Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Temporal em São Paulo

16/05/2016 às 09:09
por Josélia Pegorim

Atualizado 16/05/2016 às 17:16

 

Uma linha de instabilidade se organizou na divisa de São Paulo com o Paraná e avançou pelo interior paulista provocando fortes pancadas de chuva.A chuva começou a atingir a Grande São Paulo por volta das 16 horas  pela região de Juquitiba,, mas se espalhou rapidamente e com forte intensidade. Às 17 horas, chovia forte sobre a região da Climatempo, na região dos bairros Paraíso e Vila Mariana. Ventos fortes e várias quedas de energia ocorreram em poucos minutos.

A chuva desloca-se rapidamente em direção à Jacareí .

 

 

 

Por volta das 15 horas, chovia forte na região de Iacanga, Arealva, São Manuel, Botucatu, Tatuí e Tapiraí.

 

 

Parte das nuvens carregadas da linha de instabilidade vai passar sobre a Grande são Paulo a partir das 16 horas provocando novas pancadas de chuva e raios. Pode chover forte em alguns locais, mas a chuva será rápida. Esta linha de instabilidade avança para a cidades próximas da divisa com Minas Gerais.

Uma linha de instabilidade é um conjunto de nuvens do tipo cumulonimbus que se deslocam interligadas e ao mesmo tempo, o que aumenta seu poder de temporais. É comum termos ventania e chuva forte na passagem deste tipo de sistema.

 

 

 

A cidade de São Paulo amanheceu esta segunda-feira com grossas nuvens e pancadas de chuva, depois de um domingo ensolarado. A mudança no tempo veio com a chegada de uma frente fria.

A chuva que ocorreu no começo da manhã foi só o começo da instabilidade desta segunda-feira. Outras pancadas de chuva devem ocorrer no decorrer da tarde e até a noite. A situação é de alerta para temporais sobre a Grande São Paulo no decorrer desta segunda-feira. Há risco de raios e em alguns locais poderá chover forte para causar alagamentos repentinos.

 

 

 

 

Acompanhe a chuva sobre Grande São Paulo e áreas próximas pelos radares Climatempo-USP

 

 

 

A população da Grande São Paulo também deve se preocupar com fortes rajadas de vento, mesmo sem estar chovendo. Além passagem das nuvens de temporal sobre a Grande São Paulo, o deslocamento de uma ciclone extratropical pelo litoral da Região Sul colabora para aumentar o vento. As rajadas de vento mais intensas podem variar de 70 km/h a 90 km/h

 

Temporais em SP

Todas as regiões do estado de São Paulo sentem a mudança no tempo nesta segunda-feira provocada pelo deslocamento de uma frente fria. As nuvens carregadas se espalham por todo o estado e há risco de temporais também no interior e no litoral.

 

 

Ventania no litoral e risco de ressaca

O ciclone extratropical que se formou entre ontem e hoje no litoral do Rio Grande do Sul desloca-se pela costa da Região Sul  nas próximas 48 horas e influencia também o litoral da Região Sudeste. Este é um ciclone forte, com centro de pressão atmosférica abaixo de 1000 hPa (hectopascal), e também de grande extensão. O risco de ventania no litoral de São Paulo é maior do que pelo interior.

Os fortes ventos gerados por este ciclone extratropical provocam uma forte agitação marítima. O mar começa a subir rapidamente nesta segunda-feira no litoral da Região Sul e a partir desta terça-feira, 17 de maio, a agitação chega ao litoral de São Paulo. O mar vai ficar muito agitado até o fim da semana e não se pode descartar o risco de ressaca nos dias 17 e 18 de maio.]

 

Confira as ondas no Climasurf