Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Sul do BR esfria muito

26/04/2016 às 12:17
por Josélia Pegorim

 

Como já vinha sendo esperado, o Sul do Brasil sentiu um intenso resfriamento nesta terça-feira. Uma grande e forte massa de polar avança sobre a América do Sul e começou a influenciar o Brasil. A acentuada queda da temperatura foi sentida em todo o Sul o pais, em Mato Grosso do Sul, no oeste e sul de Mato Grosso e no centro-oeste de São Paulo.

O Rio Grande do Sul registrou as menores temperaturas no país em 26/04/16

 

 

Recorde de frio Porto Alegre

A forte massa de ar polar que avança sobre o Brasil já começou a produzir recordes de frio. Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul, teve a madrugada mais fria de 2016 até agora, com temperatura mínima de 14,1°C. O recorde anterior de menor temperatura do ano era de 17,1°C, em 29 de fevereiro.

Com chuva e a forte entrada de ar polar sobre o Rio Grande do Sul, a temperatura caiu muito em todo o estado. A tarde e a noite desta terça-feira já são bastante frios para  todos os gaúchos. Os ventos moderados aumentam a sensação de frio. Às 11 horas, o aeroporto de Porto Alegre marcava apenas 14°C, com sensação térmica de 11°C. A tarde desta terça-feira deverá ser a mais fria do ano na capital gaúcha.

 

Frio bate recorde nas próximas 48h

O centro da massa polar, que é a região de frio mais intenso, está avançando do sul para o norte da Argentina, aproximando-se cada vez mais do Brasil. A previsão é que nesta quarta-feira, 27 de abril, o centro do ar polar alcance a região entre norte da Argentina e na manhã de quinta-feira esteja entre o Rio Grande do Sul e o sul do Paraguai.

A proximidade com o centro da massa polar vai fazer com o que o ar frio se espalhe com mais força por todo o Sul do Brasil. As temperaturas baixam ainda mais e toda a Região vai viver os dias mais frios de 2016 até agora entre 27 e 29 de abril. Todos os recordes de frio para 2016 devem ser batidos nesta quarta-feira e também na quinta-feira.

As três capitais da Região Sul devem registrar as madrugadas e as tardes mais frias do ano até agora até a sexta-feira.

 

Fique atento: há condições para geada forte e neve nas próximas 48 horas