Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Extremos e recordes - 25/01/16

25/01/2016 às 22:16
por Josélia Pegorim

O Rio Grande do Sul teve aquecimento pré-frontal em 25/01/16 e até 20 horas registrava a maior temperatura no Brasil. Porto Alegre, a capital gaúcha, teve a maior temperatura para um dia de janeiro desde 2005.

A cobertura de nuvens durante a noite ajudou a aquecer o ar na madrugada em Rio Branco, Campo Grande, Natal e Cuiabá. Estas capitais registraram a madrugada mais quente do ano até agora.

Confira os recordes observados considerando as medições feitas pelo Instituto Nacional de Meteorologia no modo convencional para recordes de temperatura nas capitais, exceto quando não há este tipo de medição.

Os recordes diários de maior (menor) temperatura, umidade relativa, volume de chuva em 24h no país consideram as medições convencionais e automáticas.

 

Porto Alegre (RS)

Maior temperatura do ano (valor até 20h de 25/1/16, podendo ser alterado para mais na avaliação feita às 22 horas, que só será conhecida na madrugada do dia 26)

Maior temperatura para janeiro desde 2005 quando fez 39,2°C em 9/1/2005

A maior temperatura de 2016 até agora é 42,8°C em Pão de Açúcar (AL), em 3/01/16

 

 

 

Natal (RN)

Temperatura mínima de 26,8°C

Madrugada mais quente do ano – maior temperatura mínima

 

Cuiabá (MT)

Temperatura mínima de 26,0°C

Madrugada mais quente do ano – maior temperatura mínima

 

Rio Branco (AC)

Temperatura mínima de 25,1°C

Madrugada mais quente do ano – maior temperatura mínima

 

Campo Grande (MS)

Temperatura mínima de 23,8°C

Madrugada mais quente do ano – maior temperatura mínima

 

Bom Jardim da Serra (SC) – menor temperatura no país em 25/1/16

 

 

 

 

Itamarandiba (MG)

86,3 mm: maior acumulado de chuva em 24h no país

 

 

 

Canoas (RS)

112 km/h Rajada de vento de 112 km/h às 17h43 (Brasília) pela medição da base aérea

 

Palmeira dos Índios (AL)

6% às 14h local (15h em Brasília): menor umidade relativa do ar no país