Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva provocou morte em SC

09/10/2015 às 11:13
por César Soares

Atualizado 09/10/2015 às 16:52

 

Segundo informações da Defesa Civil de Santa Catarina a chuva provocou desastres em diversas áreas. Segundo o relatório divulgado na sexta-feira (09) às 15h38, 20 municípios registraram ocorrências referente à alagamentos, inundações e desabamentos. O número de pessoas afetadas passa de 1600 e cerca de 340 residências foram danificadas ou destruídas. Lebon Régis foi o município mais castigado onde há cerca de mil pessoas afetadas pela chuva e uma pessoa morta.

 

A chuva não dá trégua para a Região Sul do Brasil. A frente fria avança pela costa catarinense e favorece a organização de diversas áreas de instabilidade. A chuva ocorre desde o início da semana e o feriado prolongado ainda terá a presença das pancadas.

Os temporais que ocorreram durante a semana já provocaram grandes problemas em diversas áreas, principalmente sobre o Rio Grande do Sul e na quinta-feira (08) também sobre a cidade de Guarapuava no Paraná.

 

 

Nas imagens do satélite meteorológico é possível ver o avanço de diversas áreas de instabilidade pela Região Sul do País.

 

Clique na imagem e acompanhe o satélite para todo o Brasil

 

Os volumes de chuva ultrapassaram os 100mm nas últimas 24 horas nos municípios de Ibirubá e Passo Fundo no Rio Grande do Sul, segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

A capital gaúcha, Porto Alegre, já atingiu a média climatológica para o mês de outubro em apenas 9 dias corridos. Se contarmos desde o início do ano até a sexta-feira (09) o volume de chuva em Porto Alegre chegou aos 1410mm que ultrapassa em aproximadamente 63mm a média anual de chuva que é de 1347, segundo o INMET.

 

 

Mais chuva no feriado

As instabilidades continuam provocando chuva sobre a Região Sul durante todo o feriado prolongado. As nuvens carregadas são organizadas por um sistema de baixa pressão que vai se posicionar na costa do Rio Grande do Sul. O oeste dos três Estados que compõem a Região terão mais nebulosidade que chuva.

 

Clique no mapa e saiba a tendência de chuva para todo o Brasil

 

 

Trégua na chuva a partir de terça-feira

O feriado prolongado termina e junto com ele as instabilidades dão uma trégua para a Região Sul. Ainda há a previsão de chuva no Estado do Paraná, mas com uma intensidade bem menor do que a observada durante esta semana. Na quarta-feira (14) o sol já aparece mais e o ar seco dificulta a condição para chuva.