Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Linha de instabilidade arrasa em SP

08/09/2015 às 19:27
por Josélia Pegorim

Atualizado 08/09/2015 às 20:04

Uma forte e grande Linha de Instabilidade (LI) avançou sobre SP causando tempestades generalizadas. O dia virou noite na tarde de 8 de setembro de 2015. As imagens do radar meteorológico de Bauru e de Presidente Prudente mostram dois momentos da LI: às 13h15, ainda no extremo oeste do Estado, e às 16h45, já atingido a região da capital, de Campinas e de Ribeirão Preto. As áreas de chuva da LI são as manchas em amarelo, alaranjado e vermelho que aparecem alinhadas junto da linha tracejada vermelha.

 

 

 

 

 

 Volumes de chuva acima de 50 mm, acumulados em 24 horas, foram registrados em diversas áreas do estado, incluindo a cidade de São Paulo. Para a maioria das regiões paulistas, a média de chuva normal para setembro varia de 50 a 100 mm. No sul do Estado e no litoral, a média chega a 150 mm.

 

 

 

São Paulo: a chuva do mês em 24h

Para a cidade de São Paulo, a média normal de chuva para setembro é de aproximadamente 71 mm, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Em algumas áreas da cidade choveu mais do que isto entre 17 horas do dia 7 e 17 horas de 8 de setembro de 2015. A chuva praticamente não deu trégua desde a madrugada deixando áreas alagadas e causando grande transtorno para o deslocamento da população.

 

 

 

 

A passagem da LI, que é um conjunto de grandes nuvens do tipo cumulonimbus, que se deslocam interligados e juntos, provocou também ventania. Rajadas de vento acima dos 80 km/h ocorreram em muitos locais. A mais intensa, até 17h, foi de 101 km/h em Bragança Paulista, registrada pelo aeroporto local.

  

 

Em São Miguel Arcanjo, no sul do Estado, choveu 113 mm entre 17h do dia 7 e 17 h de 8 de setembro de 2015.

 

 

A Climatempo recebeu muitas imagens da chuva e de estragos. As imagens de Araraquara e Piracicaba foram enviadas no momento em que a LI passava sobre estas cidades, por internautas que estavam vendo o Climatempo News, edição das 16h.