Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Cantareira recupera nível de fevereiro de 2014

23/02/2016 às 15:09
por Josélia Pegorim

Chuva de fevereiro está perto da média no Cantareira

Apesar da irregularidade da chuva de fevereiro, o volume de chuva acumulado na região do Cantareira já está muito próximo de atingir a média histórica faltando ainda alguns dias para terminar o mês.

Segundo a Sabesp, do dia 1 até o começo da manhã do dia 23 de fevereiro o Cantareira recebeu 183,5 mm de chuva, o que corresponde a quase 91% da média histórica que é de 202 mm.

O Cantareira vai receber mais chuva até o fim de fevereiro, mas o volume final acumulado vai ficar abaixo dos 322,4 mm acumulados em fevereiro de 2015, que foi o fevereiro mais chuvoso sobre o Cantareira em 20 anos de monitoramento.

 

Os temporais que ocorrem desde a semana passada sobre São Paulo contribuíram com quase metade da chuva acumulada até agora de fevereiro. Entre os dias 19 e 23 choveu 73 mm.

O sistema Guarapiranga, que atualmente é responsável pela maior parte do abastecimento da capital paulista, acumulava 203,2 mm, quantidade ligeiramente superior à media histórica que é de aproximadamente 193 mm.

Veja a situação dos mananciais

 

 

A chuva de 2015 fez com que o nível de armazenamento de água no Cantareira saísse do volume morto e alcançasse o limite mínimo do volume útil. A marca negativa foi vencida em 30 de dezembro de 2015. Desde então, o nível de água vem aumentando gradualmente.

O nível atual de 21,4% do Cantareira corresponde ao observado em 3 de fevereiro de 2014, quando a água do volume morto ainda não havia sido usada.

 

Mais chuva

Todos os mananciais que abastecem a Grande São Paulo terão pancadas de chuva regulares nos próximos 15 dias. Nem todos os dias serão com chuva forte, mas não há expectativa de vários dias seguidos sem chuva.