Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

SP ainda pode ter temporais esta semana

28/09/2015 às 21:31
por Josélia Pegorim

 Ainda há risco para temporais para São Paulo até o fim da semana. Atmosfera úmida e ainda quente facilita formação de nuvens carregadas em várias áreas do Estado, mesmo sem a presença de uma frente fria. O calor desta semana não será de extremos como na semana passada, mas ainda há calor suficiente para a formação de novas áreas de instabilidade. Porém, as condições para pancadas de chuva voltam a aumentar a partir da tarde de quarta-feira. Outras pancadas de chuva fortes podem ocorrer até o fim da semana. A passagem de duas frentes frias pelo litoral paulista entre a sexta-feira e o domingo aumenta o risco de novos temporais no fim da semana.

 

 

 

Ventania causa destruição no interior de SP

Diversas cidades do Estado de São Paulo voltaram a sofrer com violentas tempestades. Uma forte Linha de Instabilidade avançou do Paraná para São Paulo provocando temporais entre a noite do domingo e a madrugada de segunda-feira, 28 de setembro de 2015. Uma Linha de Instabilidade é um conjunto organizado de nuvens do tipo cumulonimbus que se deslocam ao mesmo tempo, tendo grande poder de destruição e de ventania.

Este foi o segundo evento no mês de tempestades simultâneas sobre o Estado de São Paulo, mas com menor abrangência em relação ao que foi observado em 8 de setembro de 2015. Mesmo assim, pontualmente a destruição foi grande na região de Salto e de Cabreúva e na região de Sete Barras, no sul do estado.

 

 

Em Salto, árvores de grande porte foram arrancadas do chão pela raiz, postes tombaram. Pelas fotos que foram enviadas para a Climatempo para a uma análise do tipo de fenômeno que teria provocado a destruição, não havia evidências técnicas de que um tornado teria passado sobre a região.

 

 

 

Rajadas de vento de mais de 80 km/h ocorreram em vários locais de São Paulo, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

  • Presidente Prudente: 86 km/h – 20h e 21h de 27/09/15
  • Pradópolis: 84 km/h - 22h de 27/09/15
  • José Bonifácio: 81 km/h - 21h de 27/09/15
  • São Paulo (Mirante de Santana): 81 km/ - 2h de 28/09/15
  • Avaré: 80 km/h - 23h de 27/09/15

Em Paulicéia, na divisa com o Mato Grosso do Sul, oeste de São Paulo, o temporal derrubou postes e tirou barcos do lugar.

 

 

A análise da Rede de Descargas Elétricas  EarthNetworks mostrou mais de 1700 raios (entre nuvens, de nuvem para o solo, do solo para a nuvem) sobre o Estado de São Paulo entre 00h e 6h de 28/09/15.