Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Recorde de calor em Brasília, Salvador e em São Luís

11/02/2016 às 20:35
por Josélia Pegorim

Atualizado 12/02/2016 às 22:54

A tarde da quinta-feira, 11 de fevereiro, foi a mais quente do ano nas capitais Brasília, Salvador e São Luís. Havia expectativa de novo recorde de calor em Vitória e em Belo Horizonte, mas não se confirmaram.

Calor e a passagem de uma frente fria provocaram chuva forte no Paraná, em São Paulo e no Rio de Janeiro

O calor intenso e a umidade elevada provocaram temporais no Norte do Brasil.

O Espírito Santo registrou a maior temperatura no país, por causa do sol forte e predomínio de ventos quentes. Foi a sexta vez, em 11 dias, que o Espírito Santo registrou a maior temperatura no Brasil em fevereiro.

 

Confira os recordes observados considerando as medições feitas pelo Instituto Nacional de Meteorologia no modo convencional para recordes de temperatura nas capitais, exceto quando não há este tipo de medição.

Os recordes diários de maior (menor) temperatura, umidade relativa, volume de chuva em 24h no país consideram as medições convencionais e automáticas.

 

 

 

Brasília bateu o recorde de calor pelo segundo dia consecutivo. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou a temperatura máxima em Brasília de 31,4°C. O recorde anterior era de 31,2°C no dia 10.

Em Salvador, capital da Bahia, a temperatura máxima nesta quinta-feira foi de 32,7°C e é a maior para 2016 até agora.

Em São Luís, capital do Maranhão, o novo recorde de calor para 2016 foi estabelecido com a temperatura máxima de 34,4°C.

 

Maior temperatura BR

Teófilo Otoni (MG)

39,8°C 

 

Menor temperatura BR

Bom Jesus da Serra (SC): 10,6°C

 

Capital mais seca

Palmas (TO): 33% de umidade relativa do ar às 16h (Brasília).

 

Capital mais quente

Palmas (TO): temperatura máxima de 37,6°C

 

Temporais

Belém (PA): 41 mm entre 16h e 18h (de Brasília), com rajada de 75 km/h no aeroporto.

Duque de Caxias (RJ): 60,2 mm entre 18h e 19h

Manicoré (AM): 43,8 mm entre 18h e 19h (de Brasília)

 

Maiores acumulados de chuva em 24h entre 10h de 10/02/16 e 10h de 11/02/16