Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Dia mais quente do ano em Florianópolis

27/02/2016 às 14:37
por Josélia Pegorim

Atualizado 27/02/2016 às 18:31

O dia 27 de fevereiro foi o mais quente de 2016 até agora em Florianópolis.

A capital de Santa Catarina bateu recorde de calor deste ano pelo terceiro dia consecutivo. A madrugada e a tarde de 27 de fevereiro foram as mais quentes do ano até agora. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma temperatura mínima de 25,9°C. O recorde anterior era de 25,7°C em 9 de fevereiro.

A temperatura máxima foi de 36,8°C, a maior em 2016 até agora. O recorde de tarde mais quente já havia sido batido no dia 26, com a temperatura máxima de 34,8°C, que superou a marca de 34,6°C do dia 25.

 A temperatura máxima deste sábado foi a mais alta em Florianópolis desde 1/1/2015  quando fez 37,0°C. 

A maior temperatura em fevereiro de 2015 foi de 35,5°C no dia 12/02/2015.

 

Recorde para fevereiro pelos menos desde 2002

Mas para um dia de fevereiro, a temperatura máxima registrada em Florianópolis foi a mais alta pelo menos desde 2002. Não foi possível verificar se os recordes foram ainda mais antigos, pois o banco de dados do Instituto Nacional de Meteorologia tem uma grande falha antes do ano de 2002.

 

A temperatura mínima de 27 de fevereiro de 2016, 25,9°C, foi a mais alta para fevereiro desde 28/02/2003 quando a mínima foi de 26,0°C.

 

 

 

 

Queda da temperatura

O calorão sentido pelos catarinenses nos últimos dias está com horas contadas. Uma frente fria avança pelo litoral catarinense neste sábado e os ventos de sul, que trazem o ar polar, já podia ser sentido em Florianópolis e em várias regiões de Santa Catarina. A combinação de um pouco de ar polar com a chuva e o aumento da nebulosidade vai fazer a temperatura baixar. Mas só dá para pensar em um friozinho nas cidades serranas. A capital e as outras regiões do estado vão refrescar. Em Florianópolis, a temperatura máxima não deve superar os 30°C pelo menos nos próximos cinco dias.

 

Risco de temporal diminui

Por enquanto, o ar polar que entra no Sul do Brasil tem força para esfriar um pouco o ar sobre Santa Catarina e sobre o Rio Grande do Sul nas próximas 48 horas. Santa Catarina ainda poderá ter chuva moderada neste domingo, mas entre a segunda e a quinta-feira, a chance de chuva é baixa.

No Rio Grande do Sul, a previsão também é de pouca chuva até o dia 3 de março. As madrugadas ficam frescas e o calor da tarde não será intenso como nos últimos dias.

No Paraná, o risco de chuva forte é alto até a segunda-feira, especialmente no norte e leste do estado, incluindo Curitiba. Mas as condições para chuva e o calor também diminuem a partir de terça-feira.

 

Confira a tendência da chuva para 15 dias.