Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo tem tarde quente e com pancadas de chuva

25/01/2016 às 09:13
por Josélia Pegorim

Atualizado 25/01/2016 às 15:00

São Paulo está fazendo aniversário nesta segunda-feira, 25 de janeiro. A capital paulista comemora 462 anos. O dia é de festa e muitos eventos acontecem até a noite pelos quatro cantos da cidade.

 

Calor e pancadas de chuva

O sol forte predominou sobre a cidade até o começo da tarde, mas por volta das 13 horas algumas pancadas de chuva já ocorriam nas zonas oeste e central da cidade. Também já era possível ver no horizonte grandes nuvens que cresceram por causa do calor. A temperatura às 14 horas era de 30°C.

As condições para pancadas de chuva  Mas atenção com as mudanças no tempo a partir do meio da tarde. Por causa do calorão, grandes nuvens vão crescendo à tarde e vão provocar as pancadas de chuva com raios principalmente no fim da tarde e à noite. As pancadas de chuva vão ocorrer em vários locais da capital e pode ser fortes, com raios e rajadas de vento.

Cuidado com os raios! Saiba como se proteger dos raios

 

 

 

Fotografe os horizontes de São Paulo

Dos bairros altos, do topo dos grandes prédios, dos mirantes, das pontes sobre os rios. Qual é sua dica de um lugar para apreciar e fotografar os horizontes de São Paulo?

Aqui, mostramos para você alguns lugares. Curta São Paulo do alto!

 

 

Conheça um pouco da história de São Paulo

 

Lá pelos anos de 1553, os padres jesuítas José de Anchieta e Manoel da Nóbrega subiram a Serra do Mar em busca de um local para catequizar os índios. Chegaram ao planalto de Piratininga, próximo aos rios Anhangabaú e Tamanduateí, se instalaram e ali construíram um colégio onde celebraram uma missa. Este dia, 25 de janeiro de 1554, marcou o aniversário de São Paulo.

Quase cinco séculos depois, o pequeno povoado deu lugar a uma metrópole com mais de 11 milhões de habitantes, a cidade mais importante da América Latina e aquele pequeno local onde tudo começou virou o centro desta grande cidade.

Apesar de já ser ponto de partida de expedições desbravadoras para o interior do Brasil, Piratininga demorou 157 anos para se tornar uma cidade chamada São Paulo, decisão ratificada pelo rei de Portugal.

Em 1815, a cidade se tornou Província de São Paulo. Mais tarde ganhou sua primeira faculdade, de Direito, no Largo São Francisco, foi quando a cidade ganhou notoriedade e virou um centro intelectual e político. Mais tarde expandiu sua cafeicultura e imigrantes vieram dos quatro cantos do mundo para trabalhar nas lavouras. Já em 1890, mais da metade dos habitantes da cidade já era formada por imigrantes

Em 1930, a elite do Estado entrou em combate com o governo federal, o que ocasionou mais tarde a Revolução Constitucionalista de 1932, que estourou no dia 9 de julho (Feriado da Revolução Constitucionalista). Apesar dos combates, São Paulo perdeu a revolução.

Em 1935 foi criada a Universidade de São Paulo (USP), que mais tarde recebeu professores como o antropólogo francês Lévi-Strauss que teve grande influencia na Semana de Arte Moderna, que ocorreu no Theatro Municipal.

Na década de 1940 a industrialização da cidade fez com que ganhasse fama e expandisse seu crescimento. Com oferta de emprego, pessoas de todo país vieram trabalhar e morar na cidade, aumentando ainda mais a já rica cultura local e desde então não parou de crescer.

Amada por uns e odiada por outros, a capital paulista é referencia em todo tipo de conteúdo. Sua principal característica é a “pressa”, se você é paulistano ou mora em São Paulo e não está com pressa, você está no lugar errado! É aqui que as coisas acontecem, a melhor vida noturna do país, as melhores baladas, os mais charmosos restaurantes, lugar que consegue unir o lazer e oportunidade! Tem diferentes tribos, credos, etnias e está sempre de braços abertos para todos! São Paulo é igual coração de mãe, sempre cabe mais um!

Parabéns São Paulo!