Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

RS continua em alerta para tempestade

15/10/2015 às 11:20
por Josélia Pegorim

Atualizado 15/10/2015 às 11:58

RS continua em alerta para tempestades

Desde o fim da tarde da quarta-feira, 14 de outubro de 2015, todo o Rio Grande do Sul entrou numa nova situação de alerta para tempestades severas. Várias cidades gaúchas, incluindo a Grande Porto Alegre, sofrem com chuva muito forte, rajadas de vento superiores a 80 km/h e quantidades de granizo excepcionais. Entre a noite de quarta e o começo da manhã desta quinta-feira, a passagem de uma intensa Linha de Instabilidade (LI) espalhou os temporais com granizo e ventania acima de 100 km/h. Uma LI é um conjunto de grandes nuvens do tipo cumulonimbus, que se deslocam interligadas e juntas.

 

 

Pelo menos no decorrer da tarde desta quinta-feira, 15 de outubro, o Rio Grande do Sul permanece em alerta para mais tempestades. Uma nova LI (LI 2)se formava sobre a região central o Rio Grande do Sul por volta das 9 horas da manhã e tende a avançar para nordeste levando uma nova onda de temporais para a Grande Porto Alegre e também cidades da região serrana e do litoral norte do Rio Grande do Sul.

 

 

Tempestades avançam sobre Santa Catarina

No decorrer da tarde desta quinta-feira, as duas LI avançam sobre Santa Catarina. Tempestades com ventania e granizo também devem ocorrer neste estado podendo atingir a Grande Florianópolis. Os vídeos mostram a tempestade de granizo sobre Sapucaia do Sul e Montenegro, cidades da Grande Porto Alegre. Situações como estas são raras.  Em Sapucaia do Sul, a Defesa Civil analisa a possibilidade de decretar emergência por causa do estrados feitos pela tempestade de chuva e de granizo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando vai parar de chover?

As nuvens carregadas que provocam os temporais estão associadas a uma frente fria. O sistema se afasta do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira e chuva vai parando. A previsão é de que a sexta-feira seja fria e com muitas nuvens, mas pouca chuva. Porém, ainda pode ocorrer fortes rajadas de vento por causa de um ciclone extratropical que se forma entre o Rio Grande do Sul e o litoral da província de Buenos Aires, na Argentina. A chuva dará uma trégua aos gaúchos no fim de semana, que deve ser com predomínio de sol. Porém, a Climatempo alerta para uma situação de risco de temporais durante segunda-feira.