Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Recorde de calor e ventania em Porto Alegre

25/01/2016 às 19:18
por Josélia Pegorim

Recorde de calor em Porto Alegre

Porto Alegre bateu o recorde de calor para 2016 pelo segundo dia tem dia consecutivo. A temperatura nesta segunda-feira, 25, chegou aos 39°C pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. Na tarde do domingo, a temperatura já havia chegado aos 36,9°C.

Esta foi a maior temperatura na capital gaúcha desde 7 de fevereiro de 2014 quando fez 39,8°C. Mas para um dia de janeiro, a tarde desta segunda-feira foi a mais quente em Porto Alegre em 11 anos, desde janeiro de 2005 quando fez, 39,2°C no dia 9 de janeiro de 2005

 

 

Ventania levanta poeira

Toda a Grande Porto Alegre teve um forte aquecimento nesta segunda-feira. Na região de Canoas a temperatura chegou aos 39°C, na base aérea, e em Campo Bom, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 39,5°C.

O intenso calor e a aproximação de áreas de instabilidade no final de tarde formaram grandes nuvens sobre a Grande Porto Alegre que provocaram chuva e raios, mas também muita ventania.

Em Porto Alegre, no aeroporto Salgado Filho, as rajadas de vento chegaram a 74 km/h, às 19h30, mas em seguida, às 19h40, outra rajada alcançou 90 km/h. O ventania formou um redemoinho de poeira no local.

Na base aérea de Canoas, uma rajada de vento chegam a 81 km/h, às 17h36 e outra a 112 km/h, às 17h43.

 

A forte chuva que se espalhou sobre a Grande Porto Alegre no fim da tarde desta segunda-feira fez a temperatura baixar subitamente. Às 17 horas, a temperatura na base aérea de Canoas estava em 38°C e às 17h43 era de apenas 22°C. No aeroporto Salgado Filho, a temperatura baixou de 37°C, às 17h, para 26°C, às 17h40.

 

 

Frente fria

Pancadas de chuva e raios voltaram a ocorrer nesta segunda-feira em grande parte do Rio Grande do Sul por causa do calor e da expansão das áreas de nuvens carregadas de uma frente fria que avança sobre o Estado.

Nesta terça-feira, a frente fria avança para Santa Catarina, mas as nuvens carregadas vão continuar sobre o Rio Grande do Sul provocando temporais e chuva prolongada. A maioria das áreas e Santa Catarina e do Paraná ainda terão sol durante várias horas, mas as pancadas de chuva também podem ser fortes à tarde e à noite.

Esta frente fria reinicia um novo período de chuvas sobre a Região Sul. A chuva volta a ser frequente em praticamente todo o Sul do Brasil pelo menos até o Carnaval. Até lá, vários eventos de chuva forte podem ocorrer nos três estados do Sul.

 

As imagens de satélite mostram a evolução das nuvens sobre o Sul. A primeira imagem é da situação das 10h horas (de Brasília) e a segunda de

 

 

 

 

Temperatura em queda

A chuva e o excesso de nebulosidade vão impedir que a temperatura suba muito no Rio Grande do Sul. Os gaúchos se livram do calorão, mas Santa Catarina e Paraná ainda terão temperaturas bastante elevadas.

 

O mapa mostra a chuva estimada para o Sul do Brasil para até o fim de janeiro.