Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Calor bate recorde no Sul. Chuva diminui no norte do PR

12/01/2016 às 22:41
por Josélia Pegorim

Calor bate recorde no Sul em pré-frontal

 Apenas o norte do Paraná ainda enfrentou os transtornos causados pela chuva excessiva nesta terça-feira. As demais áreas paranaenses, os estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul passaram o dia com muito sol, o que fez a temperatura subir rapidamente.

Esquentou tanto que as capitais Porto Alegre e Florianópolis tiveram a tarde mais quente de 2016 até agora. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma temperatura máxima de 34,0°C em Porto Alegre e de 31,6°C em Florianópolis. Os recordes anteriores eram 33,4°C em 4 de janeiro em Porto Alegre e 30,8°C na capital catarinense, em 9 de janeiro.

 

 

 

Por causa do tempo chuvoso, as temperaturas no norte do Paraná não subiram muito, mas o restante do Sul sentiu calor. Mas no Paraná, onde o tempo ficou seco nesta terça-feira esquentou muito. A maior no estado ocorreu no oeste.

 

Nova frente fria

Parte do calor que os gaúchos sentiram foi por causa da situação pré-frontal. Uma nova frente avança sobre o Sul nesta quarta-feira e até a noite deve alcançar o litoral sul de Santa Catarina. Na quinta-feira, a frente fria passa pelo litoral do Paraná.

A passagem desta frente fria poderá provocar algumas pancadas de chuva fortes sobre o Sul do Brasil, mas a chuva deve ser rápida. Desta vez, as áreas de instabilidade não devem provocar chuva prolongada e volumosa como ocorreu sobre o norte do Paraná nos últimos dois dias. Mesmo assim, como já choveu muito nos últimos três meses, os solos estão encharcados e o nível dos rios e córregos estão acima do normal, a população deve continuar muito atenta para deslizamento de terra e enchentes.

 

Menos calor

A quarta-feira promete ser um dia quente e abafado no Sul. Vai refrescar na madrugada de quinta-feira com a entrada de um pouco de ar polar, mas as tardes continuam quentes.

Com a diminuição da chuva, a população do Sul ganha belas imagens como esta, da região de Lomba Grande, um bairro rural de Novo Hamburgo, na Grande Porto Alegre.

 

 

 

Chuva perto da média no norte do Paraná

O elevado volume de chuva que caiu sobre o norte do Paraná nas últimas 48 horas fez transbordar rios, destruiu pontes e estradas. Essa chuva caiu sobre regiões que já estavam muito vulneráveis depois da chuva excessiva da primavera de 2015. O volume de chuva acumulado em 12 de dias na região de Maringá e de Londrina já se aproxima da média histórica de janeiro. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, em Londrina já choveu cerca de 170 mm em Londrina, sendo que a média fica em torno de 240 mm. Choveu cerca de 200mm em Maringá, com média de janeiro de 230 mm.

Imagem da região de Londrina em 12 de janeiro de 2016