Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Tarde muito seca em São Paulo

07/04/2016 às 17:23
por Maira Di Giaimo

Atualizado 07/04/2016 às 17:40

Uma grande massa de ar seco está inibindo a ocorrência de chuvas no estado de São Paulo desde o fim da semana passada. A atuação desse sistema e o forte calor contribuíram para a diminuição dos índices de umidade relativa do ar.

 

Na terça-feira (5), por volta das três horas da tarde, a capital paulista registrou índices de umidade em torno de 45% (medição realizada na região do Campo de Marte). Na quarta-feira(6), no mesmo horário esse valor já caiu para 38%.

 

A tarde desta quinta-feira (7) foi uma das mais secas do ano na cidade de São Paulo. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 31% de umidade no ar às 15h na medição convencional do Mirante de Santana, zona norte da capital. Na estação automática, também localizada no Mirante de Santana, o valor registrado foi ainda menor, com 22% de umidade. Já na região do aeroporto de Congonhas, o nível de umidade do ar chegou a 29% às quatro horas da tarde.

 

No interior paulista os índices também foram críticos nesta quinta-feira. Lins e Val Paraíso ficaram com a umidade do ar próxima a 27%, e São José dos Campos registrou 24% de umidade.  

 

Para piorar a situação das pessoas mais sensíveis, o acúmulo de poluentes tem aumentado nos últimos dias, e nesta quinta-feira a qualidade do ar foi considerada moderada, ou mesmo ruim em muitas áreas da Grande São Paulo.  

 

Qualidade do ar piorou muito em SP

 

O ar seco e parado facilita crises respiratórias. Portanto, é importante ficar atento para as recomendações básicas! 

 

 

PREVISÃO

Entre domingo e segunda-feira, o avanço de uma frente fria pelo mar vai aumentar um pouco a umidade no sul e leste de São Paulo. O predomínio ainda será de sol, mas há possibilidade de pancadas rápidas de chuva a partir da tarde.  As outras áreas do estado não terão mudanças no tempo por enquanto.