Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva diminui e calor aumenta no NO

13/10/2016 às 12:09
por Angela Ruiz

Atualizado 13/10/2016 às 14:24

Choveu forte no começo desta semana no Amazonas e no Acre o que beneficiou alguns rios que cortam os dois estados. Para se ter ideia, em Cruzeiro do Sul (AC), neste mês de Outubro já choveu aproximadamente 100 milímetros, segundo dados da estação automática do Inmet. Ainda de acordo com o órgão, entre os dias 06 e 07 de Outubro, choveu 69,5 milímetros em Rio Branco. No mesmo período, Manaus também registrou tempestade que acumulou 70,5 milímetros. Toda essa chuvarada vai contribuir para aliviar a seca e elevar o nível dos rios.  

 

 

Segundo informações do site G1, em Cruzeiro do Sul, o Rio Juruá, que vem sofrendo a pior estiagem dos últimos anos, voltou a subir e marcou 4,75 metros nesta última quarta-feira (12) em Cruzeiro do Sul. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o aumento foi devido às constantes chuvas que foram registradas nas últimas semanas.

 

O Rio Acre ainda sofre com a estiagem. No dia 02 de Agosto atingiu o menor nível desde 1970 quando a Defesa Civil Estadual registrou 1,43 metros. Em Acrelândia, a crise hídrica no município completou um mês no último dia 06 de outubro. E apesar das chuvas ocorridas e elevação no nível do reservatório da cidade, o Departamento de Pavimentação e Saneamento informou que vai manter o plano de contingência.    

 

A previsão indica uma tendência de redução da chuva e aumento do calor nestes próximos dias. Até o fim da semana, uma forte massa de ar seco vai inibir a chuva e permitir muitas horas de sol forte e o grande aquecimento do ar. O calor pode superar os 40°C especialmente no Tocantins e no sul do Pará. O índice de umidade nestes estados pode ficar abaixo de 30%, considerado estado de atenção, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

 

É preciso que a população evite exposição excessiva ao sol e atividades ao ar livre principalmente entre 10 às 16 horas, período em que a umidade do ar fica mais baixa. O ideal é se hidratar durante todo o dia. Por causa do risco de incêndios nesta época do ano, a Defesa Civil recomenda que as pessoas evitem fazer fogueiras nas proximidades de matas e florestas.

 

Nas demais áreas da região, a chuva também vai diminuir nos próximos dias.  O predomínio será de sol, calor e pancadas de chuva que em alguns momentos pode vir acompanhada de raios. Vale lembrar que a chuva será isolada e cai de forma irregular, especialmente à tarde e a noite.