Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Mudanças no tempo à vista para o Corpus Christi

24/05/2016 às 22:48
por Josélia Pegorim

Atualizado 24/05/2016 às 23:09

A forte massa de ar polar que entrou no Brasil esta semana provocou mais temperaturas negativas na Região Sul, outra friagem no Acre e em Rondônia e também mais recordes de frio em 2016 em capitais.

Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, Curitiba, a tarde de 24 de maio foi a mais fria deste ano. As capitais Florianópolis, São Paulo e Rio de Janeiro tiveram a madrugada mais fria de 2016. Em Rio Branco, capital do Acre, a temperatura mínima vinha variando de 21°C a 23°C desde o dia 4 de maio e baixou para cerca de 16°C nesta terça-feira.

 

Recorde de frio no Rio de Janeiro

 

Madrugada mais fria do ano em São Paulo

 

 

O centro (região de frio mais intenso) da atual  massa de ar polar que influencia o Brasil passou sobre o Rio Grande do Sul e se desloca para o mar nesta quarta-feira, devendo enfraquecer e se afastar mais do Brasil no decorrer da semana.

 

 

 

Mas enquanto isto, lá na Terra do Fogo, sul da América do Sul, outro centro de alta pressão polar muito forte já está surgindo. Na imagem acima, a letra A indica a posição deste novo centro de ar polar na madrugada de 24 de maio de 2016. 

Esta nova massa de ar frio avança sobre a Argentina nos próximos dias, mas o seu centro não deve passar pelo Brasil. Mesmo assim, esta grande massa de ar polar terá influência sobre o Brasil durante o feriado prolongado de Corpus Christi.

No desta semana teremos outra dose de frio sobre parte do Brasil, mas também a formação de novas áreas de instabilidade no centro-sul do país trazendo chuva. Outra preocupação é com o mar agitado no feriado prolongado de Corpus Christi.

A meteorologista Josélia Pegorim comenta os diferentes efeitos que esta nova e grande massa de ar polar terá sobre o Brasil esta semana.