Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Calor pode bater recorde em BH

18/10/2016 às 17:25
por Josélia Pegorim

A população de Belo Horizonte também sentiu o aumento da temperatura que ocorreu por todo o Sudeste neste início da segunda quinzena de outubro. A madrugada da terça-feira, 18, foi a mais quente na capital mineira desde março. O Instituto Nacional de Meteorologia registro uma temperatura mínima de 21,7°C, a maior mínima desde 11 de março quando a menor temperatura da madrugada também chegou aos 21,7°C. A máxima da tarde chegou aos 33,5°C na Pampulha, pela medição automática do INMET.

A chance de chover nas próximas 48 horas não é grande. Com poucas pancadas de chuva, o sol forte e sem ar polar, a temperatura pode subir mais nos próximos dias.

A previsão é que o calor aumente em Belo Horizonte e há chance de recordes sucessivos até a quinta-feira.

Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a maior temperatura em Belo Horizonte este ano foi de 34,4°C no dia 15 de setembro.

 

Chuva  escassa

Em 18 dias o INMET registrou 67,9 mm de chuva em Belo Horizonte, o que representa 55% da média para outubro que é de aproximadamente 123 mm. No ano passado choveu 67,5 mm durante todo o mês de outubro.

Há condições para mais pancadas de chuva até o fim do mês, mas até o dia 27, a chuva que ocorrer será em geral rápida, com pouco volume e em poucas áreas da cidade e da Grande Belo Horizonte.

A esperança por chuvas mais volumosas e persistentes fica depositada na última frente fria de outubro que deve aumentar a nebulosidade e a chuva sobre Minas Gerais a partir do dia 28 de outubro.