Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Semana de chuva forte no Sudeste

25/10/2015 às 10:17
por Aline Tochio

Atualizado 26/10/2015 às 10:56

Na semana passada, já notamos uma diferença no padrão de circulação da atmosfera. O fluxo de umidade da Amazônia voltou a se direcionar para o Sudeste, enfraquecendo a massa de ar seco e permitindo a formação das nuvens de chuva em parte da Região. O calor também ajudou a formar essas nuvens.

 

 

Nesta semana não será diferente. Além do ar abafado, muitas áreas de instabilidade vão conseguir se formar e a chuva será mais frequente em grande parte do Sudeste.

 

Chuva forte para SP/RJ/MG

 

A chuva deve se espalhar por várias áreas do Sudeste nesta semana, mas as regiões que mais devem receber chuva ficam entre o centro-norte e leste de São Paulo, o centro-sul e oeste de Minas Gerais e o centro-sul do Rio de Janeiro. Nessa faixa os volumes acumulados podem chegar perto de 100 milímetros, principalmente nas áreas de fronteira (veja na figura abaixo).

 

 

Chuva volumosa para rios e reservatórios

Essa chuva forte também vai atingir importantes rios e reservatórios da região Sudeste. O Sistema Cantareira, que abastece a Grande SP, se estende da região metropolitana da capital até o sul de Minas Gerais. O rio Paraíba do Sul, que abastece o Grande Rio, se estende entre o leste de São Paulo e o interior do Rio de Janeiro. São duas áreas que devem receber entre 50 e 10 milímetros de chuva nos próximos dias. Porém, é sempre bom ressaltar que ambos os reservatórios estão com armazenamento muito baixo. Essa chuva pode ajudar num leve aumento desse nível.

 

Os rios Grande e Paranaíba ficam entre São Paulo, Minas Gerais e Goiás e são responsáveis por quase toda a geração de energia elétrica da região Sudeste. Também são bacias que estão sofrendo com a seca e que vão receber grande quantidade de chuva nesta semana.

 

Previsão de chuva para a Bacia do Rio Grande

Previsão de chuva para a Bacia do Rio Paranaíba

 

São boas notícias, mas que devem ser recebidas com cautela, já que estamos passando por uma crise hídrica severa.

 

Pouca chuva para ES/norte de MG

Já para o norte da região Sudeste, as notícias ainda não são muito animadoras. A chuva mais forte não vai chegar até essa área, e os volumes acumulados no Espírito Santo e no norte de Minas Gerais ainda não são muito expressivos. A bacia do Rio Doce, que também está sofrendo muito com a estiagem, ainda não deve receber chuva forte.

 

Veja também

 

Os impactos do El Niño no Brasil até agora

 

[eBook] Os principais perigos do fenômeno El Niño na construção civil

 

Brasil, local do mundo onde mais caem raios?