Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Muita chuva sobre o Mato Grosso

02/11/2015 às 14:50
por Josélia Pegorim

Novembro começou com muitas nuvens carregadas sobre o Mato Grosso que provocaram fortes pancadas de chuva. Acumulados acima de 50 mm em 24 horas ocorreram em vários locais do estado. Em Diamantino, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou cerca de 100 mm. Em Cuiabá, a chuva que caiu entre a manhã do dia 1 e a manhã de 2 de novembro foi a mais volumosa desde meados de março. Choveu 52,4 mm com a passagem de nuvens muito carregadas.

 

 

 

 

Mais chuva

O ar úmido e quente ainda vai predominar sobre o Mato Grosso no decorrer desta semana facilitando a formação de mais nuvens carregadas. A probabilidade de chuva diminui no leste e nordeste do estado, regiões mais próximas de Goiás e do Tocantins por causa da intensificação de uma massa de ar seco sobre o Nordeste do Brasil, mas que vai refletir em diminuição da instabilidade em parte do Sudeste e do Centro-Oeste. As regiões mais afetadas com a redução da chuva serão o Distrito Federal e o centro-norte de Goiás.

 

Balanço de chuva de outubro

As pancadas de chuva voltaram a ocorrer com mais frequência sobre o Centro-Oeste no fim do outubro, com ocorrência de vários temporais. Mas a chuva chegou tarde e não deu para reverter a tendência de chuva abaixo da média que predominava já começo da segunda quinzena de outubro. A chuva e o aumento da nebulosidade ao menos reduziram o calor.

 

O mapa mostra a anomalia (diferença em relação à média) de chuva sobre o Centro-Oeste. Os tons alaranjados representam volumes de chuva abaixo .da média histórica. Os tons em azul indicam que a chuva ficou acima da média.

 

 

 

Confira a tendência para o restante da primavera na Região Centro-Oeste