Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Quando o calor vai diminuir?

20/02/2016 às 00:59
por Josélia Pegorim

Do Norte ao Sul, o mês de fevereiro está sendo muito quente em todas as Regiões do Brasil. O aumento do calor neste mês é consequência da diminuição da frequência da chuva.

A intensificação sobre o Brasil do sistema de Alta Pressão Subtropical do Atlântico Sul (ASAS) reduziu muito as áreas de instabilidade. Com menos nuvens, o sol forte vem tendo mais espaço em fevereiro.

Mas as massas polares estão muito fracas até agora e não estão conseguindo entrar no interior do país para “temperar” o ar muito quente e esfriar a atmosfera. As massas polares são como pedras de gelo dentro do chá quente. Quanto mais fortes e maiores, maior é poder de resfriamento do ar. Mas o que tem aparecido no Brasil este mês são massas polares pequenas e fracas.

 

Calor Brasília, em São Paulo e em Curitiba

 

Brasília pode ter o fevereiro mais quente em 55 anos.

Em Curitiba, a chuva de fevereiro está 26% acima da média, mas também tem feito muito sol. A média da temperatura nas madrugadas e à tarde está quase 3 graus acima do normal!

 

 

Em São Paulo, fevereiro de 2016 pode entrar para lista dos fevereiros mais quentes desde 1943.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, o fevereiro com madrugadas mais quentes desde 1943 foi o de 2003, quando a média de temperatura mínima ficou em 21,2°C. A média das mínimas de fevereiro de 2016, com 19 dias, está em 21,1°C. Este valor é comparável ao fevereiro de 2014, que teve média de mínimas também de 21,1°C.

As tardes de fevereiro de 2014 foram as mais quentes em São Paulo desde 1943, com média de temperatura máxima de 31,8°C. A média das temperaturas máximas em 19 dias de fevereiro de 2016 está em 31°C, quase 3,0°C acima da média que é de 28,2°C.

 

Onde estão as massas polares fortes? A meteorologista Josélia Pegorim explica o está ocorrendo.