Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

TOP 10 deste domingo

12/06/2016 às 09:03
por Alexandre Nascimento

A presença da forte massa de ar frio de origem polar derrubou as temperaturas durante a madrugada deste domingo em todo o centro-sul do país. A temperatura chegou abaixo de zero em vários municípios do Sul e também em várias localidades do Sul do Brasil, inclusive na Grande Curitiba (1 grau negativo no aeroporto Afonso Pena). Segundo dados das estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia a menor temperatura registrada no país ocorreu em General Carneiro, com quase 7 graus negativos. Em São Paulo também houve registro de 2,9 graus negativos em Barra do Turvo, 1,8 graus negativos em Campos do Jordão e 1,2 graus negativos em Rancharia. Em Monte Verde, no Sul de Minas, chegou a 2,6 graus abaixo de zero e em Caldas, também em Minas, a 0,1 grau negativo. A tabela abaixo mostra as 10 menores temperaturas registradas no país, segundo dados do INMET.

 

 

Nesta segunda-feira ainda teremos frio negativo e previsão de geada forte em vários municípios do Sul do Brasil, mas ao longo da semana o ar polar vai se aquecendo lentamente e os termômetros devem entrar em gradativa elevação. Apesar da última afirmação, não dá para pensar em retorno do calor! O mapa abaixo mostra a temperatura mínima média esperada até a próxima sexta-feira. Observe que a mancha azul, com temperaturas baixas, ainda deve predominar no centro-sul do país.

O frio chegou também ao restante do Sudeste, ao Centro-Oeste e até o sul da Amazônia (fenômeno da friagem). Em Vilhena (RO) a temperatura chegou perto de 12 graus e nos municípios acreanos de Epitaciolândia  e de Rio Branco aos 13 e 15 graus, respectivamente.

 

Com o fim do El Niño, estas condições já eram esperadas. O El Niño dificulta o avanço das massas polares mais fortes sobre a América do Sul e, por isso, o último inverno foi tão quente. O inverno deste ano começa oficialmente daqui a pouco (no dia 20) e será comum neste ano registro de mais frio, com direito a geada, possíveis eventos de precipitação de neve nos municípios mais altos das Serras Gaúcha e Catarinense e frio intenso chegando também ao sul da Amazônia.