Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Mais chuva em SP

23/02/2016 às 00:02
por Josélia Pegorim

Nuvens carregadas vão continuar crescendo sobre o Estado de São Paulo no decorrer da semana. A situação é de atenção para temporais, risco de alagamento e de transbordamento de rios e córregos.

Nuvens carregadas que se formaram sobre o Mato Grosso do Sul avançaram sobre o oeste de São Paulo na noite de segunda-feira e voltou a chover com moderada a forte intensidade, pela segunda vez no mesmo dia.

 

 

Mas a chuvarada não é de frente fria. O ar continua quente e abafado.

A presença de áreas de baixa pressão atmosférica entre o Sul do Brasil, o litoral e o norte da Argentina influenciam também o estado de São Paulo. A baixa pressão força uma concentração de umidade e de calor, o que facilita o crescimento e a permanência de nuvens carregadas por todo estado.

 

 

 

Risco de transbordamento de córregos

Na capital, ainda há risco de transbordamento de córregos no decorrer da semana. O Mirante de Santana, na zona norte, registrou a maior quantidade de chuva para fevereiro desde 2011. Como choveu muito na semana passada, o nível dos córregos está alto e é mais fácil ocorrer o extravasamento, mesmo sem uma chuva muito intensa.

Em Rancharia choveu 84,2 mm entre 9 horas do dia 21 e 9 horas do dia 22 de fevereiro. Este foi o maior volume de chuva no Brasil neste período, segundo o Inmet

 

A tarde de 22 de fevereiro foi a mais fresca no mês na cidade de São Paulo com temperatura máxima de 24,2°C.

 

undefined

 

Semana instável

A baixa pressão vai manter São Paulo com nuvens carregadas por quase toda da semana e no próximo fim de semana, uma frente fria deve chegar ao litoral paulista. Várias regiões no estado, poderão acumular cerca de 100 mm de chuva nesta última semana de fevereiro