Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Norte - tendência para o outono

19/03/2016 às 11:17
por Josélia Pegorim

O outono no Hemisfério Sul começa oficialmente à 1h30 do dia 20 de março, pelo horário de Brasília, estendendo-se até às 19h34 do dia 20 de junho.

A redução do volume e da frequência da chuva é uma característica básica do outono, observada por quase todo o Brasil. Mas no Norte do país, isto não é verdade para toda a Região. A chuva diminui nas áreas ao sul da Região Norte, mas em estados como Amazonas, Pará, Amapá e Roraima, o outono significa dias de muita chuva, com muitas nuvens e menos calor, problemas causados pela cheia dos grandes rios.

Os gráficos que mostram a climatologia de Belém, capital do Pará, e de Rio Branco, capital do Acre. As barras azuis representam a média de chuva mensal, a linha vermelha é a média da temperatura máxima e a linha azul é a média da temperatura mínima.

Em Belém, a média de chuva ainda é muito alta no até junho, superando os 300 mm.

 

 

Em Rio Branco, o outono é época de rápida redução da chuva. Em Maio, a média de chuva já fica abaixo dos 100 mm.

 

 

 

O outono na Região Norte também traz a possibilidade das friagens na região do sul do Amazonas, no Acre e em Rondônia. A friagem é a queda da temperatura que acontece em parte da Região Norte provocada pela passagem do ar polar. Em algumas situações, o fluxo dos ventos nos níveis superiores da atmosfera força o ar polar a se deslocar para norte da Bolívia e que chega então ao sul da Amazônia.

Friagens muito intensas podem fazer a temperatura baixar para cerca de 10°C no Acre

No outono de 2015, quando o El Niño já estava se desenvolvendo, o Acre teve mais chuva do que o normal. O outono de 2016 começa sob a influência de um El Niño moderado, enfraquecendo, e que de deve terminar numa situação neutralidade das águas do oceano Pacífico Equatorial.

 

 

 

 

Como será o outono 2016 na Região Norte? Confira a análise do meteorologista Alexandre Nascimento.