Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva não dá trégua ao Sul do Brasil

10/12/2015 às 12:25
por Josélia Pegorim

Atualizado 10/12/2015 às 19:07

Fortes áreas de instabilidade voltaram a se espalhar sobre o Sul do Brasil provocando chuva volumosa. Entre a manhã do dia 9 e a manhã de 10 de dezembro de 2015 choveu mais sobre os estados do Paraná e de Santa Catarina. A chuva de Dionísio Cerqueira foi a maior no Brasil neste período, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

 

A chuva caiu forte também em Assis Chateubriand, no Paraná.

 

 

No Rio Grande do Sul, depois dos temporais, a nebulosidade diminuiu e o sol voltou a forte sobre o centro-sul sul e no leste do estado nesta quinta-feira, 10 de dezembro. Por volto meio-dia, Porto Alegre estava ensolarada.

 

 

 

Nesta sexta-feira, o centro-sul e o leste gaúcho continuam livres dos temporais, mas as outras áreas da Região Sul terão mais chuva. Mas durante o fim de semana, a chuva volta a aumentar também sobre o Rio Grande do Sul. Pancadas de chuva serão frequentes sobre o Sul nos próximos cinco dias e com alto risco de temporais em diversas áreas  dos três estados.

O mapa mostra a estimativa do volume de chuva para os próximos cinco dias. A porção oeste dos estados terá a chuva mais volumosa devendo acumular mais de 100 mm em cinco dias.

 

 

Se a previsão se confirmar, a média de chuva para dezembro poderá ser igualada ou superada até o fim da primeira quinzena de dezembro. No oeste da Região Sul e em grande parte do Paraná, a média de chuva para dezembro varia de 150 a 200 mm.

 

 

 

Uma centro de baixa pressão atmosférica se intensifica novamente entre o norte da Argentina e o Paraguai gerando as nuvens carregadas sobre o Sul do Brasil nos próximos dias. Além disso, duas frentes frias passam pelo litoral gaúcho até a noite da segunda-feira.

 

 

 

Tornados e Downburst, saiba mais sobre os sistemas severos e seus impactos na construção civil