Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Frio aumenta em SP

10/06/2016 às 15:57
por Angela Ruiz

Neste fim de semana um segundo pulso de ar polar chega ao estado de São Paulo e faz o frio aumentar nas cidades paulistas. Por causa da passagem de uma frente fria e de um ciclone no mar o vento chega a capital paulista soprando moderado. À tarde desta sábado será gelada, mas não há previsão de chuva. O frio só vai aumentar, inclusive à noite e durante a madrugada.

 

Recorde de frio 

São Paulo bateu recorde na madrugada desta sexta-feira (10). O termômetro bateu 5,5°C na estação do Mirante de Santana, localizado na zona norte da capital paulista. Foi a menor temperatura para um mês de Junho em 22 anos e uma temperatura destas não ocorria desde 24 de Julho de 2013. De acordo com o Inmet, houve formação de geada na cidade de Itapevi e na vila Pedra Branca, bairro da capital paulista. 

 

De acordo com os meteorologistas da Climatempo, a temperatura mínima pode ficar abaixo de 5ºC em algumas áreas da capital e também na Grande São Paulo. O início da manhã será marcado por nevoeiros. Até terça-feira (13), as condições são favoráveis à ocorrência de geada na região metropolitana, áreas de serra e baixada.

 

 

 

 

 

 

 

Frio faz uma vítima na capital paulista

 

Depois de registrar a madrugada mais fria do ano, a cidade de São Paulo já contabiliza uma morte por causa do frio. De acordo com o site G1.com um morador de rua foi encontrado morto na rampa de acesso da estação Belém do Metrô, na madrugada desta sexta-feira (10). Uma organização de assistência a pessoas em situação de rua ligada à  Igreja Católica diz que o morador morreu de frio e que não apresentava sinais de violência. A Prefeitura disse que a abordagem aos moradores de rua é feita “diariamente em todas as regiões da cidade, inclusive nos arredores do Metrô Belém”. A ida para abrigos é uma escolha do morador. No dia 16 de maio, a Secretária Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social iniciou a Operação Baixas Temperaturas, que intensifica o trabalho de abordagem quando a temperatura chega a 13ºC ou menos. Apenas nesta madrugada foram registrados 10.963 acolhimentos.