Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Risco de chuva forte sobre o Sul do Brasil

05/05/2016 às 20:27
por Josélia Pegorim

Atualizado 06/05/2016 às 10:53

Como já era esperado, áreas de instabilidade voltaram a se formar entre o Paraguai e a Argentina fazendo a nebulosidade aumentar por todo o Sul do Brasil.

Na sequencia de imagens de satélite, as nuvens mais carregadas aparecem em tons azulados.

 

 

 

Na madrugada e manhã desta sexta-feira, nuvens carregadas já espalharam pelo oeste dos estados do Sul provocando pancadas de chuva moderadas a fortes e com raios. Por volta das 10 horas toda a região de Cascavel (PR), Foz do Iguaçu (PR) e Chapecó (SC) estavam com tempo chuvoso.

Veja o quanto choveu desde o início da madrugada até 9 horas de 06/05/2016

 

 

 

No decorrer desta sexta, as áreas de instabilidade se espalham sobre o Sul e praticamente toda a Região. A previsão é de pancadas de chuva sobre os três estados, principalmente à tarde e à noite. Há risco de raios e de chuva moderada a forte, mas principalmente sobre o oeste do Paraná, de Santa Catarina e no noroeste do Rio Grande do Sul.

Na imagem de satélite do começo da noite da quinta-feira já era possível perceber nuvens carregadas sobre o Paraguai indicando o início da formação das áreas de instabilidade.

 

Acompanhe a evolução das nuvens sobre o Sul do Brasil pelas imagens de satélite

 

 

Confira a previsão para a Região Sul do Brasil

 

Temporais

Durante o fim de semana, as áreas de instabilidade continuam sobre o Sul e deixam grande quantidade de nuvens sobre os três estados. As pancadas de chuva serão frequentes principalmente sobre o Paraná e Santa Catarina. Pouca chuva é esperada sobre o Rio Grande do Sul.

O tempo fica mais instável e as condições para temporais aumentam entre o domingo e a terça-feira, 10 de maio, quando a pressão do ar fica mais baixa sobre o Sul e uma frente fria avança da Argentina trazendo uma massa de frio polar forte. O impacto do ar polar vai ajudar a formar as nuvens de temporal. Além da chuva forte e prolongada, a maioria das áreas do Sul do Brasil ficará sujeita a raios, fortes rajadas de vento que podem alcançar de 70 km/h a 90 km/h e também queda de granizo.

Após o dia 10, o Sul do Brasil terá um forte resfriamento. Fique atento e confira a previsão diariamente para a Região Sul e para a sua cidade.

 

 

 

A quantidade de chuva prevista para o Sul do Brasil é preocupante. Em apenas 5 dias, até 10 de maio, muitas áreas do Paraná e de Santa Catarina poderão acumular mais da metade da média normal de chuva para todo o mês de maio. Confira o comentário da meteorologista Josélia Pegorim.