Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Cantareira acumula 32% da chuva do mês

12/02/2016 às 14:21
por Josélia Pegorim

Atualizado 14/02/2016 às 11:36

A intensificação do sistema de Alta Pressão Subtropical do Atlântico Sul (ASAS) sobre o Brasil desde o início de fevereiro reduziu muito a frequência da chuva sobre a Região Sudeste. Mesmo assim, a área de captação (bacias hidrográficas) que alimenta o sistema Cantareira foi beneficiada com chuva.

Segundo a Sabesp, em 12 dias choveu 64,9 mm sobre o Cantareira, o que corresponde a 32% da média de chuva para fevereiro que é de 202 mm. A recente passagem de uma frente fria pelo litoral paulista provocou apenas 5,7 mm sobre o Cantareira. O sistema Rio Grande recebeu 12,8 mm e o sistema Rio Claro, 26,8 mm.

O gráfico mostra o nível dos mananciais que a abastecem a Grande São Paulo em 12/02/16.

 

 

 

Chuva aumenta na próxima semana

O fim de semana será de pouca chuva e o nível dos mananciais que abastecem a Grande São Paulo deve manter a estabilidade ou até podem ter uma ligeira queda. Mas as eventuais perdas devem compensadas na próxima semana. A expectativa é de que várias áreas de instabilidade passem sobre o estado São Paulo e sobre o Sul de Minas Gerais provocando chuvas frequentes sobre o Cantareira. A chuva pode cair forte em vários pontos da área da captação do Cantareira.

 

 

 

Se a previsão se confirmar, no período entre 15 e 22 de fevereiro poderá chover cerca de 100 mm. Isto representa metade da média de chuva para fevereiro.

A chuva da próxima semana será muito importante, pois vai dar um ganho relevante no nível dos mananciais. Mesmo assim, o Cantareira não deve ter em fevereiro de 2016 o volume de chuva de fevereiro de 2015, quando choveu 322,4 mm. Fevereiro de 2015 foi o mais chuvoso em 20 anos.