Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Recorde de calor Maceió, Brasília e em João Pessoa

12/02/2016 às 23:24
por Josélia Pegorim

Atualizado 12/02/2016 às 23:38

Recordes e extremos

 

A passagem da uma frente fria e o calor provocaram temporais sobre o Rio de Janeiro. A cidade fluminense de Silva Jardim registrou o maior volume de chuva no país entre a manhã do dia 11 e a manhã de 12 de fevereiro de 2017.

Sol forte e pouca nebulosidade deram o recorde de calor para Maceió. A falta de nuvens deixou a madrugada mais fresca em João Pessoa.

Com o aumento da nebulosidade e chuva sobre o Sudeste, onde vinham ocorrendo as maiores temperaturas no Brasil nos últimos dias, o recorde de calor no país nesta em 12 de fevereiro foi do Nordeste que ficou com poucas nuvens.

 

Confira os recordes observados considerando as medições feitas pelo Instituto Nacional de Meteorologia no modo convencional para recordes de temperatura nas capitais, exceto quando não há este tipo de medição.

Os recordes diários de maior (menor) temperatura, umidade relativa, volume de chuva em 24h no país consideram as medições convencionais e automáticas.

 

 

 

Maceió (AL)

33,4°C

Tarde mais quente do ano

Maior temperatura máxima

 

João Pessoa (PB)

22,3°C

Madrugada mais fresca do ano

Menor temperatura mínima

 

Brasília (DF)

20,2°C

Madrugada mais fresca do ano

Menor temperatura mínima

 

Extremos

 

Maior temperatura no Brasil

38,1°C

Pão de Açúcar (AL)

 

Menor temperatura no Brasil

11,7°C

Bom Jardim da Serra (SC)

 

Maior chuva em 24h no Brasil

108,6 mm

Silva Jardim (RJ)

 

Temporal em Belo Horizonte (MG)

Uma violenta tempestade aconteceu no fim da tarde desta sexta-feira sobre Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 84,2 mm de chuva em apenas 2 hora, entre 17 e 19 horas, na região da Pampulha.Uma rajada de vento de 90 km/h na hora da chuvarada

 

Confira outros volumes de chuva elevados entre 10 horas do dia 11 e 10 horas de 12 de fevereiro