Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

ASAS sobre nós no Carnaval

03/02/2016 às 17:59
por Josélia Pegorim

Atualizado 03/02/2016 às 20:46

“Liberdade, liberdade

Abre ASAS sobre nós

Com subsidência forte

Vai dar sol no Carnaval”

 

Este poderia ser o refrão de um samba enredo meteorológico do Carnaval de 2016.

O mês de fevereiro começou com a influência do sistema de alta pressão do Atlântico Sul (ASAS) que ganhou força sobre a Região Sudeste dissipando grande parte da nebulosidade. O ar secou e a redução da umidade diminuiu as condições para chuva na Região. Com menos chuva e menos nebulosidade, o sol tem brilhado forte por muitas horas, o que elevou as temperaturas.

Desde o primeiro dia de fevereiro, áreas do Sudeste estão entre as cinco mais quentes e secas do país, pelas medições do INMET.

A ASAS deve ampliar sua atuação sobre o país nos próximos dias e isto tem um lado bom e um ruim.

 

O lado bom da ASAS

- a redução da chuva facilita o reparo de estradas e outros estragos nas cidades depois da chuva excessiva de janeiro, especialmente em São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Tocantins e Goiás;

- a diminuição da chuva vai permitir viagens com maior segurança, com menor risco de transtornos durante o Carnaval;

- a maior atuação da ASAS vai proporcionar um Carnaval com mais sol e menos prejuízos para o setor de turismo em geral, além de permitir maior aproveitamento dos passeios no feriado;

- na agricultura, o maior número de horas de sol nos próximos dias será bom para várias culturas, pois aumenta a evaporação e diminui o excesso de umidade no solo; o sol é positivo para o bom desenvolvimento das plantações;

 

 

 

 

O lado ruim da ASAS

- a diminuição da nebulosidade, e a falta de ar polar sobre a maior parte do país, faz com que o sol apareça forte por muitas horas, o que deixa o ar mais quente do que o normal;

- o calor excessivo por vários dias consecutivos é prejudicial à saúde;

- a redução da frequência da chuva deixa o ar seco, o que causa desconforto para muitas pessoas;

- o maior número de horas de sol forte e pouca nebulosidade aumenta a evaporação, o que reduz o volume de água armazenado nos reservatórios para a geração de energia e abastecimento das cidades.

 

 

 

A meteorologista Josélia Pegorim comenta como será a atuação da ASAS durante o Carnaval.

 

 

 

Quando a ASAS vai enfraquecer?

A redução da chuva que está ocorrendo esta semana em várias áreas do país ainda não preocupante porque tivemos recentemente a chuva muito volumosa de Janeiro em grande parte do país.  Assim, atuação das ASAS por enquanto não preocupa, pois não se trata de um bloqueio atmosférico. Mas também não é desejável que o período com pouca chuva se prolongue por muito tempo.

O enfraquecimento da ASAS deve ocorrer com uma frente fria que avança sobre o Sul do país durante o dia 9 de fevereiro.

 

Confira a previsão para o Carnaval 2016