Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

RJ: 100 milímetros em 24 horas

16/01/2016 às 14:39
por Aline Tochio

Atualizado 16/01/2016 às 14:40

A chegada de uma frente fria reforçou as instabilidades que já estavam sobre o Rio de Janeiro na última sexta-feira, 15. Chuvas muito volumosas caíram por diversas áreas do Estado. De acordo com o INMET, a chuva passou de 50 milímetros em praticamente todo o centro-sul fluminense. Confira na tabela abaixo os maiores volumes registrados no Estado entre 09h de sexta e 09h deste sábado:

 

 

Em Resende, a chuva foi impressionante. Em 2 dias choveu quase 226 milímetros na cidade, sendo que a média de chuva normal de janeiro é de 280 milímetros, aproximadamente. Na cidade do Rio, o INMET registrou 70,9 milímetros na região da Saúde, no centro da cidade. A média de chuva de janeiro é de quase 190 milímetros. Porém nas estações do Alerta Rio, a chuva passou de 100 milímetros nas regiões de Urca, Copacabana, Ilha do Governador, Madureira, Jacarepaguá e Alto da Boa Vista. No decorrer da manhã deste sábado a chuva foi diminuindo. O aeroporto Santos Dumont ficou fechado para pousos e decolagens entre 08h30 e 11h50. Muitos voos foram cancelados.

 

Essa chuvarada toda foi causada pela Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), fenômeno meteorológico caracterizado pela organização de alguns sistemas, como a Alta da Bolívia e o Vórtice Ciclônico de Altos Níveis, que concentram a umidade na faixa entre o Norte e o Sudeste do Brasil. Além disso, a chegada da frente fria potencializou a formação das nuvens carregadas.

 

 

Nos próximos dias, essa instabilidade se desloca um pouco, ficando concentrada entre Minas Gerais e Espírito Santo. Por isso a tendência é que a chuva diminua no Estado do Rio. Porém ela não para completamente. Como já choveu muito, os solos estão encharcados e os rios estão mais elevados, qualquer chuva nos próximos dias pode trazer mais problemas, como deslizamentos de terra, alagamentos e transbordamentos.