elevação da temperatura em Florianópolis. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura máxima desta quinta-feira, 23 de julho, foi de apenas 17,5°C. O recorde atual de menor temperatura máxima em 2015 (tarde mais fria do ano) é de 17,4°C, em 18 de junho.

 

Florianópolis (SC), por Tatiany Bernardo