Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Mais umidade e menos calor no ES

12/05/2016 às 22:47
por Josélia Pegorim

Frente fria

Uma frente fria mudou o tempo no centro-sul do Espírito Santo nesta quinta-feira provocando chuva até de moderada intensidade. Em Vitória, a chuva chegou no fim da tarde e com raios. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 14,0 mm de chuva entre 16 e 20 horas. Esta foi a primeira chuva notável na região da Grande Vitória em quase um mês. A última vez que choveu de forma moderada, segundo o INMET, foi entre 17 e 18 de abril. A região de Santa Teresa teve cerca de 7 mm de chuva até às 21 horas e em Presidente Kennedy havia chovido quase 4 mm até esta hora.

As imagens de satélite mostram as nuvens de chuva (tons de verde e de azul) que passaram sobre Vitória.

 

 

Menos calor

Com a chuva vieram também os ventos frescos da massa de ar polar associada com esta frente fria que ajudam a baixar a temperatura. A combinação de muita nebulosidade e deste ar polar vão manter a temperatura agradável no Espírito Santo, sem o calor excessivo até o domingo. Em Vitória, a temperatura deve ficar abaixo de 28°C por alguns dias.

 

Mais umidade

Os ventos marítimos e frios desta massa de ar polar vão continuar soprando constantes e moderados sobre o Espírito Santo nesta sexta-feira espalhando umidade sobre o estado. Isto vai facilitar a formação de muitas nuvens que poderão provoca um pouco mais de chuva nesta sexta-feira. Pode chover fraco também no sábado, mas para o domingo a expectativa é de que o sol volte a predominar.

Outra frente fria deve chegar trazer mais chuva para o Espírito Santo já na próxima terça-feira, 17 de maio. A chance de chover em mais áreas do estado e com mais força é maior com esta segunda frente fria, mesmo assim, a população capixaba não deve esperar pela diminuição do quadro de seca. A crise hídrica no Espírito Santo é muito grave e não é a chuva de uma ou duas frentes frias que vai mudar a situação.

 

 

 

Frente fria ajudou a diminuir a fumaça sobre a Grande Vitória

A frente fria que mudou o tempo na Grande Vitória veio na hora certa. O aumento da velocidade e a mudança na direção dos ventos ajudaram a dissipar a camada de fumaça que se espalhou sobre a Grande Vitória desde a noite de quarta-feira.

A fumaça veio de grandes focos de fogo que surgiram na região de Tucum, em Cariacica, outro em Itaparica, em Vila Velha e um terceiro em Manguinhos, em Serra. Com a falta de chuva prolongada, a vegetação tem estado muito seca e os fogo se propaga facilmente.

 

 

 

A falta de ventos na madrugada desta quinta-feira fez com que a fumaça ficasse parada causando grande desconforto para a população. Os ventos fracos do começo da manhã levaram a fumaça para o aeroporto de Vitória, que ficou com visibilidade reduzida para 5000 metros entre 6 e 9 horas. O vento de origem polar da frente fria começou a influenciar a Grande Vitória principalmente a partir das 11 horas da manhã.