Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva se espalha sobre a Grande SP e Campinas

14/08/2016 às 23:46
por Josélia Pegorim

Atualizado 15/08/2016 às 14:01

As áreas de instabilidade que avançam do Sul para São Paulo estão espalhando muita nebulosidade e aumento os ventos sobre a Grande São Paulo. O aeroporto de Congonhas registrou uma rajada de 61 km/h às 13h21 e o aeroporto internacional de Guarulhos teve rajada de 42 km/h às 13 horas. No mesmo horário, a estação meteorológica automática do Instituto Nacional de Meteorologia no Mirante de Santana registrou 55 km/h de rajada.

 

A chuva das áreas de instabilidade se espalha sobre a Grande São Paulo e sobre a região de  Campinas. Os radares Climatempo-USP detectaram as primeiras áreas de chuva (manchas verdes) na região da capital pouco antes das 14 horas.

 

 

A imagem mostra as áreas de chuva (manchas coloridas) detectadas pelo radar meteorológico de São Roque, operado pela Aeronáutica, pode volta das 13h30. Já estava chovendo  na região entre Sorocaba, Tietê, Campinas e Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo.

 

 

Várias áreas da Grande São Paulo podem ter pancadas de chuva nesta tarde e há risco de raios. As rajadas de ventos continuam.

 

 

Áreas de instabilidade e frente fria

Os paulistas sentem uma grande mudança no tempo nesta segunda-feira, depois de um fim de semana ensolarado e seco. Áreas de instabilidade que se espalham sobre o Sul do Brasil se juntam com uma frente fria e avançam para São Paulo no decorrer desta segunda-feira. Isto traz nuvens carregadas que podem provocar chuva e raios no estado.

 

 

Até por volta das 10 horas, radares meteorológicos já haviam detectado chuva em alguns locais da região entre Ourinhos, Echaporã e Tarumã, na região de Penápolis e em alguns pontos do extremo sul do estado

 

O dia ainda é quente e com a presença do sol, mas a nebulosidade aumenta com a entrada das áreas de instabilidade e a aproximação da frente fria. Pancadas de chuva com raios podem ocorrer à tarde ou à noite em todas as regiões do estado. A Grande SP também tem sol, calor e as pancadas de chuva são mais prováveis a partir do meio da tarde e à noite.

As pancadas de chuva nesta segunda-feira podem vir com raios e ventos moderados a fortes.

 

Ar seco e calor marcaram o fim de semana

O fim de semana foi marcado por calor intenso e ar muito seco no Estado de São Paulo. Na capital, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma temperatura máxima de 29,7°C no  domingo. Foi a tarde mais quente desde 25 de abril quando a máxima foi de 30,9°C.

Praticamente todas as regiões paulistas passaram várias horas consecutivas no fim de semana numa situação de ar muito seco, com níveis de umidade do ar abaixo de 20%. Pelas medições automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia, no sábado, 13, a menor umidade relativa no estado foi de 11% em Jales e em Ituverava. No domingo, o menor nível foi de 13% em São Paulo, Jales, Ituverava e em Votuporanga.

  

Semana com chuva

O começo da segunda quinzena de agosto será com características completamente diferentes do normal para o mês. As pancadas de chuva se prolongam até o fim da semana. Na quarta-feira, a passagem de outra frente fria, mais forte, aumenta as condições para chuva e faz a temperatura baixar.